INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sábado, 4 de janeiro de 2014

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 1 - Revista da Editora Betel



AULA EM 05 DE JANEIRO DE 2014 – LIÇÃO 1
(Revista: EDITORA BETEL)

Como Identificar e Refutar as Seitas e Heresias 
  
Texto Áureo: 2 Timóteo 4.3
  
INTRODUÇÃO
- Professor(a), nesta lição se concentre em transmiti a importância do estudo para refutação das heresias.
- “estar atento”, é estar vigilante, prestando atenção, pois as heresias entram bem devagar no nosso meio, com uma ótima aparência, agradável e fácil.
- “acerca de inova­ções”, a forma de se fazer a obra de Deus é muito simples, é pregar o evangelho, mas alguns líderes inventam formas de se anunciar, que em algumas vezes não condiz com a conduta de um servo do Senhor.  
- “modismos”, são certas modas que surgem, porque alguns inventam uma mania e outros vão copiando.
- “novas unções”, são unções para fazer determinadas coisas, como rir ou cair.
- “interpretação equivoca­da”, alguns irmãos pegam textos bíblicos e apresentam uma nova interpretação, que dá base para aquilo que eles querem fazer. Jogam fora trabalhos de grandes homens de Deus do passado como se eles fossem os falsos mestres e esses fossem os verdadeiros.
_______________________________________
1. Identificando as Seitas e Heresias
- “ou sistema”, seria sistema de doutrinas, pode ser uma doutrina ou um sistema inteiro de doutrinas, por exemplo “teologia da prosperidade” é uma doutrina e “G12” é um sistema de doutrinas.
- “diverge da opi­nião geral”, vai contra a religião preexistente ou simplesmente traz outros ensinamentos.
- “definido pela Igreja”, esse “Igreja” com I maiúsculo se refere à Igreja primitiva, aquela que elaborou a maioria das doutrinas que temos hoje.
- “grego bíblico (ou koiné)”, koiné era como se conhecia popularmente o idioma grego daquela época, era também chamado de grego helenístico, é um ancestral do grego moderno.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 1, expressa no meio desse subtópico.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 2, expressa no meio desse subtópico.

1.1. Surgimento das Sei­tas e Heresias
- “en­frentou as mesmas dificuldades”, um detalhe interessante é que os elementos sectários (de seita) vinham de fora dos cultos pagãos das outras nações, porém em nosso tempo as seitas surgem como subdivisões da fé principal.
- “foram escritas também para combater”, essa era uma das principais intenções, a principal era uniformizar os diversos ensinamentos que surgiam acerca de Jesus. Esse deve ser o objetivo que devemos ter ao ensinar as epístolas hoje, pois existem hoje inúmeras heresias dentro das igrejas pelo mundo afora.
- “foram os "doutores da lei"”, por incrível que pareça, os mais conhecedores da lei foram os que promoveram mais heresias, até hoje isso se repete, pois as heresias muitas vezes surgem da mente de teólogos.

1.2. O Histórico dos Fun­dadores das Seitas
- "passado nada digno de ser seguido”, precisamos primeiramente analisar os ensinamentos desses homens e depois verificar suas histórias, ninguém merece ser condenado por sua história passada, mas precisamos conhecer para estarmos prevenidos.
- “mo­vidos pela ganância e pelo fin­gimento”, na sua grande maioria as seitas surgem com o objetivo de ganho financeiro. Eles ajuntam somas enormes e para isso fazem concessões.
- “cheios de adultério e insaciáveis no pecar”, Pedro está descrevendo o tipo de herege do seu tempo, embora hoje esses hereges consigam enganar muitas pessoas, de vez em quando alguns são pegos em corrupção, adultérios e falcatruas.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 3, expressa no meio desse subtópico.
1.3. Os adeptos das Seitas
 - “deixaram a fé genuína”, o grande problema das seitas é esse, elas não tiram pessoas do mundo, na sua maioria elas pegam pessoas das igrejas.
- “dar ouvidos aos ensinos de Balaão”, seria bom se os crentes conferissem na Bíblia ao ouvirem os ensinamentos estranhos, dessa forma muitos hereges não conseguiriam aliciar ninguém, mas infelizmente muitos crentes não fazem isso.
- “muito menos a escola bíblica dominical”, se esses crentes tem preguiça de ler a Bíblia podiam pelo menos comparecerem à EBD. Pois lá não é somente uma sala de aula, mas um local de troca de experiências e debates enriquecedores.
__________________________________
2. Características das Seitas e Heresias
- “desvalorizam a pessoa de Cristo”, isso por que Jesus é o principal nome do Evangelho e seus ensinamentos são de libertação contra os religiosos sectários e hipócritas. Para as seitas, Jesus ainda é muito perigoso e deve ser silenciado, por isso as seitas tentam desvalorizá-lo.

