sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 8 - Revista da Editora Betel


AULA EM 23 DE FEVEREIRO DE 2014 – LIÇÃO 8
(Revista: EDITORA BETEL)

Seicho-No-lê, a Seita Oriental mais Popular no Brasil

Texto Áureo: Gênesis 3.19
  
INTRODUÇÃO
- Professor(a), nesta lição bata com força nessa seita oriental.
- “apelo ao ecumenismo”, o ecumenismo é uma crença de que todas as religiões devem trabalhar juntas com o objetivo de os homens possam viver em confraternização.
- “que todos os caminhos levam a Deus”, note que há uma intenção demoníaca por trás das seitas, pois todas tentam tirar Jesus do foco central, apresentando Cristo como mais um profeta, ou um espírito evoluído ou apenas mais um caminho como outros.
_______________________________________
1. A Seita Seicho-No-Iê

1.1. Quem foi Masaharu Taniguchi
- “leu muitos livros com conteúdo de filosofia”, como a pessoa fala aquilo do que o coração está cheio, Taniguchi se encheu de filosofia e ocultismo.
- “ocultismo”, sistema de ciência e práticas ocultas, misteriosas e muitas vezes ilegais.
- "parapsicologia”, é o estudo do poder da mente com uma dose de ocultismo, subdividida em ramos de estudos específicos.
- “seitas orientais”, são as seitas oriundas de países do oriente, como o Japão. Muitas delas fogem ao conceito de seita, pois não são oriundas do cristianismo e nem do judaísmo.
- “herdeiro espiritual, Seicho”, seria aquele que herdou os mesmos poderes espirituais ou a mesma visão.

1.2. Início da Seicho-No-Iê
- “Taniguchi afirmou que foi “iluminado””, repare que assim como as outras seitas, essa também parte da revelação ou visão de uma única pessoa.
- “através de uma revista”, aí está o grande segredo para se iniciar uma seita, a propaganda, pois a propaganda é a alma do negócio, porque as seitas são “um grande negócio”, na verdade alguns movimentos cristãos também são, mas deixa quieto!?.
1.3. Seicho-No-lê no Brasil
 - “imigrantes japoneses”, dê aos alunos um pouquinho de história, os imigrantes japoneses vieram para o Brasil a partir de 1908 e foram trabalhar no interior do estado de São Paulo, só em 1930 chegou essa nova seita.
- “meditação espiritual”, corresponde a oração, é uma prática de concentração.
__________________________________
2. Ensinos da Seicho-No-Iê
- “que emanam de um único Deus”, tipo de ensino ecumênico.

2.1. O Jissó
- “deve ser vivido sem doenças”, esse é o tipo de pregação que todo mundo gosta de ouvir, é o ponto forte de toda seita, dar o que o povo gosta de ouvir.
- “estão envelhecendo e morrendo”, porém eles tem suas explicações para essa contradição.
- “como consequência do pecado”, essa parte do tópico nos fornece uma explicação do porque a humanidade sofre com tantos males.
2.2. A Shinsokan
- “mentalizações”, é pensar ou falar na mente.
- “são mentalizadas várias vezes”, esse processo é mental, serve para trabalhar a mente da pessoa, pois a mente é que controla o corpo.
- “exercícios de respiração”, esses exercícios servem para relaxar o corpo e a mente, deixando a pessoa em condições de ser mentalmente influenciada por aquilo que está mentalizando.
- “dimensão do Jissó”, dimensão do mundo real, aquele idealizado por Deus.

2.3. As Doenças
- “apenas ilusões”, criadas na mente, alguns praticantes dessa seita chegam a exercer grande domínio de suas mentes à base de muito exercício.
- “precisam controlar suas mentes”, essa seita não passa de um conjunto de práticas mentais para que as pessoas não precisem de Deus, tem a aparência de estar conduzindo o homem a Deus, mas na verdade está o afastando Dele.
- “realidade da dor”, a dor se origina por meio de terminações nervosas espalhadas pelo corpo que levam a informação ao cérebro de que há algo errado em determinada região, então o cérebro cria a sensação de dor na região afetada, a dor é assim um mecanismo de alerta e proteção do corpo. Os adeptos dessa seita buscam capacitar o cérebro a ignorar os sensores nervosos, isso pode impedir o funcionamento do sistema de alerta mais eficaz que já foi criado.
____________________________________
3. As Principais Heresias da Seicho-No-Iê

3.1. Para a Seicho-NoIê Deus é apenas uma energia
- “uma energia vital”, claro que para conseguir seus adeptos eles não vão chegar de cara com essa informação, são hereges, mas não são burros.
- Quando eles ensinam que Deus é uma energia viva, eles negam as predições futuras de o homem prestar contas com esse Deus, é a velha tentativa do homem de não se sentir cobrado e assim ter que se prevenir quanto as suas ações.
- Uma seita de sucesso dá aquilo que os homens querem receber.

3.2. Para a Seicho-No-Iê, o pecado é mera ilusão da mente
- “mera ilusão da mente”, segundo um irmão que não vou dizer o nome, que esteve em uma das reuniões da Seicho-No-Iê (secretamente infiltrado rsrsrs), eles repetem o tempo todo que nós não pecamos e sim o nosso corpo, chega a ser engraçado. Eles afirmam isso o tempo todo como um exercício de conscientização, afirmam que não precisamos pedir perdão por nossos pecados.

3.3. A Salvação para a Seicho-No-lê é uma condição de vida meramente terrena
- “está no conhecimento da “Realidade Prima”, mais uma doutrina que está que para eles se processa na mente, basta ter esse conhecimento e está salvo.
- “o mundo real”, ou Jissó.
- “financeira próspera”, segundo o nosso agente infiltrado a questão da prosperidade financeira é muito importante para eles, chegam a ter um culto da prosperidade, com a presença de muitos empresários.
- “apenas a benefícios terrenos”, nisso se resuma a salvação para eles, impressionante é algumas igrejas evangélicas também pregam coisas parecidas. No culto da Seicho-Noi-Iê é ensinado a determinar e a declarar como forma de obter a prosperidade.
___________________________
CONCLUSÃO
- “sincretismo religioso”, mistura de diversas crenças.
- “de forma sutil”, de vagar, aos poucos e sem ser percebido.
- Os adeptos da Seicho-Noi-Iê consideram o Senhor Jesus como um mestre, mas eles reverenciam Taniguchi muito mais do que Jesus. Eles também veneram extremamente Buda e seus ensinos.
- Como toda seita essa também tenta tirar ou diminuir o poder do nome de Jesus e Sua obra redentora na cruz.
- Repasse os pontos mais importantes.

Boa aula!

Marcos André – professor

Colaboração de Alexandre Teixeira Mendes

2 comentários:

  1. PARABÉNS IRMÃO MARCOS.
    QUE DEUS ABENÇOE A CADA DIA SUAS PESQUISAS A FIM DE ESCLARECER A NOSSOS IRMÃOS NA FÉ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e paz pr, obrigado pela consideração e por prestigiar nosso trabalho.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.