quinta-feira, 5 de março de 2015

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 10 - Revista da Central Gospel


AULA EM___DE______DE 2015 - LIÇÃO 10
(Revista: Central Gospel - nº 41)

Tema: AS MARCAS DA AUSÊNCIA

Texto Áureo: 1 Timóteo 3.5
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), nesta lição apresente o problema das ausência dos pais na família considerando que mesmo estando presente no corpo, muitos pais estão ausentes.
- “sociedade globalizada”, a globalização é a ordem mundial onde os países e centros comerciais mundiais são interligados e interagem como uma rede, isso é possível pelo avanço da tecnologia de comunicação e pela internet.
- “transformações socioculturais”, devido a essa globalização as culturas se aproximaram e se influenciam mutuamente provocando mudanças.
- “repensar de papéis”, se refere às mudanças que tem ocorrido em algumas famílias, como maridos que trabalham no lar e esposas que assumem despesas, entre outras.                                                                                                            
_______________________________________________
1. ELI, PAI DE HOFINI E FINEIAS
- “seus filhos não conheciam ao Senhor”, apesar de serem filhos de sacerdotes eles não tinham vida com Deus. Isto serve para nos mostrar que filho de crente não é garantia de ser crente.
- “capaz de conter as impiedades”, Eli se omitiu na hora de disciplinar seus filhos e isso lhe custou o ministério sacerdotal na família.
- Infelizmente muitos pais que são obreiros diante de Deus passam por problemas com seus filhos, deixam de disciplinar os pequenos erros, então quando ocorrem os grandes erros eles não tem forças para manter a ordem.

1.1.  Resistência e afronta
- Esses foram os atos dos filhos de Eli, eles resistiram a repreensão e afrontaram a lei e o Senhor.
- “causava-lhe maior desconforto”, Eli estava mais preocupado com o que as pessoas pensariam dele. Esse é um indício de como foi a vida dele, provavelmente ele esteve dedicado as coisas de Deus e deixou de lado sua casa. Mais tarde ele colheu o que semeou.

1.2. Crise de representação
- “não ouviram a voz”, quer dizer que eles não deram atenção ao que seu pai falava. Se os problemas começarem e os pais não tomarem nenhuma atitude enquanto os filhos estiverem novos, eles não ouviram quando estiverem mais velhos.

1.3. Teia de dissoluções
- “morreram Hofini e Fineias”, morreram no mesmo dia, levaram a arca para a batalha, achando que Deus os livrariam por amor da Arca. Não adianta se esconder atrás dos símbolos sagrados depois de uma vida de desobediência. 1 Sm 4.17
- “carregou o nome-símbolo”, o nome dele tinha esse triste significado, para que servisse como um humilhante memorial da perda da Arca.
- Esse tópico se refere às dissoluções das famílias, de Eli e seus filhos, e a de Fineias e sua esposa.
________________________________
2. ELI, TUTOR DE SAMUEL
- “sobre sua cabeça não passaria navalha”, se refere ao voto de nazireu, onde não se podia cortar os cabelos e nem beber bebida forte, porém poderia se casar.
- “liderança da nação israelita”, se refere ao cargo de Juiz de Israel, que pertencia a Eli e não era hereditário, o Juiz era levantado e confirmado pelo Senhor.
- “dois comportamentos...reeditados”, quer dizer que Samuel apresentou as mesmas características de Eli em seu ministério, quando diz que ele “reeditou”, significa que ele faz parecido, mas fez da forma dele, não foi exatamente a mesma coisa.

2.1. Samuel o novo líder de Israel
- ...

2.2. Samuel aprendeu com Eli a considerar as coisas exteriores
- “considerar as exterioridades”, na verdade isso era muito natural para um sacerdote, que tinha que se vestir a rigor e executar uma série de rituais simbólicos, tudo como muitos requisitos exteriores.
Talvez o erro do profeta foi não esperar a confirmação de Deus e ele mesmo assentou no seu coração a sua conclusão ao ver Eliabe: “Certamente está perante o Senhor o seu ungido.” 1 Samuel 16:6

2.3. Samuel aprendeu com Eli a ser pai
- “reproduziu com...o mesmo tipo de tratamento”, é provável que Samuel tenha aprendido com Eli que ao serviço da obra do Senhor era o mais importante do que todo o resto, mas sabemos que o Senhor fez a família primeiro do que qualquer trabalho do Reino de Deus.
- “é possível inferir”, inferir é supor que algo tenha ocorrido, mesmo que não esteja escrito no texto, mas se considera os fatos que dão a entender isso.
_________________________________
3. PAIS AUSENTEs
- “estruturas familiares da pós-modernidade”, é período que estamos vivendo, onde muitos pais não sabem lidar com as questões pós-modernas, exemplo: atualmente muitos filhos tem redes sociais em seus smart fones, o que dificulta o acompanhamento dos pais. Muitos pais não sabem o que seus filhos conversam nessas redes e com quem eles conversam.

3.1. Contribuições das ciências humanas e biológicas: a figura paterna
- “não participativo”, esse é o tipo de pai que este estudo está focado, pois é o mais comum em muitos ministérios. Alguns se dedicam a obra de Deus em suas igrejas de maneira exemplar, mas deixam o lar desguarnecido. E às vezes, nos poucos momentos que estão em casa, suas cabeças estão em outro lugar.
- Veja essa situação hipotética: durante a semana o pai trabalha durante o dia, na segunda à noite tem visita em algum lar, na terça à noite tem culto de libertação, na quarta tem reunião do ministério, na quinta tem ensaio dos varões, na sexta tem culto de doutrina, no sábado tem saída do grupo, e o domingo é do Senhor, então ele fica o dia todo na igreja. Esse obreiro vai acabar perdendo sua família.

3.2. Contribuições das ciências humanas e biológicas: a figura materna
- “são mediados pela interação da mãe”, quer dizer que o sofrimento da criança é amenizado com a presença da mãe, na falta mãe não haverá essa intermediação, nesse caso os quadros depressivos e de ansiedades ocorrerão com mais força e mais rápido.
- Nota-se atualmente que muitos pais se tornam ausentes sem sair de casa, não conversam com seus filhos, não olham os cadernos escolares, não entram no mundo deles, etc.
______________________________________
CONCLUSÃO
- “mundo contemporâneo”, é o mundo de nossos dias, o mundo hoje.
- “tudo que se apresenta é temporário”, é um mundo de mudanças constantes, onde as pessoas vivem na correria contra o tempo, e essas mudanças lançam redes para apanhar as mentes dos filhos que os pais deixam de lado.
- “tom saudoso e abatido”, quer dizer que ele está falando com um ar de lamento ou desesperança.
- “digladiam as certezas incontestáveis”, quer dizer que hoje se debate as verdades universais, é a ideia de que tudo é relativo.
- “mundo liquefeito”, metáfora para afirmar que o mundo muda de forma o tempo todo, pois o líquido não tem forma própria, mas recebe a forma do recipiente onde é colocado.
- “conversão de uma ao outro”, isso se dá pela aproximação, diálogo, interação e relacionamento entre eles.

Boa aula!


Marcos André – professor

3 comentários:

  1. Muito bom! Adorei!

    ResponderExcluir
  2. Suas explicações são exatas e precisas .Que Deus te ilumine sempre!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, obrigado, me ajude em oração por essa obra. Paz de Cristo.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.