segunda-feira, 7 de abril de 2014

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 1 - Revista da Editora Betel




AULA EM 06 DE ABRIL DE 2014 – LIÇÃO 1
(Revista: EDITORA BETEL)

Cura Para Enfermidades da Alma

Texto Áureo: Mateus 9.35
  
INTRODUÇÃO
- Professor(a), nesta lição você falará de um assunto atual e meio polêmico, tenha em mente que o melhor tratamento para enfermidades de qualquer nível é a observância da Bíblia Sagrada.
- “senso de impotência”, ocorre quando as situações a nossa volta acontecem sem a nossa intervenção, como se não pudéssemos fazer nada, então nos sentimos impotentes. Claro que para essas horas o único conforto é a oração e a certeza do socorro divino.
- “auto piedade”, é sentir pena de si mesmo.
- Os problemas de enfermidades na alma geralmente ocorrem com os novos convertidos com suas experiências que trouxeram do mundo. Mas podem ocorrer com os crentes mais velhos devido a falta de fé e as provações de Deus.
- COLABORADOR: "desejo de vingança e outras consequências de traumas do passado" a luz da Bíblia, ocorre pela escolha MORAL hoje e não pelo fato ocorrido anteriormente que ocasionou atitudes no presente. Isto é mais uma teoria Freudiana na qual diz que tudo que ocorrer até os cinco anos de idade, trará consequências futurísticas para atos que teoricamente estão no inconsciente. Caso fosse verdade, ninguém poderia se responsabilizar pelo erro quando adulto. Já pensou, apanhei de meu pai, e realmente apanhei, então hoje sou um homem violento, certo? Errado, a Graça de Deus me impede, pois atento pelo fruto do Espírito a qual assistimos o combate travado em mim mesmo todos os dias (Gl 5.17). Alexandre T. Mendes (ver comentários);
_______________________________________
1. Identificando os distúrbios emocionais
- “qualquer cristão”, geralmente ocorre com os mais novos, por não terem uma visão espiritual madura, mas a mente é uma “caixinha de surpresa”, nada impede que um crente já com algum tempo na igreja, possa desenvolver esse tipo de problema. Uma das explicações para essa ocorrência na vida do crente maduro é por não seguir orientação da Palavra de Deus e guardar no coração problemas do passado, não lançando aos pés do Senhor.
- “traz cura imediata”, a cura imediata é uma ilusão sustentada por muitos, a salvação talvez seja o único evento imediato, mas o restante são processos que se desenvolvem com o tempo. Assim como a santificação, a nossa libertação ocorre a cada dia. Quem se considera liberto deve se lembrar que ainda está no mundo dos não libertos. Todavia todo processo de cura interior deve ser pelo sangue de Jesus, fora dele é falácia.

1.1. A maturidade para identificar o problema
- “atitudes extremas”, é uma atitude drástica ou precipitada.
- “ter cautela ao afirmar”, todas as afirmações devem ser julgada antes de saírem da nossa boca, ninguém deve falar aquilo que pensa para evitar uma série de problemas.
- “libertação de demônios”, Satanás tem muitas formas de agir, não somente pela possessão, mas ele pode se aproveitar de situações emocionais e atacar de forma a oprimir a pessoa, dessa forme ele usa os próprios sentimentos da pessoa contra ela.
- “tratamento terapêutico”, se refere ao tratamento com profissionais, psicólogos cristãos, que podem dar orientações cristãs dentro da visão bíblica.
- Infelizmente muitas pessoas fazem distinção de pecados na igreja, já observou que raramente se ouve testemunhos de ex-estuprador ou ex-pedófilo, não ouvimos, mas existem esses e muitos outros, e isso leva algumas pessoas a esconderem certas culpas dentro de si. Deus o perdoou, mas ele mesmo não se perdoou. Essas pessoas não falam para o pastor, mas falam no consultório do psicólogo. Nesses casos pode ocorrer uma enfermidade na alma, não porque o poder do sangue de Jesus falhou, mas porque a pessoa não foi orientada ou acompanhada corretamente.