2.1. Alegam ter uma reve­lação especial
- “uma revelação especial”, nesse ponto já desperta a pergunta, por que eles teriam uma revelação especial que levaria muitos a mudarem de doutrina, como se Deus desse o Evangelho do Reino e depois mudasse de ideia.
- “igual ou superior à Bíblia”, como se essas revelações fossem acréscimos à Palavra, mas sabemos que as Escrituras dada aos nossos antepassados, são suficientes para todas as épocas.
- “em detrimento aos textos inspirados”, quer dizer com prejuízo dos textos inspirados, alguns chegam a dizer que Jó teria pouca fé, por isso sofreu tanto. Afirmando o contrário do que a Bíblia sempre disse, sobre Jó que era um homem digno diante de Deus e um exemplo de fé para todas as gerações.
2.2. Interpretam os textos bíblicos desprezando as regras da hermenêutica
- “princípios da hermenêutica”, a hermenêutica é a ciência da interpretação de textos. Ela segue regras específicas, levando em consideração a época da escrita, o autor, o destinatário, etc. Esses elementos auxiliam para a compreensão do texto e assim extrair a verdadeira mensagem dele.
- “a Bíblia interpreta a própria Bíblia”, essa regra fundamental tem sido o refúgio dos intérpretes que buscam a verdadeira mensagem. Significa que um texto pode ser entendido pelo se encontra em outras passagens da Bíblia. Isso porque a Bíblia contém os livros mais antigos que existem, não seria correto ela ser interpretada por livros recentes ou visões recentes.

2.3. Negam a Divindade de Jesus Cristo
- “absoluta divindade de Cristo”, é crença de que Jesus é Deus, sempre foi e sempre será, Ele não passou a ser Deus a partir de algum momento, como muitos hereges afirmam, ou é simplesmente um profeta. A divindade de Jesus é a essência da religião cristã, por isso ela não é uma religião como as outras, seus adeptos dão a vida por Cristo, abandonam tudo e se convertem integralmente. As outras religiões parecem se encaixar ao molde humano para o satisfazer, mas o cristianismo exige que o ser humano se encaixe ao molde de Cristo.
- “era "Deus conosco"”, o significado da palavra “Emanuel”, exatamente porque Deus estaria em forma humana, em nosso meio. Jesus apenas se dispôs de Sua Glória, dos atributos que o homem não pode ter, como onipresença, onisciência e onipotência, entre outros.
____________________________________
3. Combatendo as Seitas e Heresias
- “ensino sistemático”, ensino de teologia segundo o sistema de doutrinas acerca do conhecimento de Deus.
- “ministrada aos membros da igreja”, a melhor forma de conhecer o falso é conhecendo o verdadeiro, por isso os pastores devem ministrar os estudos da Palavra de Deus aos membros.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 4, expressa no final desse subtópico.

3.1. Tenha a Bíblia como única regra de doutrina e fé
- “escritura, revelação ou experiên­cias”, ainda que seja dito que venha de Deus, e que seja demonstrado com feitos miraculosos.
- “balizada pela Palavra de Deus”, significa com fundamento na Bíblia, que seja comprovado com textos inspirados por Deus.
- “falta de obediência deste princípio”, por faltar exigência de comprovação na Palavra, os ensinos falsos vão permeando as igrejas. Os líderes devem ser mais destemidos em exigirem a fundamentação bíblica para as práticas que tentam adentrar às suas congregações.

3.2. Conheça as regras fundamentais para in­terpretação correta da Bíblia Sagrada
- “regras formais da Hermenêutica”, são regras para a interpretação correta da Bíblia, para evitar que alguém afirme que um texto diz algo que ele não diz.
- “no seu sentido usual”, existem palavras na Bíblia que possuem sentidos diferentes em algumas partes: por exemplo a palavra “mundo” pode significar pessoas do mundo como em João 3.16, mas usualmente ela significa sistema mundano e pecaminoso 1 Jo 2.15.
- “sentido que indica o conjunto da frase”, algumas palavras que normalmente tem um significado, quando são empregadas em certas frases assumem significados diferentes.
- “sentido que indica o contexto”, o contexto é a porção do texto que tem ligação, pode ser de alguns versículos até capítulos. Nesses contextos se tirarmos um versículo isolado, as palavras podem adquirir um outro significado estranho.
- “passagens paralelas”, são passagens existentes em outro livros ou capítulos, por exemplo, a cura de Ezequias aparece em dois livros da Bíblia. 2 Rs 20, Is 38

