terça-feira, 27 de agosto de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 9 - Revista da Editora Betel


AULA EM 01 DE SETEMBRO DE 2013 – LIÇÃO 9
(Revista: EDITORA BETEL)

Tema: “ABRAÇANDO O MODELO DISCIPLINAR DE JESUS”
  
Texto Áureo: Apocalipse 1.3
  
INTRODUÇÃO
- Professor(a), nesta lição será extraído do livro de apocalipse os ensinamentos de Jesus para que seja ensinado aos pais e eles possam aplicar à família.
- “aplicáveis ao relacionamento”, quer dizer que a forma de Jesus tratar, ensinar, amar e cuidar da Sua Igreja pode ser imitado na família de cada servo. Como o projeto de salvação do homem é muito mais antigo do que a humanidade então a família foi um projeto que esboço o grande projeto de Deus “a Igreja”.
________________________________________
            1. A AUTORIDADE DE JESUS CRISTO
            - CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 1

1.1. Devem viver debaixo da autoridade de Deus
- “conseguirão proteger”, os pais dentro de casa devem mostrar toda a dependência e confiança em Deus, assim influenciarão os filhos.
- “sabedoria e conhecimento”, quando a sabedoria e o conhecimento vêm de Deus os pais tem mais chances de conduzir com sucesso a sua família na presença do Senhor. Mas alguns pais se esquecem de Deus dentro de sua casa, não conduzem a presença de Deus para dentro de seu lar. Dessa forma todo conhecimento transmitido ali será mundano.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 2, no início do sub tópico.
  
1.2. Devem passar o maior tempo possível com os filhos e andar no meio deles
- “estar com a Igreja”, comente que assim como para que a igreja seja forte é aquela em que o Senhor Jesus está no meio, também a família forte é aquela que os pais estão sempre presentes nela.
 um.
- “viver no meio dela”, dá a ideia de tempo de qualidade, pois uma coisa é “estar com” e outra é “viver no meio”, viver no meio dá a ideia dedicação integral, participar. Muitos pais crentes até passam algum tempo com seus filhos, mas às vezes é um tempo que sobra e muito rápido. O tempo de qualidade é aquele em que os pais brincam com seus filhos, conversam e compartilham com eles alguns segredos.

1.3. Devem saber equilibrar elogios e repreensões.
- “devem elogiar”, os filhos desejam a atenção dos pais, por isso se eles observarem que os pais só lhes dão atenção quando eles fazem algo errado, então eles sempre cometerão erros para terem a atenção dos pais.
- “sempre estimulados”, se os filhos forem elogiados ao fazerem algo digno, então eles sempre farão por onde ter essa atenção especial e assim sempre farão por onde serem elogiados.
- “e moderação”, significa equilibradamente, ensine que o termo “fustigar com a vara” de Provérbio 23.13 não deve ser entendido de uma só forma, o termo “vara”, pode ser cinta, chinelo, bronca, um olhar ríspido, depende de como o pai costuma tratar seus filhos. A mensagem mais importante de Provérbio 23.13 é não deixar de impor a disciplina pelo castigo, dessa forma a lição orienta a ter moderação.

- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 3, no início do tópico.
____________________________
2. FILHOS SÃO PRECIOSOS VIRTUOSOS E ÚTEIS
- “incorruptível”, que não se corrompe, ou que não se danifica, é claro que Jesus está se referindo as almas dos santos, pois a alma é eterna. 

2.1. Que nossos filhos são capazes de suportar a correção
- “deixem de nos amar”, alguns pais alimentam o receio de perder o amor de seus filhos devido as correções. Na verdade ocorre o contrário, quando os pais são atenciosos, cuidadosos, carinhosos e amigos, então são os filhos que ficam com medo de perder esse amor ao serem repreendidos e castigados e farão o possível para não errarem da próxima vez.
- Mas se os filhos não são castigados então eles criam uma segurança em relação aos castigos e ao amor dos pais, deixando de praticar a boa conduta.
- “métodos disciplinares adequados”, aqui podem ser encaixados os versos de provérbios como esse:
“Tu a fustigarás com a vara, e livrarás a sua alma do inferno.” Provérbios 23.14, embora o texto cite o objeto do castigo e a forma de castigar, não deve ser levado ao pé da letra, pois o que está em destaque é a orientação em aplicar o castigo. Por isso devemos aplicar o método e instrumento adequado, sem exagero. Para alguns filhos basta um olhar mais duro do pai, pois ele sabe que aquele olhar é o limite de seu pai. Para outros filhos o limite é quando a mãe pega no chinelo, então eles entendem que é hora de parar.
- “perdem suas escórias”, escórias é o resíduo deixado pela fusão de metais. Quando o ouro é derretido no fogo ele é purificado dessas escórias.

- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 4, implícito no tópico.

2.2. De destacar as virtudes dos membros de nossa família
- O título desse tópico deve ser lido como continuação das palavras do início do tópico dois, ficaria assim: “lembremo-nos sempre De destacar as virtudes dos membros de nossa família” 
- “o valor e a utilidade”, muitos pais ressaltam sempre os defeitos de seus filhos, e nunca reparam nas suas virtudes, dessa forma as crianças se tornam reprimidas e perdem o senso de luta e de valor próprio. Uma das preocupações de Deus em toda Bíblia é mostrar que somos capazes de fazer coisas grandes com Sua ajuda.
- “que eles brilhem mais do que nós”, seria uma visão egoísta não aceitar o sucesso de nossos filhos mais do o nosso, pois se eles brilharem o nosso nome brilhará junto.
- “exibir os defeitos”, a exibição dos defeitos deles para correção deve ser feito dentro do âmbito família, alguns pais crentes expõe seus filhos para aqueles que são de fora, fazendo que outros façam julgamentos precipitados sobre eles.