1.2. Soluções bíblicas para problemas médicos
- “essas respostas são simplistas demais”, na verdade essas são excelentes respostas, porém isso pode não ser o suficiente. Essas respostas são simples porque a pessoa precisa de um acompanhamento mais de perto, pois eles podem ler mais a Bíblia e não entender nada ou orar mais e não orar com qualidade, não entregando tudo aos pés do Senhor.
COLABORADOR(A):
 HUMILDEMENTE, PRECISAMOS:
1º Crer que Deus pode curar Hb 11.6
Fé e crer nos fatos divinos, crer na obra de Jesus.
Reconhecer que precisamos de cura.
O pior doente é aquele que não se acha doente. É preciso enfrentar a verdade, ser especifico com Deus e consigo mesmo, admitir nossos fracassos e tratar de frente.
Reconhecer que está ferido;
Que ferimos outras pessoas;
Se dispor para Deus;
Confiar nas pessoas que nos ministram, que podem nos ajudar (liderem, pastores, conselheiros, palestrantes). Ser transparentes e sinceros.
No mundo não é prudente abrir nossos problemas com as pessoas. Mas no reino de Deus, Ele usa os irmãos para nos ajudar (confessar nossos pecados, ser transparentes uns com outros, reconhecer nossa limitação e erros, quando rasgamos o coração para Deus, Ele vem com a solução, nos aconselhando qual decisões a tomar e nos ensina a retornar ao caminho). Juliane Souza (ver comentários)
- “psicólogo ou até mesmo um psiquiatra”, obviamente há prós e contras sobre isso, existem psicólogos e psiquiatras cristãos, que tratam o problema conforme a palavra de Deus. Porém esses problemas ocorrem com maior frequência nas igrejas onde os pastores não ensinam a Palavra de Deus, não encontramos Paulo receitando nenhum tratamento terapêutico a ninguém.
1.3. Quais são os distúrbios (doenças) emocionais?
 - “ansiedade”, deixa a pessoa impaciente, querendo ver as coisas acontecerem logo, isso pode tirar o sono e alterar o emocional.
- “complexo de perfeccionismo”, a ideia de que nada está bom, de que tudo deve ser perfeito.
- “exigem muito agrado”, alguns dizem que a pessoa é muito manhosa, em alguns casos a pessoa está bem e de repente entra em depressão, esse problema pode se agravar para a síndrome do pânico.
- “Assistem na plateia”, são pessoas que evitam os compromissos e as responsabilidades, por medo de dar errado, isso é normal pra todos, mas alguns irmãos deixam isso os dominarem.
__________________________________
2. Passos importantes para a restauração
- “Ele assiste, ou seja, acompanha”, na verdade esse “assistir” é dar assistência e não acompanhar, existe diferença entre assistir, no sentido de ver ou acompanhar, e o assistir, no sentido de dar assistência ou prestar apoio. 
- “participando de todo o processo de cura”, o Espírito Santo habita dentro do crente, por isso Ele pode tratá-lo a partir do seu interior.

2.1.  Ter coragem para falar do problema
- “falar do assunto com outra pessoa”, às vezes falar do assunto é onde começa a cura, dando aquele alívio inicial e animando a pessoa a buscar ao Senhor mais profundamente. Por isso o Senhor Jesus edificou uma Igreja, para que no ajuntamento os crentes pudessem ajudar uns aos outros.
- “confissões possuem poder terapêutico”, alguns irmãos guardam seus problemas mais graves tentando esquecê-los, mas isso só adia a consequência e pode fazer com que o mal cresça ainda mais. Todo crente deve ter seu irmão amigo mais chegado, mas existem atualmente muitas pregações e profetadas que nos fazem desconfiar de todos. Professor(a), ensine seus alunos a rejeitarem as mensagens que ensinam a entrarmos em guerra uns com os outros, despertando uma sentimento de vingança dentro das igrejas.  
2.2. Humildade e quebrantamento aliados à restauração
- “não sentem fraquezas emocionais”, isso não quer dizer que elas não existam.
- “efeito didático”, efeito de ensino e aprendizado.
- “independente e insensível”, alguns demonstram dependência em parte, não se entregam totalmente.
- “quebrantamento”, é desfazer a dureza dos sentidos, o coração quebrantado é o que se abre, aceita conselhos, considera a situação, ouve e dá atenção. Um coração duro nem se quer ouve a orientação.

