ESTUDOS TEOLÓGICOS, INTERPRETAÇÃO DA BÍBLIA, ESBOÇO PARA AULAS DA ESCOLA DOMINICAL, ETC

____________________________________________________________________________________

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio - Lição 1 - Central Gospel

AULA EM___DE______DE 2012 - LIÇÃO 1
(Revista: Central Gospel)

Tema: “Abel - O homem Cuja a Oferta Agradou a Deus”
  
Texto Áureo: Hb 12.24
  
Texto Bíblico básico: Gn 4.1-4;8-10
 _________________________________________
- Amado(a) professor(a), Paz de Cristo vamos começar mais um
esboço para a aula dominical. Lembre-se sempre de buscar a participação
de todos, com perguntas, estimulando debates etc.

 PALAVRA INTRODUTÓRIA
             - Comece passando o contexto da história de Abel, conte como foi
             que aconteceu os fatos.
             - Abel trouxe uma ovelha e Caim trouxe frutas e legumes. 
__________________________________________
1. NASCIMENTO E SIGNIFICADO DO NOME ABEL 

 1.1 O significado do nome Abel.
- Impressionantemente os nomes do Antigo Testamento geralmente tinham
correlação com a vida do indivíduo.
_________________________________________
2. CARACTERÍSTICAS DE ABEL
            
           2.1. Pastor de ovelhas.
- O pastor de ovelhas desenvolvia qualidades que apontavam para o
ministério pastoral de Cristo.
- Como o caso de Davi que aprendeu a cuidar do rebanho de ovelhas
para depois cuidar do reino.

2.2. Dedicado ao trabalho.
- Comente com os alunos que esse é um exemplo prático para a atualidade.
- Diga que Deus chama seus servos para trabalharem no Reino dos Céus,
obreiros preguiçosos prestarão contas com o Senhor.

2.3. Homem pacífico.
- Ensine que os pacificadores são aqueles que buscam a paz entre os
irmãos.
- Há pessoas que gostam de ver o "circo pegar fogo" e algumas dessas
pessoas são crentes.
_________________________________________ 

3. ABEL, HOMEM DE FÉ
- A fé é um pré-requisito para que nossas ofertas sejam aceitas por Deus,
lembre-se que sem fé é impossível agradar a Deus.
            
3.1. Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim.
...

3.2. O sacrifício de Abel foi um sacrifício profético.
- Diga que o sacrifício de Abel aponta para o plano da Salvação da 
humanidade.

3.3. O sacrifício de Abel foi um sacrifício de excelência

- Comente que o sacrifício de Abel não foi tirado de qualquer maneira, foi
tirado dos primogênitos das ovelhas, era a melhor parte.
 
3.4. Por seu sacrifício, Abel alcançou testemunho de que era justo.
- Temos aqui um exemplo do que é produzir bons frutos, que dá testemunho
de como nós somos Mt 12.33.

- Quem tentar fingir uma coisa que não é, os frutos vão desmascarar.

3.5. Deus deu testemunho dos dons de Abel.
- O sacrifício de Abel foi o resultado de sua vida de bom testemunho.
Muitas obras hoje em dia não são aceitas por Deus devido ao mau testemunho
de alguns crentes.
 
3.6. Por causa de sua fé, Abel, depois de morto ainda falava.
- Não esqueça de ler as referências bíblicas.
- Quando a Palavra afirma em Hb 11.4 que o sangue de Abel, depois de
morto ainda fala, quer dizer que ainda dá testemunho das obras de Abel.
- Devido a justiça de Abel a sua memória permaneceu após a sua morte.
- Comente que precisamos fazer coisas aqui, pelas quais seremos lembrados
com saudade quando partirmos dessa vida.
_________________________________________ 
4. O SANGUE DE ABEL

4.1. O sangue de Abel representa um sacrifício.
- Explique que o Senhor não se esquece de nenhum dos nossos esforços,
ainda que não sejamos reconhecidos pelos próprios irmãos, mas Deus nos
reconhece.
- Muitos irmãos tem se enfraquecido por não receberem reconhecimento por
suas atividades na igreja, isso ocorre porque não aprenderam que a nossa 
recompensa vem do Senhor.


4.2. O sangue de Abel é um Marco.
- Acrescente que o sangue de Abel marcou o inicio do tempo de injustiça
e inveja por parte dos homens que não temem a Deus.
- Jesus usou esse exemplo para mostrar que as obras deles eram iguais as
de Caim.


4.3. O sangue de Abel é um sangue que clama.
- Assim acontece com todos os irmãos que foram e estão sendo injustiçados
por causa da mensagem da cruz.
- Diga que cada um deve deixar o sentimento de vingança e aguardar a 
justiça de Deus, pois todo ato de injustiça contra o povo de Deus, está
clamando diante do Senhor, por sua justiça.



4.4. O sangue de Jesus fala mais alto que o sangue de Abel.
O sangue de Cristo é a resposta para o sangue de Abel.
- Ensine que Jesus também foi morto pela inveja e ciumes e que
até hoje o sEu sangue clama aos moradores da Terra, para que
recebam a misericórdia de Deus.

             _________________________________________
CONCLUSÃO
- Relembre aos alunos que toda vez que algum crente alimenta inveja do
seu irmão, ele manifesta as obras de Caim.
- E toda vez que alguém tenta fazer o melhor para Deus, ele manifesta as
obras de Abel.

 Boa aula!
                         _____________________________________________
  Lembre-se: Esse esboço comentado é somente uma sugestão, o(a) professor(a)
não deve amarrar sua aula nesse esboço, recomendo que, use-o para fazer seu
próprio esboço.
  Ministre com simplicidade, nunca transpareça que você sabe muito, isso
 pode ser mal interpretado pelos alunos e alguns podem classificá-lo como
arrogante. 

Marcos André - professor

4 comentários:

  1. Ótimo esboço, conteúdo abençoador.

    Abraços...

    ResponderExcluir
  2. O brigado abençoado, estou trabalhando para melhorar cada vez mais, pretendo colocar meus esboços de pregação aqui também rsrsrs

    Pazzzzz

    ResponderExcluir
  3. Graça e Paz. Gostei muito do esboço, vou somar e com a direção do Espírito Santo apresentar a aula.
    Obrigado.
    Juscelino - Jaboatão/PE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e Paz irmão Juscelino, esse é o verdadeiro propósito desse blog, auxiliar no preparo de outros esboços.
      Se tiver algo para acrescentar pode mandar pro meu e-mail.
      Fica na paz!

      Excluir

Devido a comentários ofensivos, os comentários serão verificados pelo administrador do CLUBE DA TEOLOGIA e serão liberados posteriormente. Não serão permitidos comentários ofensivos a pessoa e as críticas não assinadas ou não fundamentadas.