sábado, 21 de dezembro de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 12 - Revista da CPAD


AULA EM 22 DE DEZEMBRO DE 2013 - LIÇÃO 12
(Revista: CPAD)

Tema: Lança o Teu Pão Sobre as Águas
  
Texto Áureo: Eclesiastes 11.1
  
INTRODUÇÃO
- Amado(a) professor(a), nesta lição incentive seus alunos a tomarem atitude e não serem acomodados com a situação em que vivem.
- “apresentada totalmente imprevisível”, quer dizer que na vida não se pode prever nada, se hoje estamos com saúde amanhã poderemos não estar, se hoje temos paz, no futuro talvez não a tenhamos, e se hoje estamos vivos, amanhã só Deus sabe. 
- “sem explicação lógica ou racional”, não se pode traçar uma sequência de fatos e nem descrever uma fórmula matemática para os eventos do futuro.
- “Deus como o centro da nossa vida”, em Eclesiastes o pregador lança várias observações e argumentos sobre a vida, para levar os leitores ao entendimento que a melhor coisa dessa vida é colocar Deus no centro dela e viver bem com o que Ele nos concedeu debaixo do sol.
__________________________________________
1. VIVENDO COM PROPÓSITO

1. Tomando uma atitude.
- “lançar o nosso pão sobre as águas”, o pregador faz uso de uma expressão que só poderia ser entendida pelo povo daquela época, pois devia ser uma expressão usada na naquele tempo. A suspeita é de que a palavra “pão” usada na tradução, seja melhor compreendida se for substituída por “grão” de trigo que faz o pão. Isso porque na época do cativeiro do povo os egípcios costumavam semear na cheia do Nilo, lançando os grãos de trigo sobre as águas, e tendo passado a cheia do Nilo as sementes germinam e produzem uma excelente colheita.
- “Glorifique a Deus com a sua atitude”, o conhecer só serve para alguma coisa se for seguido de uma ação prática, saber por saber não serve para nada, e o conhecimento sem a ação da só serve para engordar o ego.
- embaixadores”, o embaixador é o representante de um país em outra pátria, dessa forma nós somos os representantes de Deus aqui no mundo.
 - CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 1, expressa no meio desse subtópico.

2. Evitando a passividade.
- “passividade”, estado de quem está parado, que não produz ação nenhuma.
- “meramente contemplativa”, que fica a contemplar a situação sem tomar parte em nada. Muitos crentes estão desse jeito nas nossas igrejas.
- “fazer alguma coisa e não se limitar a contemplar”, essa recomendação está melhor expressa no que diz o texto do verso 4 da leitura bíblica em classe.
- “demonstrou a mesma preocupação”, sem dúvida a igreja apostólica foi a que melhor trabalhou na obra de assistência social. Atualmente o trabalho de assistência social está parado em muitas igrejas.
_____________________________________________
2. II. VIVENDO COM DINAMISMO

1. A imobilidade da árvore caída (vivendo do passado).
- “Derek Kidner”, foi um escritor e estudioso do Antigo Testamento, viveu de 1913 a 2008 na Inglaterra.
- “portador de leis próprias”, dessa forma o homem não pode antecipar e nem alterar nada, até mesmo os instrumentos mais modernos, não conseguem prever algumas catástrofes como a ocorrida na região serrana do Rio de Janeiro em 2011. Por o ser humano deve sempre se preparar para um futuro incerto.
- não é composta apenas de bons momentos”, atualmente a sociedade vive em um clima de despreocupação, onde a tecnologia se desenvolve na necessidade de entretenimento, exatamente o que está previsto em Mates 24.37-39.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 2. expressa no início desse subtópico.

