terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 7 - Revista da CPAD


AULA EM 16 DE FEVEREIRO DE 2014 - LIÇÃO 7
(Revista: CPAD)

Tema: os dez mandamentos do senhor  

Texto Áureo: Romanos 10.4
  
INTRODUÇÃO
- Amado(a) professor(a), nesta lição você abordará os mandamentos de Deus para o Seu povo. Analise buscando entender o que Deus intencionava quando escreveu esses mandamentos.
- “entregues por Deus”, no momento em que Moisés recebia os mandamentos o povo estava cultuando o bezerro de ouro.
- “Antigo Pacto”, Antiga Aliança ou Antigo Testamento, a aliança da Lei.
- “Sermão do Monte”, conhecidíssimo sermão que Jesus fez sobre os conceitos morais da graça. Abrange os capítulos 5,6 e 7 de Mateus e começa com as bem aventuranças. É interessante ressaltar que nesse sermão, Jesus aborda a intenção de Deus nos mandamentos e não a letra fria da lei.
__________________________________________
1. OS PROPÓSITOS DA LEI

1. O Decálogo (Êx 20.3-17).
- “proferido por Deus”, o Decálogo foi escrito e depois ditado pelo próprio Deus, então é de autoria do próprio Senhor. A Bíblia é inspirada, mas o Decálogo é de autoria de Deus.
- “escrito por Ele”, quando Deus deu o Decálogo, Ele mesmo escreveu o seu conteúdo em duas tábuas de pedra. Porém Moisés quebrou as tábuas, então o Senhor mandou que ele lavrasse novas tábuas Ex 34.1 para que ele escrevesse de novo o Decálogo, só que dessa vez seria Moisés que escreveria. Era uma forma de ele sofrer as consequências do ato precipitado diante da idolatria do povo.
- O Decálogo era o início da Lei, era como uma matriz principal, depois o Senhor deus as leis completas acerca dos rituais e de caráter social.

2. Objetivos do Concerto divino.
- “padrão de justiça”, define um método universal e único de se entender o certo e o errado, para que o homem pudesse se analisar e compreender a sua situação.
- “conhecimento pleno da transgressão”, depois da Lei o pecado passou a ser qualificado e sua gravidade passou a ser conhecia por todos.
- “se reconheça como um transgressor”, a Lei de Deus não é para destruir a pessoa, mas serve para que todos dependam da Graça de Cristo, pois a Lei mostra que é impossível ao homem se achegar a Deus de forma definitiva e completa.
- “Tabernáculo”, lembre-se que nem todos na tua classe sabem o que é o Tabernáculo, então pergunte se eles sabem, se apenas um não souber, já é um bom motivo para você explicar para o que servia e o que era, agora se você também não souber, então pesquise antes da aula.
- “lei mosaica”, lei de Moisés, se fala assim por ter sido Moisés quem a escreveu, mas ela foi dada por Deus.
- “para conduzir a humanidade a Cristo”, através da Lei o Senhor mostra a situação humana e oferece-nos a opção de salvação, se não houvesse lei, jamais receberíamos esse Salvador.
_____________________________________________
2. OS DEZ MANDAMENTOS

1. O primeiro mandamento.
- “único e verdadeiro Deus”, esse tem razão de ser o primeiro, pois se a pessoa não tem o Senhor como único e verdadeiro Deus, então os outros mandamentos perdem a finalidade para ela.
- “falsos deuses”, os ídolos naquela época eram cultuados como se tivessem poderes de divindades, Hoje consideramos como ídolos tudo aquilo a que damos mais importância do que Deus.
- “nem os anjos”, lembre-se e lembre aos alunos, que anjo não intercede, não se alegra, não se entristece e não se arrepende, não aceita ser adorado. Os Anjos apenas cumprem friamente e com precisão cirúrgica, tudo o que o Senhor manda, anjos não cumprem nossas ordens e sim as de Deus.
- “nem os homens”, e nem a fotos ou imagens de homens, não se deve se curvar a elas e nem lhes pedir qualquer coisa.