3.3. As Heresias devem ser constantemente re­futadas
- “travar essa batalha”, precisamos encarar isso como um combate contra o inferno, pois as heresias sempre surgirão, por isso precisamos estar em constante aprendizado e vigilância.
- “defesa da Divindade”, uma das frentes mais difíceis, pois Satanás conseguiria dar um duro golpe na igreja se alguém aparecesse com argumentos contundentes contra a divindade do Mestre. Como isso não é possível ele cria argumentos falsos.
___________________________
CONCLUSÃO
- “nos últimos dias”, esses últimos dias podem ser definidos como o período de tempo desde o início da Igreja até agora.
- “conferiam as Escrituras”, eles faziam isso para analisarem se as Palavras de Paulo estava de acordo com o Antigo Testamento. O detalhe mais interessante é que naquela época não havia divisões em capítulos e versículos.
- Faça o resumo e corrija o questionário.
- Professor(a) no resumo que você fizer dê atenção especial aos ensinamentos mais importantes da lição, como a importância da presença dos pais e necessidade de se tomar atitude.
- Todas minhas dicas de respostas devem ser buscadas na revista.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 5, expresso no início desse subtópico.

Boa aula!


Marcos André – professor

6 comentários:

  1. "você tem que aceitar isso pela fé!" "A Bíblia diz que é a verdade e pronto!"
    Isso é o que é dito a uma pessoa que questiona fatos da Bíblia?
    Fundamentar nossa fé, demonstrar convicções é papel de todo cristão 1 Pedro 3.15. Porém, quando um espírita perguntar a um crente com folhetinho evangelístico que o monte da transfiguração na Bíblia citado em Mateus 17 representa uma defesa à doutrina espírita, veremos um gaguejar. Talvez ele não encontre resposta em seus anos de ensaios musicais, nos diversos eventos e festas na igreja, nos milhares de louvores, e talvez nas pouquíssimas mensagens...
    Paz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você mais uma vez foi profundo nesse comentário, isso é a mais pura verdade, muitos crentes acabam aceitando tudo o que os sectários falam. Comem na mão dos outros, mas estamos dispostos a lutar contra essa realidade.

      Excluir
  2. Esta foto de uma Assembleia de Deus vem em momento oportuno. Reparem que aquela época não havia banner ou placas com dizeres de campanhas nem mesmo imagens de líderes! A simplicidade das pessoas é nítida. Será que um destes meninos é Pastor hoje? de onde e qual data é a região? Que maravilha de imagem! A humilde construção talvez retratasse a prioridade da igreja, bem diferente das "catedrais monumentísticas" de hoje. É, toda época tem crente, e algo a ensinar as próximas gerações. O que passaremos?
    paz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa foto é de uma Assembleia de Deus do ministério Belém. Me apaixonei por ela, mas não sei a data exata.

      Excluir
  3. Aproveito a lição da Betel para sugerir o que faremos no próximo domingo com respeito ao Espiritismo (Lição 2);
    1)Pesquise no google "[PDF] Cartas Do Brasil - Brasiliana USP"; vá nas páginas 99 e 100 9 V carta ano 1549); tiramos cópia e fornecemos aos alunos para que tenham 01min cada para identificarem o que chama atenção no texto com rituais dos dias de hoje no baixo espiritismo.
    2)No livro "Aprender mais com o espiritismo" , de Gerson Simões Ed. Mauad, fornecemos aos alunos cópia do texto da página 24 que versa sobre mortes coletivas e também discorreram sobre o assunto exemplificado sobre a lei do carma e a reencarnação;
    Nesta dinâmica, o professor utilizará do testemunho (não de conversão devido ao pouco tempo) de um aluno que frequentou terreiros e praticava os quatro pontos básicos da lição, conversa com mortos, reencarnação, rituais de magia branca e prática de boas obras (sem a fé em Cristo). Este terá cinco minutos.
    4)Pedimos que dentro da possibilidade acessassem o you tube para assistirem durante a semana antes do domingo "minha vida em outra vida" (filme espírita que fala da reencarnação).Este filme será debatido entre os irmãos e o Pastor.
    5)Finalmente, o professor abordará a revista enfatizando com as refutações mínimas a fim de os irmãos memorizarem para também a evangelização de Kardecistas, os principais "intelectuais" que questionam utilizando versículos.
    6)Apresentaremos trechos do livro "crimes satânicos" da Editora Naós, Léo Montenegro, com a finalidade de mostrar o lado obscuro da religião em lide afinal, mesmo sem generalizar, é necessário acrescentar o que a revista , talvez por motivos jurídicos não tenha se precipitado. Citaremos o art 5º da constituição Federal, falaremos um pouco da liberdade de expressão e pensamento, do direito a vida, ou seja, até que ponto é TOLERÁVEL determinada religião ou como veem essa tolerância atualmente.
    7)Citaremos a hipnose muito bem apresentada por David Hunt em seus livro "A Batalha pelo controle da mente", Actual edições. totalmente relacionada a lição.
    Bem, ganharemos alguns minutos , pelo menos foi pedido ao pastor.
    Espero ter contribuido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não consigo a Cartas Do Brasil e o livro Aprender mais com o Espiritismo.O senhor pode mandar por email para mim?

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.