INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

domingo, 2 de agosto de 2015

ARTIGO - Teologia da Libertação x Igreja Católica

 Segundo publicação do Mensageiro da Paz de Julho de 2015, o papa Francisco demonstrou simpatia pela Teologia da Libertação, que foi desprezada por João Paulo 2º. 

O atual líder da igreja Católica tem se reuniu com o padre Gustavo Gutíerrez, que é um dos fundadores da Teologia da Libertação. O papa Francisco também é favorável à beatificação de Óscar Romero, que é um dos símbolos da ideologia pregada por essa doutrina.

A Teologia da Libertação é a doutrina católica que visa interpretar a Escritura através do sofrimento dos pobres, sendo uma doutrina humanista, teve sua origem na América do Sul em meados dos anos cinquenta. Essa teologia foi reforçada em 1968 na Segunda Conferência dos Bispos da América Latina, na Colômbia. A ideia era estudar a Bíblia e lutar por justiça social nas comunidades cristãs (católicas)

No Brasil o maior divulgador dessa teologia é Leonardo Boff, autor de diversos livros sobre o assunto e que foi excomungado pelo Vaticano em 1984.

A igreja Católica tem aberto os olhos para uma realidade que se torna notória a cada dia: há uma grande perda de membros em todo o mundo, principalmente no Brasil e na Alemanha e diversas regiões.

Diante dessa situação as lideranças católicas tem mudado o discurso em relação a alguns grupos que sempre foram considerados rebeldes ou hereges, na tentativa de se fortalecer e evitar a grande evasão que ocorre no mundo inteiro.

Marcos André - Editor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.