2. O segundo mandamento.
- “adorá-lo por meio de imagens”, se refere as imagens de Jesus e de outros santos que existem nas igrejas católicas. Muitos católicos afirmam que seus santos nos conduzem a Cristo e Cristo nos leva a Deus, tem muita gente nesse caminho é melhor ficar com Jo 14.06.
- “falta de fé”, desde os tempos remotos o homem busca coisas visíveis para adorar, mas Deus é espírito e os verdadeiros adoradores...(o resto você já sabe).
- Esse mandamento está ligado ao primeiro, note a importância da questão da idolatria, pois o Senhor separou dois mandamentos para isso.
- “em seu tempo”, ocorre quando o ídolo ocupa todo o tempo que teríamos para se dedicar ao Senhor.
- “sua vontade”, ocorre quando sentimos mais prazer com o ídolo do que com Deus.
- “Pode ser também...”, pode ser objetos como carro, casa, celular, etc.

3. O terceiro mandamento
- “nome do Senhor”, se refere ao nome de Deus dado a Moisés, que significava “Eu sou”, mas que se perdeu, pois os judeus tinham medo de pronunciá-lo, depois passou a ser escrito na Septuginta como o tetragrama sagrado “YHWH” e só mais tarde se tornou YaHVeH que em português se escreve “Javé” ou “Jeová”.
- “mencioná-lo de modo banal”, parece que a ideia de Deus era que Seu nome não fosse banalizado, visto como coisa sem importância, como um nome qualquer.
- Hoje esse mandamento se aplica assim: Não devemos tratar o nome do Senhor como coisa sem importância, não importa o jeito como o chamamos, Senhor, Deus, Jeová, etc. Não devemos mencioná-lo em brincadeiras, em piadas ou de forma desatenciosa. Se nós não valorizarmos o nome do Senhor, ninguém mais o fará.

4. O quarto mandamento
- “shabbath (cessar; interromper)”, e não sétimo como podemos imaginar, na verdade a palavra “sétimo” se originou do termo que deu origem a palavra “shabbath”, conclui-se que a palavra “sábado” e a palavra “sétimo” vem da mesma raiz.
- “sábado foi dado como um “sinal””, para sinalizar a todos que aquele era o povo de Deus.
- “não há um só versículo que ordene”, na verdade no Novo Testamento os servos de Deus, são orientados a buscar a Deus todos os dias At 5.42.  
_________________________________________
3. A CONTINUAÇÃO DOS MANDAMENTOS DIVINOS
1. O quinto mandamento.
- “contendo uma promessa”, essa promessa está relacionada ao tipo de sociedade que teria no mundo nos últimos dias. Encontramos hoje, jovens desobediente aos pais, que estão morrendo nas drogas, na bandidagem, nos acidentes por estarem de madrugada nos locais errados, etc. Por mais ímpio que os pais sejam, eles conseguem desejar o bem para os filhos.   

2. O sexto mandamento.
- “de modo doloso”, com a intenção de matar, existem também as mortes acidentais.
- “sacralidade”, característica do que é sagrado, que deve ser respeitado e valorizado.
- “matam o próximo no sentido moral”, Jesus afirmou isso nas Suas palavras no sermão do monte:
“Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno.” Mateus 5:22
- “praticamente “morreram”.”, podemos entender isso como uma morte espiritual. Se um irmão em Cristo começar a humilhar, perseguir e maltratar um outro crente, essas atitudes podem matar espiritualmente o ofendido, de maneira que ele passe a odiar os crentes.

3. O sétimo mandamento.
- “respeito absoluto ao sexo”, a sociedade moderna banaliza o sexo com as práticas adúlteras e eróticas, os que não respeitam o matrimônio e sexo somente no casamento, nunca se sentirá completo, sua alma sempre desejará mais e ele será escravo de seus desejos.
- “condena os motivos ocultos”, nesse ponto a lei é falha para a regeneração, pois ela só condena o ato consumado, e no mundo profano em que vivemos só a mensagem do evangelho pode ter o efeito eficaz, pois ela trata o problema na origem.
- “dominemos nossos desejos”, o desejo de Cristo no evangelho é que sejamos libertos do pecado, por isso Jesus sempre ordenava “vá e não peques mais!”.

4. O oitavo mandamento.
- “abrange toda forma de desonestidade”, aqui podemos incluir os gatos de água, de luz, de TV a cabo e de internet. Ainda outros como receber um troco errado e não devolver, achar um celular e tirar o chip para se apoderar do aparelho, omitir ou falsificar informações do imposto de renda, etc.

