sexta-feira, 31 de julho de 2015

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 5 - Revista da Editora Betel



AULA EM 2 DE AGOSTO DE 2015 – LIÇÃO 5
(Revista: Editora Betel)

Tema: O Milagre do Perdão

Texto Áureo: João 20.23
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição mostre a importância de se perdoar, tente conseguir algum testemunho de perdão para apresentar a classe.
- “decisão moral de remover o ódio”, quando ocorre o perdão ocorre também o alívio da alma, pois a pessoa que alimenta uma ira, um rancor, passa a manter um peso dentro de si.
- “Se aprendermos a orar pelos nossos inimigos”, isso porque orar pelos inimigos parece tão difícil quanto perdoar. Porém quem perdoa vai descobrir o bem que isso faz para sua vida, família e ministério.
__________________________________________
1. Entendendo o conceito do perdão
- “imperfeito e sujeito a erros”, essa imperfeição veio depois da Queda. Às vezes achamos que nossos familiares e principalmente nossos líderes precisam ser perfeito, e acabamos cobrando mias deles. Mas infelizmente eles não são perfeitos.

1.1. O conceito de Amós.
- “se agarravam ao conceito de Amós”, os rabinos tinham suas tradições a partir de interpretações das Escrituras.
- “que um homem fosse mais piedoso do que Deus”, eles entendiam que esse fosse o limite da piedade de Deus. Não conheciam a Jesus Cristo.
- “se limitava o perdão a três ofensas”, um padrão para o tempo da Lei e o interessante é que atualmente esse padrão legalista para estar na moda pelo mundo.
- “coloca um fim em regras humanas”, Jesus não está nos dando um número de perdão possível. Ele está usando o exagero para nos ensinar que devemos perdoar sempre. No tempo da Lei o que opera são as regras, os protocolos e as leis, mas no tempo da Graça o que opera é a misericórdia e o amor.

1.2.  Quem não perdoa não é perdoado.
- “o homem deve perdoar para ser perdoado”, Deus não quer somente que sejamos perdoados e salvos, Ele quer que sejamos exemplos vivos da obra que Ele faz. Como poderemos dar testemunho da obra de perdão se não sabemos perdoar.
- “porque eles alcançarão misericórdia”, a misericórdia é sentimento de dor e solidariedade com relação a alguém que sofre algo ruim. Na passagem em questão está afirmando que todos aqueles que praticam a misericórdia receberá misericórdia, então nesse caso ter misericórdia é mais do que ter amor é ter também sabedoria, pois em algum momento da vida poderemos precisar da misericórdia de alguém.
- “se perdoardes aos homens as suas ofensas”, o perdão é uma das manifestações do misericordioso por isso ele alcança a misericórdia. Não há lógica em perdoar alguém que não perdoa o próximo.

1.3. Os malefícios da falta de perdão.
- “Dr. Fred Luskin”, é um consultor sênior em promoção de saúde da universidade de Stanford.
- “reduz o estresse”, o estresse é um desgaste físico-mental que resulta em vários sintomas no corpo humano. Esse desgaste pode ter várias causas, uma delas é essa, a falta de liberar o perdão.
- “limita a ruminação que leva o sentimento de impotência”, ruminar significa mastigar de novo, aqui está se referindo à pessoa que fica remoendo as ofensas na mente, enchendo o coração de maus sentimentos. O sentimento de impotência ocorre quando percebemos que as coisas estão fora do nosso controle.
- “reduz a capacidade de alguém cuidar de si mesmo”, e se não puder cuidar de si mesmo, também não cuidará da família e nem tão pouco das coisas de Deus. A falta de perdão mexe com tudo na vida da pessoa.
 _____________________________________________
2. A importância do perdão.

2.1. Sem perdão, sem misericórdia.
- “superava o valor do resgate de um rei”, o valor da dívida era de dez mil talentos.
- “contraste entre as dívidas era esmagador.”, fazendo uma tipologia, a primeira dívida representa a nossa dívida com Deus, ela era impagável, mas o Rei pagou ela para nós. A segunda dívida são as dívidas que as pessoas fazem conosco, quando nos ofendem e nos maltratam, são dívidas menores.
- “comparar em forma vaga ou remota com o que nos perdoou”, isso mostra que a dívida era muito grande, concluímos que se o Senhor nos perdoou uma tão grande dívida, devemos então perdoar as dívidas que as pessoas tem para conosco.

2.2. O perdão abre a porta para o reino de Deus.
- “a mensagem do perdão divino”, era uma mensagem que ia contra tudo o que a Lei ensinava, pois era uma mensagem da Graça. A mensagem do perdão da nossa dívida com Deus, proporcionando que possamos ser aceitos em Sua morada outra vez.
- “veio a esse mundo para quitar essa dívida”, a partir do momento em que o Mestre pagou a nossa dívida passamos a ter com Ele uma dívida de consciência, onde o servimos pelo reconhecimento de tudo o que Ele fez por nós.
- “reconciliando consigo o mundo”, a partir do pecado de Adão o Senhor expulsou o primeiro casal de Sua presença e selou o caminho de retorno para que o homem não voltasse. Gn 3.24 Mas em Jesus esse caminho de retorno foi de novo aberto.

