quarta-feira, 26 de junho de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 13 - Revista Editora Betel


AULA EM 30 DE JUNHO DE 2013 – LIÇÃO 13
(Revista: EDITORA BETEL)

Tema: “A IGREJA DE CRISTO VENCENDO OS DESAFIOS”
  
Texto Áureo: Mateus 16.18
  
INTRODUÇÃO
- Professor(a), nesta lição você ensinará como a Igreja de Cristo vencerá o mundo e qual deve ser o nosso comportamento.
- “congregação”, esse significado foi adotado devido ao uso pelos apóstolos, pois o significado original é “ajuntamento”.
- Existem pessoas hoje em dia que discordam da forma como as igrejas são organizadas hoje, acham que não deveria haver as instituições “igrejas” e que a Igreja de Cristo deveria ser somente espiritual.
- Explique que desde o início a Igreja de Cristo já era tratada como instituição com todos os problemas de uma instituição, onde os irmãos possam se ajudar e ajudar a outros, esse sempre foi o propósito do coração de Deus.

            1. ENTENDENDO MELHOR O QUE É IGREJA
            - “organismo vivo”, significa que ela não está morta, mas está ativa, crescendo e se multiplicando, dessa forma qualquer igreja que não evangeliza, que não faz assistência social, que não dá ensinamento é porque está morta ou está morrendo.
- “dinâmico”, que está em atividade, produzindo resultados.   
- “concentração de riquezas”, atualmente muitas congregações tem a preocupação de ostentar luxo, isso não é errado desde que o poder de Deus esteja manifesto e essa igreja esteja cumprindo com as determinações de Cristo.

1.1. A igreja é um grupo de companheiros
- “no partir do pão”, tudo indica que Jesus e seus apóstolos tinham esse hábito de cearem todos juntos, onde começava com o Mestre dando graças pelo pão e partindo entre eles. Esse hábito virou um costume na comunidade dos primeiros crentes e eles o chamavam de “o partir do pão”.
- “prática constante das orações”, os apóstolos passaram para a comunidade os mesmos costumes que tinham aprendido com Cristo e as orações constantes eram uma prática que Jesus não abria mão.

1.2. A igreja é comparada a um corpo
- “uma ou mais atividades”, pode-se comentar que cada um membro desse corpo deve respeitar e entender as atividades dos outros. Existem irmãos que evangelizam em hospitais e acham que todos devem fazer o mesmo, mas outros tem suas atividades em sala de aula, portanto são ministérios distintos.
- “uma depende da outra”, ninguém pode trabalhar sozinho, no Reino de Deus há uma relação de dependência e Deus permite isso para que haja união entre os irmãos.

1.3. A igreja é um templo espiritual
- “Tabernáculo/Templo”, o Tabernáculo era uma tenda que funcionava como templo era desmontável e podia ser conduzido para onde estivesse o povo e o Templo aqui se refere àquele que Salomão construiu, que foi destruído por Nabucodonosor e reconstruído por Zorobabel, depois foi reformado por Herodes e por fim destruído no ano 70 d.C.
- Esses templos não eram onde o Senhor poderia habitar, pois Ele não habita em templos feitos por mãos humanas Atos 7.48, mas apontavam para o verdadeiro templo onde Deus desejava habitar, um templo feito por Ele mesmo.  
- Conclui-se aqui que o templo de Deus não é físico, mas sim espiritual, em qualquer lugar onde estiver no mínimo dois desses crentes, o Senhor está ali no meio.
 ________________________________________
2. O FUNDAMENTO, A MISSÃO E O FUTURO DA IGREJA
- “missão de começar uma nova comunidade”, nota-se que as palavras de Jesus sempre foram voltadas para o trabalho em grupo e a vida em comunidade. 

2.1. A igreja e seu fundamento
- “jornada de peregrinação”, a peregrinação é a caminhada numa terra estrangeira onde o peregrino não se sente a vontade com os costumes diferentes e o idioma estranho. Assim somos nós peregrinando rumo ao céu, não estamos a vontade com o clima aqui na terra, pois não somos desse lugar.
- “esse fundamento é Jesus Cristo”, significa dizer que a Igreja está alicerçada nas palavras, método e na obra que Cristo fez na cruz do Calvário.