2.3. Saber se queremos ser curados
- “não querem a cura”, significa que deve haver um esforço da pessoa em alcançar sua cura.
- “despertar a compaixão nos outros”, são pessoas que se acomodam com o tratamento que recebem como coitadas.
- “maior trabalho fica por conta”, é muito difícil alguém quebrar o próprio orgulho e reconhecer a sua necessidade. Todo tratamento cristão deve ser feito pela palavra de Deus, mas existe pouca disposição em dedicar tempo à Palavra e a oração.
____________________________________
3. Cura e restauração divinas para os enfermos de alma
- “atitude de perdão que salvou”, quando não há esse tipo de conserto o sentimento de vingança fica escondido e atormentando, atrapalhando a vida espiritual. Há pessoas que não perdoaram os pais, o conjugue e nem a si mesmo.

3.1. Não permitir o ressentimento
- “olhar para frente”, foi praticamente esse o problema de Pedro ao caminhar em direção a Jesus. Em determinado momento ele deixou de olhar para o Mestre. Alguns irmãos ficam remoendo fatos passados, dessa forma as dificuldades começam a sobressair.
- “resulta em escravidão”, uma coisa é se libertar do pecado e outra é se libertar da escravidão dos ressentimentos, alguns irmãos tem mais facilidade em se libertar do pecado do que dos ressentimentos ocultos.
- “arrastando pedras enormes”, Existem aqueles que conseguem disfarçar o ressentimento, isso pode ser pior, pois pode gerar problemas nas defesas do corpo e expor a pessoa a doenças.

3.2. Permitir a intervenção de Deus
- “Todos nós precisamos de cura”, mas todos podem ser libertos pelo sangue de Jesus, o problema é que alguns irmãos não se rendem totalmente ou não rendem tudo aos pés do Senhor. Guardam seus segredos bem escondidos até o momento em que a situação se torna insustentável.
- “fingindo que não está lá”, lembre aos alunos que problema esquecido não é problema resolvido.
- “tirarmos o curativo”, significa expor o problema a Deus e talvez ao seu líder espiritual, porém isso não significa que todos devem ficar sabendo do problema.  

3.3. Soltar as amarras emocionais com o perdão
- “relembramos a ofensa”, obviamente o crente que relembra a ofensa é aquele que não perdoou ou o fez falsamente ou apenas para cumprir um protocolo, como fazem muitos nas Santas Ceias.
- “fazê-lo no presente”, quando retorna a sua mente um fato do passado, faz com que esse fato continue a causar dor. Mas na Bíblia somos orientados a prosseguir para frente e deixar as coisas que para trás ficam. Filipenses 3.13
___________________________
CONCLUSÃO
- “falta de apetite”, ou ainda o apetite descontrolado, algumas pessoas sofrem de obesidade por conta disso.
- Professor(a), lembre que qualquer tratamento recomendado, que coloque a eficácia do sangue de Cristo em segundo plano, não provem de Deus, sendo doutrina de homens.  
- Repasse os pontos mais importantes para os alunos.
- Relembre o objetivo geral de se estudar seitas e heresias.
- Faça as perguntas do questionário.

Boa aula!

Marcos André – editor
Alexandre Teixeira Mendes – colaborador
Juliane Souza - colaboradora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.