5. O nono mandamento.
- “Falso testemunho”, é basicamente a mentira, mas pode ser enquadrado aqui, a fofoca e a acusação falsa. Com o advento das redes sociais esses tipos de práticas tem se intensificado até mesmo entre muitos crentes.
- “mentir”, quando um crente pratica a mentira, ele fica parecido com aquele que inventou a mentira, e que por isso é chamado de pai da mentira, o Diabo, imagina uma pessoa ficar parecida com o Diabo!

6. O décimo mandamento.
- “domínio dos apetites da alma”, esse mandamento nos exorta a lutar contra a carne e suas concupiscências, pois essas coisas aprisionam a pessoa.
- “querer o que pertence a alguém”, esse desejo surge a partir de uma falha que a pessoa deixa permanecer dentro do coração: a inveja. Admirar o que os outros tem de bom, seja material ou não, é algo salutar, mas se a pessoa não controlar seu coração, essa admiração pode virar inveja e daí surge a cobiça e por isso muitos se enrolam com limite especial e cartões de crédito.
- “debelado”, vencido, precisamos vencer esse desejo, precisamos debelá-lo.
_______________________________________
CONCLUSÃO
- “Lei expõe”, expõe para nós mesmo, nos mostra o que é errado.
- “justifica mediante a fé”, nos torna justos através da fé no Seu sangue.
- Elabore o resumo e aborde os pontos mais importantes.

Marcos André – Superintendente e professor


Boa Aula!

7 comentários:

  1. Ótima aula irmão que Deus continue dando sabedoria e discernimento para iluminar as mentes dos necessitados. Só tenho dúvida a respeito dos 613 mandamentos me tire essa duvida irmão o que se deve acreditar é nos 613 ou nos 10 mandamentos. A paz do Senhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os dez mandamentos são a base de toda a lei, uma síntese do que era essencial. Os 613 mandamentos são leis específicas para o povo judeu de acordo com os objetivos e a conjuntura do mundo na ocasião.
      Não precisamos observar essas ordenanças ritualísticas e legalistas hoje, apenas as tomemos como figuras. Dos dez mandamentos devemos observar as intenções originais de Deus em cada um deles.

      Excluir
    2. pr. marcos André, se o nosso código penal brasileiro é base nos dez mandamento. Porque o que cometem delitos seja classe baixa ou alta não obedece as suas pena. quero sua resposta. a paz do Senhor.

      Excluir
    3. Na verdade verdade o nosso código penal é baseado no contexto geral do que a Bíblia apresenta como justiça e não nos Dez Mandamentos.
      Da próxima vez assina aí o comentário, pra gente saber quem é você!
      Paz em Cristo.

      Excluir
  2. tenho uma curiosidade, o senhor disse que devemos observar o sábado? e porque a maioria das igrejas não ensinam isso? alguns dizem que ele era apenas um sinal entre Deus e Israel, mas não é isso que a bíblia diz;Isaías 56 fico feliz porque muitas pessoas não seguem aquilo que o seus lideres ensinam e sim o que a bíblia diz; apesar de estar fora da igreja fiquei na assembleia de Deus quase 6 anos e sempre questionei isso, hoje não estou em nenhuma igreja mas observo o sábado, de vez em quando vou só na escola dominical. tenha um ótimo fim de semana

    ResponderExcluir
  3. Nome:Priscila Lucas
    Email: PRISCILALUCA@GMAIL.COM
    Nesse caso do sábado e retirar tempo para Deus, como orar, jejuar, ler a biblia, participar de cultos e guardar o sabado sem pecado. SERIA bom guardar o sabado sem trabalhar mas como no dia de hoje as vezes nosso emprego determina que traablhemos pelo menos devemos vigir e orar e ser o mais santo possivel, apresentando tudo a Deus.
    **Caso discordem fiquem a vontade, essa é apenas uma opinião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém irmã Priscila, obrigado pela sua opinião aqui no CLUBE, e também porque você deixou teu contato e nome. Deus abençoe a tua vida.
      Eu particularmente acredito que não devemos guardar nem o sábado e nem o domingo, porque todos os dias devemos fazer a vontade de Deus e nos santificar, então acredito que todos os dias devem ser guardados para honrar o nome do Senhor.

      Paz.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.