INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio - Lição 7 - Central Gospel


AULA EM___DE______DE 2012 - LIÇÃO 7
(Revista: Central Gospel)

Tema: “Orientações Bíblicas Sobre Finanças”
  
Texto Áureo:  Dt 8.18
  
Texto Bíblico básico: Ml 3.6-8,10-12
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), essa lição tem um caráter muito prático, pois os problemas
que serão apresentados aqui, ocorrem diariamente, mantenha o foco
nos objetivos durante toda a aula.

- “atrapalha”, o problema financeiro na família geralmente provoca
muitos desentendimentos familiares. Pois casamento não é só de
amor, tem as compras, vestuário, material escolar, lazer e etc. 
__________________________________________
1. O PERIGO DO AMOR AO DINHEIRO 
- Passe aos alunos que o dinheiro poderá ser benção na nossa vida, porém
se não sabermos nos comportar em relação a ele, acabaremos por torná-lo
como laço para nós.
- “não o condenou por ser rico”, não é pecado ser rico, veja os homens de
Deus que eram ricos: Abraão, Isaque, Jacó, Davi, Salomão, Ló,  Jó, José de
Arimatéia e outros. Jesus somente falou que seria mais difícil para um
rico entrar no reino de Deus Mt 19.24.

- “prazer em abençoar”, lembre aos alunos que Deus abençoa desde que
essa benção não afete a salvação, do contrário dificilmente o Senhor
concederá prosperidade financeira.

 _________________________________________
2. A IMPORTÂNCIA DE ADMINISTRAR BEM AS FINANÇAS
            - outro exemplo disso é aquela pessoa que só acumula dinheiro e não
cuida da própria saúde, só compra alimentos de baixa qualidade, acaba
adquirindo algum problema de saúde e gastando todo o dinheiro que
acumulou.

- “planejamento financeiro”, definição: é a previsão dos gastos dentro de
um plano de organização e controle, visando evitar os gastos excessivos e
desnecessários. 

            2.1. O responsável pela administração financeira da família
            - “provedor”, ainda que os tempos sejam modernos e a mulher trabalhe
            fora, o responsável pela provisão é o marido, o marido não deve deixar
            de trabalhar. 
            - Estando os dois trabalhando, é interessante que as contas sejam
 compartilhadas.

            2.2. O papel da esposa na administração  
            - Acrescente que é importante que a esposa e o marido estejam de
            comum acordo no planejamento dos gastos. Como ajudadora do
marido, a esposa deve agir para que tudo que foi planejado seja
colocado em prática.

- “gastadeira”, o excesso de gastos pode ocorrer devido as enormes facilidades
para a aquisição de bens. São milhares de ofertas e facilidades de pagamento.
Muitas pessoas começam bem, mas logo perdem o controle dos
cartões de crédito e financiamentos.

3. A RESOLUÇÃO PROBLEMAS FINANCEIROS NA FAMÍLIA

3.1. Indicar as prioridades
- “fazer uma lista”, você pode orientar a confecção de um controle de gastos,
que podemos chamar de relação de gastos mensal: em folha simples de papel
você coloca todas contas do mês, e soma-se tudo, em seguida anote o total da
renda. Dessa forma você poderá visualizar no papel se os gastos são maiores
ou menores que a renda.
- Se os gastos forem maiores que a renda, então deve-se cortar o que não for
tão prioritário.

- Você pode usar um quadro branco ou lousa para expor essa relação. Uma
outra sugestão seria levar impressa uma relação de gastos como exemplo. 

3.2. Organizar o orçamento da família
-“com discernimento”, significa entendimento, não se deve comprar por estar
barato ou em promoção. O primeiro quesito para uma compra, deve ser a
necessidade. Havendo necessidade, deve-se verificar a qualidade x preço,
não se recomenda comprar o mais caro, nem o mais barato, tem que ter uma
boa qualidade e um valor acessível, comprar um produto muito inferior pode
acarretar um gasto maior depois.

3.3.Administrar as finanças da família com sabedoria
- Comente que após a confecção da relação de gastos mensal, o casal poderá
determinar quanto terá para gastar com as atividades da família, saberão
se poderão comprar sapatos novos, roupas novas ou sair com os filhos para
o parque, etc. 

3.4. A importância da economia familiar
- “avareza”, é a ganância, economia obstinada, visando o acúmulo de capital,
o avarento é conhecido popularmente por “pão duro”.
- “usura”, é a busca por adquirir dinheiro praticando métodos não aceitos por
Deus, utilizando o lucro elevado, ou a prática de juros altos.

- É interessante que a economia tenha um objetivo claro, ex: compra de uma
casa, carro, viagem, etc. Não é salutar ajuntar dinheiro por ajuntar.

3.5. A armadilha do consumismo
- A sociedade moderna trabalha com sistemas de credito super facilitado, de
modo que basta ter um numero de CPF e residência fixa, e você pode comprar
um carro e pagar em centenas de prestações. Porém no final você pagará o
dobro do valor do veiculo.

4. A FIDELIDADE A DEUS EM PRIMEIRO LUGAR
- “primícias”, o termo primícias era usado para se referir aos primeiros frutos
da terra, que por serem tirados primeiro, eram os melhores e essa primeira parte
era oferecida a Deus em agradecimento pela colheita. Assim deve ser nosso
dízimo, a primeira parte ou separado primeiro para o Senhor. 

4.1. Prestaremos contas a Deus
- “mordomo”, nós somos como mordomo das coisas de Deus, no momento
em escolhemos Deus, tudo que temos se torna do Senhor, Ele não quer
que vendamos tudo e damos para a igreja, mas teremos que prestar contas
de tudo com Ele.

- “sistema de valores”, conhecer o que realmente é importante para a nossa
vida. Peça alguém para ler o texto de Mt 6.33.
- Além das crises nos casamentos poderíamos evitar muitos escândalos e
mau testemunho diante dos não crentes.
_________________________________________
CONCLUSÃO
- “supérfluos”, aquilo que não é de primeira necessidade ou essencial. Esse
conceito pode variar um pouco dependendo do momento.  

- “não devemos gastar mais do que recebemos”, essa é a fórmula do sucesso,
se um casal conseguir colocar isso em prática o resto é fácil.

 Boa aula!
 _____________________________________________
USE ESSE ESBOÇO COMO AUXILIO PARA ELABORAR O SEU
PRÓPRIO ESBOÇO. 

Marcos André - professor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.