INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sábado, 20 de abril de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 2 - Revista da Central Gospel


AULA EM___DE______DE 2013 - LIÇÃO 2
(Revista: Central Gospel)

Tema:  RELATOS DA CRIAÇÃO
  
Texto Áureo:  Is 4.4
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), nesta lição você apresentará as duas teorias que se opõem uma à outra.
- “evolucionismo”, pode ser interessante perguntar para a classe se eles sabem o que significa “evolucionismo”. Se alguém responder, ouça atentamente e use a resposta para explicar o que é evolucionismo.
- Evolucionismo é a teoria científica que afirma que as espécies animais foram evoluindo ao longo do tempo, dando origem a novas espécies e chegando a configuração em que a vida na terra se encontra hoje.
- “criacionismo”, teoria cristã defendida pela fé nas Escrituras Sagradas, de que toda a vida foi criada por um poder muito superior a tudo que existe, a saber, Deus.
- “clímax do processo criativo”, é o ápice do processo, é o alcance do objetivo. O Ser humano é esse ápice, também chamado de a “cora da criação”.
__________________________________________
1. AS ORIGENS – TEORIAS E PERSPECTIVAS

1.1. Proposições seculares

1.1.1. Cosmogonias antigas

1.1.2. Evolucionismo
- “espécies diversificaram”, de acordo com essa teoria a vida teria surgido na água dando origem às baterias, protozoários, etc, após milhares de anos evoluiu formando os peixes e esses formaram os anfíbios e dos anfíbios se originaram os répteis até chegar nos mamíferos e daí ao homem.
- “torna-se o selecionador”, de acordo com a teoria a evolução surgiria na tentativa de adaptação das espécies ao meio ambiente.
- “seleção natural”, teoria que afirma que uma espécie se adapta ao ambiente pela perda dos indivíduos menos resistentes. Funciona assim: quando há mudanças no meio ambiente, os indivíduos que não resistem a essas mudanças morrem ficando somente os resistentes, esses terão filhos que serão geneticamente resistentes fazendo com que todos os indivíduos da espécie sejam resistentes, essa teoria é comprovada cientificamente, porém ela não comprova o evolucionismo de uma espécie dando origem à outra.

1.2. Criacionismo
- Segundo as teorias seculares, as coisas surgiram do caos e caminham para a perfeição, segundo o criacionismo tudo teria surgido da perfeição (Deus) e caminha para o caos (Apocalipse).
- “verdade irrefutável” é a verdade que não se pode refutar de que tudo que existe, os universo, o sol, os planetas e tudo mais estão sendo sustentados por uma força que os mantém no seu devido lugar. A perfeição da natureza não nos deixa dúvida nenhuma da origem da humanidade e do mundo. E se existirem outros mundos habitáveis, também eles são do nosso Senhor.

2. ABORDAGENS SOBRE A CRIAÇÃO

2.1. Elohim, o autor da criação
- “plural majestático”, plural que serve para mostrar a majestade e a grandeza quando se diz: Estaremos pregando a Palavra! Todos sabem que somente um vai pregar, mas eu usei um plural majestático para demonstrar haverá um poder sobre a minha vida ministrando comigo. Por isso foi dito: “Façamos o homem...” Gênesis 1.26

2.2. O agir criativo
- “Haja”, a Bíblia nos dá o que é necessário para a nossa salvação, com certeza houve muito mais trabalho do que o simples “Haja” João 5.17, mas foi relatado somente isso para que não tenhamos dúvidas de quem criou o universo e tudo que nele existe.

2.3. O dia a dia da criação
- “atmosfera”, toda a camada de ar que envolve a Terra.
- “formação hebraica”, quando Moisés relata esses fatos ele estava com o povo no deserto, já havia aprendido a cultura hebraica com sua mãe e desenvolveu a escrita hebraica no palácio de faraó.
- “sentido estético”, se refere à aparência física, beleza exterior.

2.4. A humanidade, clímax da criação
- “cuidadoso artesão”, o ser humano foi o único ser modelado pelas mãos do Senhor, sem que Ele usa-se o “haja”.

2.4.1. O ser humano original
- “imaterial”, é a parte que não é matéria, é a alma do homem.
- Dos seres que interagem com Deus o homem foi o único com corpo, depois foi Jesus quem adquiriu um corpo pelo processo natural de nascimento.

2.4.1.1. Parte material
- “tabernáculo da substância imaterial”, tabernáculo era um templo móvel desmontável feito por Moisés para peregrinar no deserto. Assim é o ser humano, como um templo móvel da substância imaterial que é a alma.
- “ser mantido irrepreensível”, se refere à santidade que deve ser manifestada principalmente no corpo, existem aqueles que pensam que a santidade deve ser somente na alma, você pode ler com a classe esse versículo 1 Ts 5.23.

2.4.1.2. Parte imaterial
- “e não tem corpo”, Deus não tem corpo na verdade porque não quer, pois o Senhor é ilimitado em poder, seria incoerente delimitar todo esse poder em um corpo físico, teria que se quebrar muitas regras naturais e como sabemos Deus não gosta de quebrar suas próprias regras.
- “revela os aspectos”, esses aspectos são os citados nesse tópico: personalidade, espiritualidade e racionalidade, esses aspectos foram transmitidos de Deus ao homem no ato da criação, por isso Ele disse que o homem seria Sua imagem e semelhança. Obviamente esses aspectos foram todos corrompidos na queda do homem de forma que o homem deixou de ser a imagem pura de Deus, porém Jesus veio para trazer o caminho da redenção onde torno o homem de novo à sua condição inicial.
- “Personalidade”, na personalidade estão inseridos o temperamento e o caráter.
a) temperamento, define o modo de agir da pessoa frente às diversas situações.
b) caráter, define o que a pessoa é no seu interior, como ele enxerga a vida e os outros seres humanos.
- “Moralidade”, lembre aos alunos que o homem teve esses aspectos corrompidos na queda, por isso quanto mais o homem se afasta de Deus mais ele tende a praticar a inversão de valores.
- “Racionalidade”, diz respeito às faculdades mentais do ser humano, como o raciocínio, o intelecto, a consciência, etc. O homem é único ser na Terra capaz de pensar e saber que está pensando.

2.5. A humanidade sob a benção de Deus
- “inclui o compromisso”, ensine que por mais que o Senhor abençoe alguém individualmente, Ele deseja mesmo é abençoar a todos, por isso as bênçãos de Deus sempre vem com uma condicionante para que Seus filhos não se percam e também alcancem outros.
Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.” Josué 1.8  Aqui está um bom exemplo disso, a condicionante está na parte a sublinhada e a promessa da benção está na parte.
_________________________________________
CONCLUSÃO
- “remete ao criador”, a Palavra de Deus tem o objetivo de apresentar Deus ao homem e anunciar-lhe a salvação em Jesus Cristo.
- “independentemente de sua origem”, o criacionismo é a prova de que viemos todos de um mesmo tronco genético. Por isso somos todos iguais diante de Deus, pois tivemos todos uma mesma origem.
- Anuncie a próxima lição, apresente o tema e convide os alunos para a próxima aula.

Boa aula!

Marcos André - professor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.