2.3. O perdão é a quitação completa da dívida.
- “cédula de acusação contra nós foi cravada na cruz”, nessa afirmação Paulo faz um trocadilho com o costume dos romanos de fixarem na cruz dos condenados uma inscrição com a condenação da vítima. Semelhante à que Pilatos mandou fixar na cruz de Jesus. Jo 19.19
- “o Senhor levou para a cruz essa sentença”, afirmativa metafórica que afirma que Jesus pagou a nossa dívida, sendo condenado por algo que nós fizemos, pois não cometeu pecado algum.
- “até mesmo, os que ainda viriam a existir”, essa afirmação pode ser comprovada por essa passagem:
“Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor.” Jo 10.16 E também i simples fato de Jesus ordenar que o evangelho fosse pregado aos confins da Terra, já demonstra que Ele tinha um projeto um mundial para todas as épocas.
 ________________________________________
3. O maior de todos os milagres
- “é o maior de todos os milagres”, na verdade o maior milagre é a salvação, o perdão é a ação que conduz a ela. A salvação e o perdão são maiores do que acalmar a tempestade ou resuscitar mortos. O que se leva em consideração para se afirmar isso são dois elementos: o efeito que eles causam e a dificuldade para se obter. O efeito, o perdão e a salvação podem transformar uma vida e vai afetar no mínimo duas (um que perdoa e um que é perdoado) ou mais pessoas. E quanto a dificuldade para se obter, o perdão, além da fé, envolve também o livre arbítrio. Se a pessoa não quiser perdoar, o perdão não vai ocorrer, Deus não obriga ninguém a perdoar, apenas avisa que não há perdão para quem não perdoa.
3.1. O milagre do perdão.
- “professor(a), esse tópico nos mostra a grandeza do milagre da salvação e que é necessário para que ele ocorra.
- “ser curada de câncer e morrer afastada”, a cura de uma enfermidade tem mais valor quando promove a libertação da alma, e o perdão tem esse poderoso efeito. Muitos ao receberem a cura de uma enfermidade vão aos poucos se afastando de Deus, quem recebe o perdão dificilmente se abandona Aquele que deu o perdão.

3.2. O perdão nos coloca no âmbito da felicidade.
- “ foram tentados a colocar o motivo de suas alegrias”, quer dizer que eles foram tentados a se alegrarem somente com o sucesso da obra. Mas veja a resposta de Jesus:
“Mas, não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos nos céus.” Lucas 10:20
- “de nada adiantou tanto esforço”, no tempo presente, esse problema apontado por Jesus está ocorrendo grandemente. Muitos obreiros se alegram com o sucesso que fazem e se esquecem de se alegrar pela salvação de suas almas, deixaram tanto esse importante negócio que muitos já até perderam a salvação.

3.3. O propósito do poder sobrenatural de Deus.
- “isso não é uma utopia”, utopia é um sonho ou desejo irrealizável, como por exemplo, o desejo de flutuar, sendo que para o ser humano é impossível flutuar. Para o não crente, o arrebatamento é uma utopia, mas para o povo de Deus é tão real que podemos sentir se aproximar.
- “não entende a verdade da cruz”, a cruz é a maior mensagem de amor e perdão que já tenha sido enviado para a humanidade. Se alguém afirma seguir ao Cristo da cruz e não perdoa o próximo, é porque não serve a Jesus de verdade, mas está se enganando e tentando enganar aos outros.
_____________________________________
CONCLUSÃO
- “nos livrarmos de todo sentimento ruim”, isso porque aqueles que não perdoam e nem buscam o perdão, guardam a mágoa e o rancor e esses sentimentos tendem a se extravazarem de alguma forma, em alguns casos se transformam em doenças.
- “reconhecer os erros”, esse é o primeiro passo para que haja o desejo de se buscar o perdão.
- “pedir perdão é recomeçar”, muitos projetos, ministérios e empreendimentos ficam travados devidos a falta do concerto entre irmãos.
- Talvez após um problema entre dois irmãos, e a liberação do perdão, as coisas não voltem como estava. Isso é porque a amizade e confiança se conquista com o tempo, mas o perdão é uma obrigação que todo crente deve imputar a si mesmo.
- Professor(a), recomendo que você faça o seu resumo e corrija os exercícios.

Marcos André – professor

Boa Aula!

- Esse esboço é gratuito, porém se alguém desejar ofertar para essa obra, fique a vontade, é só clicar aqui!

- Se alguém quiser acrescentar algo interessante ao esboço, mande para licks1996@gmail.com

4 comentários:

  1. Esta ferramenta abençoada é um de meus instrumentos para as aulas de Domingo.
    Apoiand-me em pesquisas enriqueço minhas aulas! Que Deus abençoe muitíssimo ao irmão Marcos nesse maravilhoso projeto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo reconhecimento Ev Antonio estou alegre em poder ajudar a professores dedicados como você. Esse projeto já atingiu um grande número de pessoas entre professores e alunos e cresce a cada dia. Continue orando por essa obra.
      Paz do único Deus que existe.

      Excluir
  2. Que lição maravilhosa, seu resumo foi super importante para a aula de hoje, ganho muito conhecimento com seus resumos, que # Deus te abençoe ricamente por nos transmitir essa bênção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, obrigado irmã Lucia Helena, que Deus continue iluminando a tua mente para o ensino da Palavra. Espero que você cresça a cada dia na graça e no conhecimento de Deus.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.