domingo, 19 de julho de 2015

ATUALIDADE GOSPEL - Pastor usa dízimos para construir casas para membros


A Igreja Assembleia de Deus Ministério Lagoinha em Araruama (RJ) ficou nacionalmente conhecida pelo exemplo dado ao aplicar seus dízimos e ofertas na construção de casas populares para membros que não têm onde morar. E o princípio adotado pela congregação continua valendo.

O pastor Fábio Mendonça, que trabalha como sargento da Polícia Militar, usa os finais de semana para construir as casas, com ajuda de três pedreiros voluntários.

Esse trabalho só é possível graças à ousadia de Mendonça, que usou um terreno de propriedade da igreja para criar uma espécie de condomínio para os fiéis mais necessitados.

De acordo com informações do Meio Norte, uma das beneficiárias do projeto, Andréa Silva Rocha, disse que a assistência oferecida pela igreja chegou no momento exato: “Fui amparada na hora que mais precisei, hoje tenho a segurança de um lar”.

Mendonça conta que recebeu críticas por sua iniciativa, mas que não se abalou e seguiu firme no propósito: “Alguns pastores me perguntaram se eu não estava ‘arrumando’ muito trabalho. Se Deus pensasse no trabalho que o ser humano dá a Ele em relação à desobediência a seus princípios, não teria feito o mundo. Tudo que fazemos na vida pode nos gerar problemas, você não compra um carro, por exemplo, pensando que o pneu pode furar um dia, mas no benefício que você vai ter com o veículo”, comentou o pastor, que desde 2013 é notícia em todo o Brasil como exemplo de iniciativa social.

“As igrejas devem ficar mais atentas à necessidade do povo. Sejam elas materiais ou espirituais. Há igrejas em que a maioria dos membros não possui necessidades financeiras, mas sempre há os que precisam de ajuda espiritual e aqueles que precisam de ajuda material”, comentou o pastor.

Fonte: Gnotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.