INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sábado, 6 de setembro de 2014

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 10 - Revista da CPAD


AULA EM 07 DE SETEMBRO DE 2014 – LIÇÃO 10
(Revista: CPAD)

Tema: O Perigo da Busca Pela Autorrealização Humana

Texto Áureo: Tiago 4.3
  
INTRODUÇÃO
- Amado(a) professor(a), nesta lição oriente os alunos a observar os detalhes do comportamento dos filhos de Deus.
- “colocando o Senhor nosso Deus à margem”, algumas vezes o crente faz isso sem perceber, ele começa a valorizar os bens materiais e outras coisas mais do que a Deus, a pessoa vai se enganando afirmando que Deus é o mais importante, mas aos poucos o Senhor está sendo tirado de suas vidas.
__________________________________________
1. A ORIGEM DOS CONFLITOS E DAS DISCÓRDIAS (Tg 4.1-3)

1.   Que sentimentos são esses?
- “Donde vêm as guerras e pelejas entre vós?”, Tiago está se referindo às contendas que ocorriam entre os crentes.
- “dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam”, está sendo afirmado que os desejos pessoais dos crentes, é que fazem com que eles briguem entre si. De fato se cada um buscar seus interesses particulares haverá motivos de guerras o tempo todo.

2.  A origem dos males (Tg 4.2).
- “Tiago não mascara”, ele não encobre o erro que estava ocorrendo dentro de sua própria igreja, muitos pastores erram nessa área, temendo perder ovelhas eles escondem os erros de alguns irmãos.  
- “predisposições básicas da nossa natureza”, são atitudes que o nosso corpo está pronto a realizar, isso devido à natureza ter sido corrompida pelo pecado do homem.
- “até mesmo em nome de Deus”, existem algumas contendas nas igrejas que surgem depois de revelações e visões, os contendeiros afirmam que Deus mostrou algo que na maioria das vezes é um visão carnal.

3. O porquê de não recebermos bênçãos (Tg 1.3).
- “aparecerem “profetas” profetizando o contrário.”, existem as profecias falsas, aquelas que não vieram do coração de Deus.
- “Deus não é um garçom”, existem crentes que foram ensinados que podem determinar alguma coisa para Deus. Eles fazem e ensinam os novos convertidos a fazerem o mesmo.
_____________________________________________
2. A BUSCA EGOÍSTA (Tg 4.4,5)

1. Adúlteros e amigos do sistema mundano (Tg 4.4)
- “crentes que flertaram com o sistema”, flertar significa admirar, trocar olhares, se insinuar, assim são alguns crentes na igreja, estão admirando os bens mundanos. O resultado é que esses sentimentos vão crescendo no interior da pessoa até que eles se apoderam do individuo totalmente.
- “fizeram-se inimigos de Deus”, não há outra forma, se alguém não se entregar totalmente a Deus, seu coração ficará dividido. Por isso aqueles que estão no caminho do Senhor devem se esforçar para perceberem quando o mundo está seduzindo-os.

2.  “Inimigos de Deus”.
- ““adúlteros e adúlteras”, nomes fortes para representar a traição daqueles que afirmam lealdade a Jesus, mas depois se aliam ao mundo.
- “amizade com o mundo, quanto com Deus”, Deus e o mundo são lados opostos de uma batalha, e ninguém consegue manter aliança com os dois lados de um conflito, ou vai ser considerado traidor por um ou pelo outro, ou pelos dois.

3. O Espírito tem “ciúmes” (Tg 4.5).
- “que em nós habita é zeloso", a palavra zeloso significa “ciumento”.
- “Ele é o selo que marca-nos”, assim como um selo em um produto serve para identificar a procedência e as características do produto, o Espírito Santo serve identificar para aquele que está de fora e não conhece a pessoa, qual a sua procedência e suas características.
_________________________________________
3. A BUSCA DA AUTORREALIZAÇÃO (Tg 4.6-10)
1. Humilhando-se perante Deus (Tg 4.6,7).
- “reconhecermos quem somos à luz da sua admoestação”, esse é um passo importante para o sucesso no ministério. Quando a pessoa para de inventar desculpas e passa a buscar o que pode ser melhorado no seu proceder.
- “É não almejarmos a posição dos mestres orgulhosos”, quando somos orgulhosos deixamos de ouvir a voz de Deus, deixamos de ouvir os conselhos dos mais experientes.

2. Convertendo a soberba em humildade (Tg 4.8,9).
- ...

3.  “Humilhai-vos perante o Senhor” (Tg 4.10).
- “seremos pessoas satisfeitas e realizadas com o Dono da vida”, dessa forma teremos a paz com Deus que Paulo afirma em Romanos 5.1
- “Como poderemos ser felizes sem a presença do Doador da vida?”, para o ímpio é impossível alcançar a felicidade plena alguns vivem momentos de alegria passageira, alguns declaram abertamente não serem felizes, mas existem aqueles que disfarçam a infelicidade, sorriem e são extremamente extrovertidas, mas escondem um coração triste e amargurado.
_____________________________________
CONCLUSÃO
- “verdadeira felicidade”, é a felicidade que se consegue através de Jesus Cristo. Essa felicidade nos concede uma paz interior, que é a paz com Deus, e um alivio.
- Professor(a) faça seu resumo e passe com a classe.

Marcos André – Superintendente e professor
Gustavo Matos – Cooperador


Boa Aula!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.