2.2. A missão da igreja
- “para adorar a Deus”, podemos dizer que a igreja é uma fábrica de adoradores, nela se produzo o adorador que Deus quer: aquele que o adora em espírito e em verdade.
- “em todos os níveis”, significa que a igreja leva a mensagem de Jesus tanto aos vilarejos da África até aos condomínios da zona sul do Rio de Janeiro.
- “vivem para a glória de Deus”, essa é a forma de viver dos irmãos da igreja de Cristo. Comente que o nosso viver deve ser para glorificar o nosso Senhor.
- “para que vejam as vossas boas obras”, a ordem do Senhor aqui é que estejamos diante do mundo dando o exemplo de servos de Deus. Cabe aqui uma crítica aos irmãos que passam três, quatro dias no monte para se santificar, mas na verdade essa prática não é uma recomendação bíblica, e não é boa, deve-se buscar a Deus nas orações, mas a diferença deve ser mostrada no meio do povo, para que todos vejam que somos verdadeiros filhos do Altíssimo e assim possam desejar segui-lo.     

2.3. O futuro das igreja
- “jornada neste mundo”, comente com seus alunos que a Igreja de Cristo não é desse mundo, ela somente cumpre uma jornada aqui, mas o seu destino é na glória.
- “ansiosamente”, quer dizer que ela não vê a hora de Cristo chegar para arrebatá-la. Devemos fazer nossos planos para o futuro sempre contando com essa possibilidade de a igreja ser arrebatada a qualquer momento. Não podemos nos prender a nada dessa terra.
- “transitoriedade histórica da igreja”, significa que durante a história da humanidade a igreja é o elemento transitório, passageiro.
____________________________________
3. A MULHER, A POLÍTICA E A DISCIPLINA NA IGREJA
- “conceitos preconceituosos”, são conceitos que se aplicaram em outras épocas, pela necessidade da época, mas para o momento atual são ultrapassados.

3.1. O ministério feminino na igreja
- “resistência ao ministério feminino”, Professor as maiores divergências estão sobre o cargo de pastora, caso você não concorde com ele pense em rever seus conceitos e separe alguns argumentos para a classe. Nessa parte você deve colocar os argumentos como sendo sua opinião e não uma verdade absoluta da Bíblia, pois as Escrituras nunca orientaram a não ordenar mulheres a pastoras.
- Muitos pastores não aceitam o cargo de pastora, apenas por não encontrar na Bíblia tal função, mas aceitam a máquina de cartão pra recolher oferta, a Bíblia também não menciona isso, não deveriam aceitar a doutrina da Triunidade Santa, pois ela também não é mencionada na Bíblia. A Bíblia também não mandou nenhum pastor construir templos luxuosos, mas o fazem dizendo que tem o exemplo na construção do templo de Salomão.
- Por falar em exemplos da Bíblia, nela tem o exemplo de Débora que exercia o cargo de maior autoridade em sua época, que era o de juíza Juízes 4.4. A qual cargo seria comparado hoje?

3.2. O poder político e a igreja
- “envolver com a esfera política”, todos estão envolvidos com a esfera política a partir do momento em que vota.
- “contribuir para a prosperidade”, além do voto uma outra contribuição política que os crentes devem dar são as orações pelos políticos, pelos governos e autoridades em geral.
- Não se deve misturar a prática litúrgica do culto com mensagens políticas. A hipocrisia política deve ser afastada dos púlpitos. Existem muitos políticos que nunca aparecem nas igrejas, mas em época de eleição se tornam crentes fervorosos.

3.3. A disciplina da igreja
- “seu bom funcionamento”, quando a igreja local possui crentes disciplinados, ela funciona bem.
- “necessita de normas”, para que tudo ocorra bem deve haver organização e para que haja organização é preciso ter normas que regulem o funcionamento.
A disciplina é a capacidade de seguir essas normas.
- “caráter temporal”, é o lado da igreja que é regido pelo tempo, enquanto ela estiver nessa terra. O outro caráter é o espiritual.
___________________________
CONCLUSÃO
- “se contextualizar”, é tomar conhecimento dos assuntos que estão na mídia e das tendências da sociedade.
- “pontos cardeais”, são pontos que orientam.

Boa aula!

Marcos André – professor 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.