INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 7 - Revista da CPAD

AULA EM 18 DE AGOSTO DE 2013 - LIÇÃO 7
(Revista: CPAD)

Tema: “A ATUALIDADE DOS CONSELHOS PAULINOS”
  
Texto Áureo: Fp 3.1  
  
INTRODUÇÃO
- Amado(a) professor(a), procure sempre mostrar como o ensinamento da lição pode ser colocado na prática.
- “introduzir falsas doutrinas”, naquela época algumas doutrinas circulavam no meio do povo de Deus, tratavam sobre a divindade de Cristo, a ressurreição dos mortos, doutrinas gnósticas, etc.
__________________________________________
1. A ALEGRIA DO SENHOR
           
1. Regozijo espiritual.
- “força que nos faz superar”, o entendimento é simples: se o Senhor está alegre, então o Espírito Santo que habita em nós se regozija, dessa forma temos alívio na adversidade.
- “adversidade”, você pode perguntar: defina, ou o que significa adversidade? Deixe os alunos responderem com suas próprias palavras, depois responda usando o que eles mesmos disseram.
- Resposta: adversidade é a situação que sai da normalidade, que provoca desconforto.

2. Exortação ao regozijo.
- “independe das circunstâncias”, significa que o crente poderá estar passando em circunstâncias adversas, mas ainda assim estará alegre. Um crente pode ter tristeza diante de um problema difícil, mas essa tristeza será dissipada diante da alegria do Senhor, que é permanente no Servo de Deus.
- Existem muitos crentes que afirmam que o Senhor irá resolver os problemas na vida de seus servos, mas na verdade o Senhor nos ajudará a passar pelas dificuldades.   

3. Alegria em meio às preocupações e aflição.
- “tomados pelo desânimo”, comente que essa situação acontece atualmente com muitos crentes, desistem de lutar e dão lugar ao desânimo. Os crentes não aprendem a suportar as aflições no Senhor, exatamente porque não conhecem a Palavra de Deus.
“Disse-lhes mais: Ide, comei as gorduras, e bebei as doçuras, e enviai porções aos que não têm nada preparado para si; porque este dia é consagrado ao nosso Senhor; portanto não vos entristeçais; porque a alegria do Senhor é a vossa força.”
Neemias 8:10
- “Cristo ressurreto”, a mensagem de Cristo ressuscitado é uma forma de animar os seus servos, por isso os inimigos de Cristo tentam encontrar algo que possa comprovar que Ele não ressuscitou. Da mesma forma o contexto dessa lição, pois o apóstolo estava preso e ainda assim se alegrava no Senhor.   
- “tal como ele e Silas”, os filipenses conheciam muito bem o fato ocorrido com Paulo e Silas na prisão, pois essa prisão foi em Filipos, conforme registrado em Atos 16.12.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 1, nos três sub tópicos.

2. A TRÍPLICE ADVERTÊNCIA CONTRA OS INIMIGOS

1. Guardai-vos dos cães.
- “judaizantes”, eram os cristãos que observavam os rituais judaicos. Esses judeus que se converteram não deixavam as práticas da lei, mas os gentios (estrangeiros) não se adaptavam a elas. Dessa forma os apóstolos se reuniram em Jerusalém no primeiro concílio, conforme Atos 21.25, na ocasião foi decidido que não seriam impostas aos cristãos gentios as mesmas exigências ritualísticas da lei, a não ser algumas exceções. Porém os crentes judaizantes não reconheciam esta decisão e teimavam em ensinar que os gentios precisavam se circuncidar e cumprir todos os rituais da lei.
- “fardo legalista”, se refere o conjunto de encargos pesados que os judeus deveriam observar. Na verdade a lei não é ruim, ela classificou o pecado e mostrou a necessidade de um redentor, porém ela não serve para o padrão da graça.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 2, no início do sub tópico.

2. Guardai-vos dos maus obreiros.
- “os da “circuncisão””, Paulo os chama assim porque a circuncisão era o ponto de maior divergência entre os judaizantes e os crentes gentios. Os judaizantes achavam que os novos convertidos entre os gentios deveriam ser circuncidados.
- “deliberações do “concílio de Jerusalém””, esse concílio terminou com uma resolução que foi escrita e remetida por cartas às igrejas Atos 15.28-31.

3. Guardai-vos da circuncisão.
- “operada no coração”, significa que o crente deve ter o seu coração convertido e não somente a apresentação no corpo, pois para Deus não importa que o homem somente obedeça às leis, mas sim que ele tenha uma essência obediente a vontade de Deus. No coração significa que não precisamos de uma marca física, mas a nossa marca é ter Cristo em nosso coração.
- “que demonstrassem sua comunhão”, não precisamos parecer crentes, precisamos é ser crentes de fato. Comente que muitos tem esse aspecto legalista, acham extremamente necessário se apresentarem como crentes, se esforçam para que sejam vistos com servos de Cristo, mas se esquecem de serem servos de verdade.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 3, no início do sub tópico.
_________________________________________
3. A VERDADEIRA CIRCUNCISÃO CRISTÃ

1. A circuncisão no Antigo Testamento.
- A circuncisão era o corte na pele do prepúcio da genitália masculina, que servia como uma marca para o povo de Deus. Essa prática era ordenada para a criança ao oitavo dia de vida Levítico 12.3 e para alguém que se convertesse ao judaísmo.
- “para serem identificados como pertencentes a Ele”, Jesus deixou uma forma bem simples para que as pessoas nos identifiquem como seus servos. João 13.35. Lembrando que esse amor mencionado aqui deve ser demonstrado com obras e não somente em palavras 1 João 13.18
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 4, no início do sub tópico.