2.3. Devemos reconhecer as diferenças entre eles
- “imitasse a fervorosa Filadélfia”, algumas vezes os pais demonstram preferência por um ou outro filho que mais corresponde as suas expectativas e demonstra o desejo de que os outros o imitem. Porém isso é prejudicial pode gerar mais mal do que bem.
- “gerar mágoas, ciúmes”, na Bíblia contém o clássico caso dos filhos de Isaque, Jacó e Esaú, pois seus pais demonstravam preferências entre um e outro e sabemos do fim trágico que quase ocorreu.  
____________________________________
3. A INFLUÊNCIA DE JESUS CRISTO

3.1. Os casais são e devem ser precedentes aos filhos
- “precedentes aos filhos”, significa vir antes, quer dizer que os pais devem promover ações que sejam seguidas ou imitadas por seus filhos.
- “mesmo que não tenha filhos”, devem buscar ser referência para os filhos, mesmo que ainda não os tenham.
- “feitas pelos pais”, quer dizer que os pais devem ser o exemplo de vida cristã para seus filhos. Dessa forma deixarão marcas na alma de seus filhos que eles jamais esquecerão.

3.2. Os casais são e devem ser exemplo dos filhos
- “deu-lhes tal exemplo”, Jesus deu o exemplo máximo à Sua Igreja, morrendo por ela dessa forma quando alguém está em uma situação difícil ou até mesmo no vale da sombra e da morte, pode encontrar em Cristo o exemplo para permanecer firme até o fim.
- “e dar exemplos de fidelidade”, professor(a), existem muitos exemplos na história da igreja de situações onde os pais permaneceram fiéis na adversidade, encontre algo para ilustrar esse tópico.
- O exemplo dos pais é extremamente poderoso para convencer os filhos a andarem no caminho certo.
- “o modo de vida”, esses exemplos devem ser dados no dia-a-dia do casal, os filhos vão observando os pais. Quando o pai não aceita a mentira, quando se recusam a participar do gato de TV a cabo, quando se reúnem para orar e lerem a palavra e até mesmo quando dão graças pelo alimento, os filhos observam e vão guardando no coração. Esses exemplos arderão nos seus corações e no futuro eles terão forças a mais para fazerem o mesmo.

3.3. Os casais devem ser referencial de esperança dos filhos
- “recompensa de seus pais”, a promessa de recompensas para nossas boas obras são para o porvir e não para essa terra, pois não somos nem daqui, por isso é necessário ensinar também a Palavra de Deus para os filhos, para que eles saibam onde será o lugar da recompensa.
- “viva e boa esperança”, a vida do crente é aguardar a redenção dos filhos de Deus na vinda do cordeiro. Por isso os pais devem mostrar para os filhos a importância de se investir nesse futuro na glória. Existem casais cristão que só se planejam para aquisição de coisas e bens para esse mundo e com isso não influenciam os filhos a aguardarem e investirem na vida eterna.
- É bom exortar os seus alunos á investir no porvir com as palavras de Paulo em 1 Coríntios 15.19, nessa passagem mostra como é visto aquele que só se atem nas coisas dessa terra.

- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 5, destacado no meio do tópico.
___________________________
CONCLUSÃO
- “imitemos a Cristo”, precisamos estar sempre aprendendo de Jesus para que possamos imitá-lo, ninguém poderá imitar a quem não conhece e a Palavra é a melhor fonte para se conhecer o caráter de Jesus. Aproveite para exortar os alunos a não faltarem à EBD.
- “nada do que vier posteriormente”, nossos filhos serão tentados de todas as formas nessa vida, por isso é necessário que eles tenham em nós o referencial de quem conhece e serve a Deus.  

Boa aula!


Marcos André – professor

2 comentários:

  1. A Paz amigo,
    gostaria que vislumbrasse no site do jornal "o dia" do seu estado, a reportagem feita a representantes de seis ou sete religiões no Brasil com respeito a jornada mundial da juventude' observando bem a opinião de cada um. Observe bem a resposta de um pastor da CGADB em como a resposta foi bem politica, semelhante a outros representantes que "não foram políticos" embora ambos como disse, tiveram a mesma resposta: movimento bom, religioamente importante e bom para o jovem. Agora veja a resposta de um pastor tradicional do Rio na mesma pesquisa, e detalhe, criticado pelo próprio jornal que apregoa tolerância: "a muito tempo a Igreja católica se afastou da Bíblia..." . Lembrei de Rm 16.3,4. O verdadeiro anuncio da Palavra, o verdadeiro ensino, a vrdade contida incomoda o que a Bíblianos conclama, adverte e combate: o mundo.
    paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atualmente encontramos o tipo de crente mascarado, que no meio dos fervorosos falam contra as pretensões católicas de parar o avanço evangélico e a perda de fieis no Brasil, mas depois quando estão diante do público católico tem esse discurso político de que o movimento é importante e coisa e tal. Estou cansado de tanta hipocrisia!!!!

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.