INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 4 - Revista da CPAD


AULA EM 27 DE OUTUBRO DE 2013 - LIÇÃO 4
(Revista: CPAD)

Tema: “Lidando de Forma Correta com o Dinheiro
  
Texto Áureo: Pv 23.23  
  
INTRODUÇÃO
- Amado(a) professor(a), nesta lição ensine como se comportar em relação ao dinheiro, tente usar exemplos ilustrativos, ou conte histórias de fatos ocorridos. 
- “a bênção do Senhor é que enriquece”, não é Deus quem enriquece o Seu servo, mas sim a benção que Ele der, por isso vai ser a forma como vamos usar a benção do Senhor que definirá se seremos prósperos ou não.
- “significa torná-lo nosso senhor em vez de nosso servo”, essa afirmação se deve pelo fato das pessoas que amam o dinheiro viverem em função de consegui-lo, essas pessoas vivem em busca dele, se esforçando excessivamente por tê-lo.
__________________________________________
1. O CUIDADO COM AS FIANÇAS E EMPRÉSTIMOS

1. O Fiador.
- “aquele que presta fiança”, ser fiador é dar a garantia de que a dívida será paga, caso a pessoa não possa pagar.
- “avalizar alguém”, avalizar é dar aval com cheque, ou com recurso financeiro, é tornar-se avalista. Avalista é aquele que paga a dívida caso a pessoa não possa pagar. Avalista e fiador são sinônimos.
- “lista de emitentes de cheques sem fundos”, é o CCF (É um cadastro com dados dos emitentes de cheques sem fundos, administrado pelo Banco do Brasil)
- É interessante pedir para a classe ler o provérbio de referência. Pv 11.15
- Na prática se alguém for fiador para a compra de uma casa e a pessoa não puder pagar, então o fiador terá que assumir a dívida.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 1, expressa no início do tópico.
- CONTEM A RESPOSTA DA QUESTÃO 2. expressa no final do tópico.

2. A Empréstimo.
- “Não estejas entre os que dão as mãos”, o termo “dar as mãos” se refere àqueles que pedem emprestado, o conselho é para não ficar pedindo emprestado se não tem como pagar.
- “Não há nada de errado em emprestar”, sobre emprestar existe esse conselho de Jesus:
“Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes.” Mateus 5.42
- “ou tomar emprestado”, note que o texto de Pv  22.26,27 não diz que é errado pedir emprestados, mas ele alerta para tomar o cuidado de não pedir emprestado se não tem com que pagar.
_____________________________________________
2. O CUIDADO COM O LUCRO FÁCIL

1. Evitando a usura.
- “Milton C. Ficher”, professor do Antigo Testamento e escritor.
- ““emprestar com usura” (“juros” na ARA)”, a versão ARA (Almeida Revista e Corrigida) atualizou para nós o termo hebraico traduzido anteriormente como “usura”. A questão é não emprestar com ganância.
- “maiores que os praticados pelo Mercado Financeiro”, o crente deve saber que o juros praticado pelo Mercado Financeiro é muito alto, dessa forma o correto é não pedir juros nenhum.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 3, expressa no meio do tópico.

2. Evitando o suborno.
- “léxicos”, são os dicionários do nosso idioma.
- “pessoas que receberam suborno”, lembrando que o crime não é somente receber o suborno, mas também subornar é crime. O crente deve estar sempre de acordo com as leis, pois muitos ao serem pegos pela fiscalização recebem a proposta do agente fiscalizador “Deixa um café e está tudo certo.” E para não sofrer um prejuízo ele acaba cedendo e suborna a autoridade. Há uma quantidade muito grande de crentes que dirigem com a habilitação (CNH) vencida, documento do veículo atrasado, IPTU sem pagar, Imposto de Renda sem declarar. Na hora que for pego pela fiscalização será mais difícil dizer não ao suborno.
_________________________________________
3. O USO CORRETO DO DINHEIRO

1. Para promover valores espirituais.
- “Compra a verdade e não a vendas; sim, a sabedoria, e a disciplina, e a prudência” (Pv 23.23)”, esse texto parece se referir a investir tempo, esforço e dinheiro nesses valores que andam tão esquecidos “sabedoria, e a disciplina, e a prudência”. O problema é que esses valores são caríssimos, é necessário investir muito tempo, muito esforço e muito dinheiro para conquistá-los. Ser imbecil, indisciplinado e desprevenido sai muito mais barato, professor SOLTA O VERBO, mas com amor.
- “investir o dinheiro naquilo que promove a sabedoria”, é sábio investir em sabedoria, aconselhe seus alunos a investirem recursos na busca do conhecimento. Ao se fazer um curso pague os melhores, ao comprar um livro didático busque o mais completo.
- Outro bom investimento em valores espirituais é investir na família,

2. Para promover o bem-estar social.
- “não contribuem com a obra missionária”, há um grande número desses crentes por aí, que usam roupas de marca, tem celular de última geração e carro bonito, mas não ajudam em nada a obra missionária.
- “não investem em obras sociais”, o mesmo acontece com a assistência social da igreja. Muitos irmãos pensam que um quilo de alimento resolve tudo, se a pessoa pode dar mais e contribui somente com um quilo por mês, então praticamente não contribuiu.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 4, expressa no início do tópico.
_______________________________________
4. BUSCANDO O EQUILÍBRIO FINANCEIRO

1. Buscando a suficiência.
 - “próspera na perspectiva bíblica. É ter a suficiência”, a prosperidade bíblica estar sempre ligada as obras, é a pessoa ter sucesso no que faz, e não como pensam alguns, adquirir muito recurso financeiro. Trabalhar e usufruir do bem do seu trabalho é um grande testemunho de prosperidade.
“Cada um se fartará do fruto da sua boca, e da obra das suas mãos o homem receberá a recompensa.”
Provérbios 12:14
- “nem o pouco virar escassez”, para isso o crente deve se portar com sabedoria, economizar seus recursos, e fugir do cruel sistema financeiro, controlando seus gastos e evitando as compras a prazo.

2. Buscando o que é virtuoso.
- “superam o valor do dinheiro”, uma propaganda antiga de cartão de crédito falava essa grande verdade “certas coisas não tem preço”, o sábio mencionou a sabedoria, mas podemos lembrar uma série de outras: a família, o amor, a obra de Deus, etc. Vale a pena investir nessas coisas.
- “bom nome”, outra coisa que vale a pena investir recursos é o bom nome, pois quando você precisar todos estenderam a mão para ajudar.
- “a graça”, essa graça de Pv 22.1 não é a graça de Cristo, mas se refere a ajuda gratuita, pois aquele que ajuda aos outros gratuitamente estará conquistando pessoas.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 5, expressa no final do tópico.
_______________________________________
CONCLUSÃO
- “não é o mais importante”, com dinheiro se consegue muitas coisas, mas não se consegue as coisas mais importantes, pois elas se conquistam com o tempo, com oração, e com esforço.
- “viver equilibrado”, aquele que vive de forma equilibrada consegue dar bom testemunho cristão diante dessa sociedade e se torna a pregação mais eficaz do que mil palavras.
- Procure ler durante a aula o máximo de referências possíveis.
- Prepare o resumo do que foi mais importante em cada tópico.

Marcos André – Superintendente e professor

Boa Aula!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.