2. O movimento do vento e das nuvens (vivendo o presente).
- “linguagem metafórica”, é a linguagem que usa a comparação com outros eventos para se passar uma mensagem.
- “formiga e do preguiçoso”, Salomão observou a forma de trabalhar das formigas e suas peculiaridades e dali extraiu o ensinamento acerca da preguiça. Salomão fez um trabalho científico, concluímos que a Sabedoria de Salomão não foi dada a ele com um toque da varinha mágica, como nos contos de fada, mas foi a custa de muito trabalho, observação e reunião de conhecimentos.
- “equivalem a esperar que o vento e as nuvens passem”, a ideia do texto de Eclesiastes e dessa explicação é de que se a pessoa ficar esperando o momento certo para agir, ele nunca vai chegar, nunca vai acontecer. Precisamos fazer o momento, agir hoje independente da situação.
_________________________________________
3.  VIVENDO COM FÉ E ESPERANÇA

1. Plantando a semente.
- “É preciso plantar a semente”, só colheremos algo nessa vida se plantarmos, ninguém vai colher o que não plantou. Se alguém que hoje trabalho em um serviço ruim e ganha pouco não tiver estudando, daqui a cinco anos estará exatamente na mesma situação.
- “trajetória de trabalho árduo e difícil”, o convite é para que cada um semeie na sua própria condição e segundo a sua própria capacidade, o pouco que se semeia sempre dá algo.

2. Germinando a semente.
- “campo de solos variáveis”, a vida não é igual para todos, cada um deve viver a sua situação e trabalhar nela, ninguém deve esperar que a situação vai ser sempre a mesma, tudo muda sempre.
- “germinação da semente”, é importante lembrar que a semente aqui também pode representar qualquer atitude que tomamos hoje, em algum trabalho ou projeto, seja dentro ou fora do Reino de Deus.
- “qualidade do solo”, se refere às condições do objetivo que almejamos alcançar, se o nosso objetivo é uma carreira profissional, o solo será o mercado de trabalho dessa carreira. Se o nosso objetivo é ganhar alguém pra Jesus, então o solo será o coração dessa pessoa.
- “o clima”, o clima se refere às condições do ambiente onde está o nosso objetiva. Se o objetivo é a carreira profissional, então o clima é a situação econômica do país, agora se o objetivo é ganhar uma alma pra Cristo, então o clima será a situação dela na família e na sociedade, se está na tempestade ou na bonança, para cada situação á uma forma de semear e de germinar.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 3, expressa no final desse subtópico.
- CONTÉM A AJUDA PRA RESPOSTA DA QUESTÃO 4, no início desse subtópico.
______________________________________
4. VIVENDO COM RESPONSABILIDADE

1. Fazendo escolhas responsáveis.
- “mas devem se portar”, os jovens devem considerar o que o Senhor está escrito no final do versículo 9 “por todas essas coisas te trará Deus a juízo”, significa que Deus julgará tudo o que fizemos, então o jovem deve viver a sua juventude alegre, mas sempre se lembrar disso.

2. Assumindo as consequências.
- “Nossas ações trazem consequências”, essa é uma pérola do ensinamento da Palavra de Deus e não precisa ser nenhum sábio para saber disso, se um jovem decidir aceitar um convite para fazer algo ilegal deve a todo tempo, ter em mente que essa atitude terá uma consequência que será de total responsabilidade de quem tomou a decisão errada.
- “seu verdadeiro sentido”, entender e aceitar o verdadeiro sentido da vida trará satisfação e alegria, pois a vida estará funcionando bem pra nós. Quando alguém não aceita ou não entende o sentido da vida é como se tentasse fazer uma máquina de café dar refrigerante.
_______________________________________
CONCLUSÃO
- “é um convite à ação”, Deus não quer que seus servos sejam preguiçosos ele quer que cada um seja trabalhador assim como Ele é trabalhador.
- “não temendo as dificuldades”, Deus também quer que sejamos corajosos, que lutemos independente da situação.
- “É lançar-se para semear”, investir nos projetos.
- “significa igualmente afastar-se do pecado”, a grande orientação de Eclesiastes é que devemos viver bem nesse mundo sem se esquecer de Deus para não fazer nada que nos afaste Dele. À mais de três mil anos Salomão escreveu esse livro e hoje é exatamente disso que a humanidade precisa. ISSO É UM MISTÉRIO.
- Não se esqueça do resumo do que foi aprendido.
- A RESPOSTA DA QUESTÃO 5, é pessoal.

Marcos André – Superintendente e professor

Boa Aula!

2 comentários:

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.