2. A verdadeira circuncisão não deixa marcas físicas.
“No qual também estais circuncidados com a circuncisão não feita por mão no despojo do corpo dos pecados da carne, pela circuncisão de Cristo;
Sepultados com ele no batismo, nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dentre os mortos.”
Colossenses 2:11-12   A parte sublinhada significa que a operação foi feita na perda ou anulação da carnalidade.
- “circuncisão no coração”, é interior, por isso não pode ser mostrada como um prêmio, só pode ser vivida.
- PODE SE EXTRAIR A RESPOSTA DA QUESTÃO 5.

3. A verdadeira circuncisão não confia na carne.
- “confiavam muito mais na carne”, essa verdade está expresso no verso 3, veja:
“Porque a circuncisão somos nós, que servimos a Deus em espírito, e nos gloriamos em Jesus Cristo, e não confiamos na carne.”
Filipenses 3:3
- “narra sua história como judeu”, Paulo narra a porque os judeus confiavam que a circuncisão deles valia muito de sorte que podiam confiar nela, mas Paulo rebate no verso 4 veja:

“Ainda que também podia confiar na carne; se algum outro cuida que pode confiar na carne, ainda mais eu:”
Filipenses 3:4

O apóstolo está afirmando em relação a circuncisão, que não confia que um sinal na carne possa garantir alguma coisa. Mas se alguém achar que esse sinal vale, então o dele devia valer mais do que os dos outros e ele podia confiar, pois o dele é de recém nascido e ele é filho de Hebreus e pode citar sua tribo (porque não tem mistura) e além do mais ele foi fariseu. E os que exigiam que os crentes gentios deviam se circuncidar eram judeus agregados ou nascidos de misturas com outros povos. Paulo arrebentou com eles. Veja como ele disse:

“Circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu;”
Filipenses 3:5
- Assim alguns crentes colocam sua confiança em sinais exteriores e acabam causando grandes decepções na igreja. Sinais como roupas, carteirinhas, anéis de formatura, gravata, etc.

- PODE SE EXTRAIR A RESPOSTA DA QUESTÃO 5.
________________________________________
CONCLUSÃO
- Após a leitura da conclusão recomendo que você passe o resumo do que foi aprendido, e faça também o questionário. A prática é muito importante.

Marcos André – Superintendente e professor

Boa Aula!



9 comentários:

  1. achei muito bom a didatica, me ajudou muito, certamente terei uma aula melhor. Que DEUS abençõe.
    Anderson-SJCAMPOS-SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado irmão, Deus abençoe a tua vida. Ore por mim.

      Excluir
  2. a paz irmão , gostaria de saber se o senhor tbm poderia fazer esses esboços pr revista de adolescente ... pois mtas das vezes eles querem bem mais que a revista oferece e tbm de nos
    que deus o abençoe

    patricia sao paulo -sp

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém irmã, pena que eu não tenho tempo pra postar mais nenhum esboço e não encontro ninguém disposto a fazer esses esboços comigo.

      Excluir
  3. Pb.Marcos a Paz do Senhor, o Sr.não vai fazer o comentário da lição 6 da central gospel? A lição será dada amanhã dia 18/08, vê se dá pro irmão postar essa lição. Obrigada pela atenção que sempre está disposto a nos dispensar, respondendo os nossos comentários. Um forte abraço e que Deus continue te abençoando, e através de sua vida também somos abençoadas. Fique na paz, vou entrar mais tarde de repente o irmão está terminando, porque o Sr. disse que postaria até hoje, sábado. Sei que deve ser bastante trabalhoso comentar todas essas lições, mais que o Senhor Jesus venha te ajudar. Fique com Deus irmão e a paz do Senhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poxa irmã eu estou trabalhando na lição 7, pois estive viajando a semana toda, só cheguei hoje, não consegui escrever. Vou colocar a 7 e depois a 6.

      Excluir
    2. Peço desculpa a todos, quando eu conseguir outros irmãos para me ajudarem então todos os esboços estarão em dia.

      Excluir
  4. A paz do Senhor Jesus,professor Marcos André,o esboço da lição 7 do 3 trimestre de 2013, é um verdadeiro curso teológico que nos faz crescer na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Que Deus continue lhe abençondo em nome de Jesus.

    Pb Edvaldo da Assembléia de Deus do Belém ( de vila Anita )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Pb Edvaldo, fui dar uma relida e já achei erros de português é mole? kkkk
      Fica na paz.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.