domingo, 7 de outubro de 2012

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio - Lição 1 - Revista da Central Gospel



AULA EM___DE______DE 2012 - LIÇÃO 1
(Revista: Central Gospel)

Tema: “Aprendendo os Segredos da Multiplicação com Jesus”
  
Texto Áureo:  Fp 4.19
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), sugiro que você comece apresentando a nova revista da
Central Gospel, é provável que desperte nos alunos o interesse pelas
lições dessa revista.
- “Narrativa de João”, se refere ao que João escreve nesse evangelho, pois
cada um dos quatro evangelhos, tem um propósito e um público específico.
Assim temos: Mateus foi escrito para os judeus, apresenta Jesus como o
Messias prometido, Marcos foi escrito para os romanos e apresenta Jesus
como vencedor e vitorioso, Lucas foi escrito para os gregos e apresenta
Jesus como o perfeito homem e perfeito Deus. João foi escrito para os
crentes em toda parte e apresenta Jesus como o Filho de Deus, que cuida
de nós e supre as nossas necessidades.
__________________________________________
1. SEMEAR EM TEMPO DIFÍCEIS  

1.1. Tempos difíceis possibilitam o agir de Deus
- Comente que Jesus viu o povo como ovelhas que não tem pastor
e assim orientou os discípulos a prepararem o povo para o milagre.
- “nessa circunstância”, ensine que nem todas as situações difíceis
que passamos são nossa culpa, mas geralmente eles ocorrem para o
Senhor mostrar o seu poder em nossas vidas. As vezes certos
problemas acontecem para que coisas maravilhosas possa ocorrer.

1.2. Tempos difíceis provam nossa fé
- São nas dificuldades que os verdadeiros homens de Deus aparecem.
- Quando tudo está bem encontramos muitos irmãos trabalhando para
o Senhor, mas quando vem a tribulação muitos deixam de ajudar nos
evangelismos, nas consagrações, na Escola Dominical e etc.
- “Jesus questionou”, Jesus faz a pergunta do teste para ensinar Filipe
algo sobre fé que ele precisava aprender.
- Comente que nossas provas não são para provar nada para Deus, pois
Ele já sabe de tudo, são para nos ensinar coisas espirituais que ainda não
sabemos.
_________________________________________
2. A ENTREGA PRECEDE A MULTIPLICAÇÃO
           
            2.1. A entrega do que somos precede à multiplicação     
            - “e depois a nós”, esse termo significa que os macedônios, depois de
            terem entregue suas vidas ao Senhor, passaram a ajudar a equipe de
Paulo na obra de Deus.
            - “entrega pessoal”, comente que atualmente se fala muito em prosperidade
            e vitória financeira, mas pouco se fala de vida com Deus, entrega a Jesus,
            santidade, consagração, estamos no tempo do Evangelho do marketing, muita
            propaganda e pouca ação.

            2.2. A entrega do que temos precede a multiplicação     
            - Aquele jovem não sabia o que ia acontecer, mas pela sua fé ele creu que
            se Jesus e os apóstolos estavam pedindo é por que seria para alguma obra
            importante. Assim aprendemos que não podemos ficar questionando qual
            será o uso do recurso que doamos, se a liderança não utilizar para aquilo que
            estava proposto, então eles prestarão contas a Deus. Porém se alguém ficar
            sabendo que o dinheiro está sendo desviado para outros interesses, então deve
            procurar outra obra de Deus para doar. Sempre haverá alguém trabalhando
            para o Senhor.
            - “Duzentos dinheiros de pão”, Filipe responde tecnicamente, racionalmente
            sem considerar as coisas maravilhosas que Jesus poderia fazer, Jesus queria
             mostrar para eles as maravilhas para que eles cressem. Aquele ceticismo de
            Filipe desapareceria, pois ele seria até mesmo tele-transportado de uma lugar
            para outro. At 8.39,40  
             

3. A GRATIDÃO SUCEDE À MULTIPLICAÇÃO

3.1. O milagre da multiplicação produz uma atitude de gratidão
- Espiritualmente esse milagre significa que Jesus sendo o Pão da Vida
será partido para uma multidão, basta somente que alguém que tiver
uma pouquinho de Cristo ofereça para compartilhar com os outros
esse oferecimento é pelo evangelismo, pela obra missionária, pela
obra de assistência social e pelo ministério do ensino, ISSO É MARAVILHOSO.  
- “vive a cada dia”, quer dizer que aquele que tem o coração agradecido
experimenta a cada dia o milagre da multiplicação de Deus em sua casa,
em seus negócios, em sua família e em seu ministério.  

3.2. Deus trabalha na vida de quem é agradecido a Ele
- “ciclo virtuoso”, é um ciclo de virtudes, que é o oposto de “ciclo vicioso”,
que seria um ciclo de danos exemplo de ciclo vicioso ocorre quando um
bandido rouba um carro e vende as peças para uma oficina que vende para
alguém que possivelmente terá seu carro roubado por outro bandido que vai
vender para outra oficina e... assim o ciclo não para.  
- “ofertas...como sacrifícios”, muitos irmãos são contra dizer que ofertar
é uma obra de sacrifício, pois deve ser feita com prazer. Pensam assim
porque associam o termo sacrifício a algo ruim, Mas quando se compara
a oferta ao sacrifício está se referindo ao sacrifício de ações de graças
que foi instituído por Deus. Era um sacrifício de agradecimento ao Senhor.

4. A MULTIPLICAÇÃO DE DEUS CONTINUA

- “cada vez que ocorria a partilha”, quando Jesus partiu aqueles pães e deu
graças, não apareceu mais de cinco mil pedaços nos cestos, no máximo aqueles
cinco pães se transformaram em dez e foram entregue aos apóstolos, então o
milagre foi acontecendo a cada vez que eram partidos pelos discípulos, DÁ
UMA PREGAÇÃO! RSRSRS
- “de que nada se perdesse”, espiritualmente significa que o pão representa a
Palavra e da palavra nada se perde, mas tudo que foi dito opera algo no
ouvinte.
- Aqueles pedaços foram recolhidos, não para os discípulos, mas para outras
pessoas necessitadas, isso quer dizer que a nossa bênçãos também será para
abençoar a outros. Não há coerência em sermos abençoados se não pudermos
abençoar os outros com aquilo que recebemos do Senhor.
_________________________________________
CONCLUSÃO
- “coloquemos em prática”, também não haverá virtude se aprendermos e
não colocarmos em prática.
- “boa administração”, esse é um outro segredo sem o qual muitos crentes
deixam de receber de Deus, pois não saberão administrar, alguns pedem uma
porta de emprego bem remunerada, mas quando recebem não conseguem
tempo para estar na Casa do Senhor. Outros conseguem um aumento de
salário não adquirem Bíblias, livros, não abençoam a igreja local e não
ajudam a obra missionária, nem o dízimo deles aumentam.  

 Boa aula!
 _____________________________________________
CUIDADO COM O VÍCIO NO USO DE ESBOÇOS TRANSMITIDOS 
PELA INTERNET, TENTE FAZER O SEU A PARTIR DESTE.

Marcos André - professor
-->

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.