sábado, 15 de agosto de 2015

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 7 - Revista da Central Gospel


AULA EM___DE______DE 2015 - LIÇÃO 7
(Revista: Central Gospel - nº 43)

Tema: OBRAS DA JUSTIÇA

Texto Áureo: Romanos 12.8
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), nesta lição você falará de um assunto prático, procure ambientar o aluno na realidade de hoje.
- “(generoso, pródigo)”, o filho pródigo recebeu essa classificação por ser extremamente liberal, porém ele era inconsequente.
- “sem a expressão da genuína liberalidade”, o crente deve ser liberal, dividir com o que não tem, ajudar financeiramente aqueles que necessitam.  
_______________________________________________
1. A LIBERALIDADE NO ANTIGO TESTAMENTO
- “por meio de Moisés”, as leis dadas a Moisés visavam a adoração ao Senhor, os ritos sacerdotais e a preservação da vida, integridade e equilíbrio social.
- “misericórdia e generosidade...ganho financeiro”, com certeza esse tem sido o grande problema dos nossos dias, muitos crentes estão em busca de valores monetários e não exercem a misericórdia e nem a generosidade.

1.1. O Senhor Deus é o defensor dos necessitados
- “para os menos favorecidos”, a Lei de Deus era generosa para com o povo, sempre buscava favorecer o fraco e necessitado. Ex: a Lei regulava sobre a escravidão para que o escravo também tivesse direitos e aquele tipo de escravidão não era como a que se praticou com os africanos nas Américas do Norte e Sul.
- “mesmo que o sétimo ano estivesse próximo”, Deus regulou isso também prevendo que os que tivessem condições de emprestar deixariam de fazê-lo por estar próximo o ano do perdão.
Vemos aqui que Deus queria que o judeu tivesse um coração liberal, e esse é ainda o desejo Dele hoje.

1.2. A Lei de Deus e a solidariedade
- “ano sabático”, recebeu esse nome por ser o sétimo ano.
- “deveriam deixá-la repousar”, essa ordem foi dada a uns três mil anos atrás, mas depois os cientistas descobriram que esse descanso é necessário para a terra, pois nesse tempo de descanso o mato produz certas substâncias que farão com que a terra possa produzir mais.
- “O povo teria que confiar em Deus”, essa é a essência da liberalidade, as pessoas deixam de praticar a liberalidade por olharem a falta que aquele recurso fará, não confiam que Deus para suprir suas necessidades.
- Não demorou muito e o povo que adentrou a terra prometida começou a ignorar esse ano sabático.

1.3. Os israelitas nem sempre observavam a Lei
- “muitos ricos aproveitavam-se dos pobres”, os ricos se aproveitam da necessidade do pobre para explorar, a pessoa diante do aperto pela pobreza paga mais. Não mudou nada de lá pra cá, dessa forma a indignação de Deus com esses abusos permanece. Ex: a pessoa que tiver o pneu de sua moto furado numa estrada deserta poderá pagar mais caro do que o normal pelo concerto, isso porque o borracheiro vai explorar a sua necessidade.
________________________________                 
2. LIBERALIDADE NO NOVO TESTAMENTO
- “solicitude”, significa cuidado. Deus quer tenhamos cuidado dos necessitados.
- “domésticos na fé”, se refere aos que são da nossa fé, aos nossos irmãos em Cristo.

2.1. Boa parte do ministério de Jesus foi dedicada aos necessitados
- “mas Jesus afirmou que ela havia dado mais”, Jesus mostrou como é a visão segundo a ótica de Deus. Ela foi considerada por Cristo como a que deu mais por ter dado do que lhe fazia falta.
Se alguém ajuda um necessitado dando daquilo que lhe sobra, não está fazendo muito, mais se ele divide daquilo que é necessário para ele então há uma diferença. Quando alguém colabora na campanha do quilo em sua igreja, deve dar daquilo que usa e não daquilo que não lhe serve.

2.2. Os cristãos e os necessitados
- “marginalizados econômica e socialmente”, marginalizado é aquele que está a margem da sociedade, que não pode participar dos mesmos círculos e frequentar os mesmos lugares que as outras pessoas, isso é estar marginalizado.
- Marginalizados econômicos, são os que não possuem recursos para participar da vida pública, como as demais pessoas.
 - Marginalizados sociais, são os que não possuem condições sociais para estar junto à sociedade, devido a enfermidades, condenação judicial ou grupos rejeitados pela população como os viciados em drogas.
- “Uma das exigências de Cristo”, quer dizer que não é opcional, o crente deve praticar essa generosidade, do contrário estará “despregando” tudo aquilo se afirma nos púlpitos.

2.3. O cuidado do apóstolo Paulo com os necessitados
- “amparo aos desfavorecidos”, Paulo estimulava as igrejas a ajudarem os necessitados de outras igrejas, onde as igrejas ofertariam e enviariam os recursos a outras igrejas.
- “arrolou como dom do Espírito”, mesmo assim o crente não deve ver isso somente como um dom do Espírito, pois é obrigação de todos os servos de Jesus praticar essa ação. Pode ser até um dom, mas é acima de tudo uma obrigação.

2.3.1. A igreja macedônica
- “isso não impediu que eles continuassem a compartilhar”, eles se uniram e deram mais ofertas que a igreja de Corinto. Veja o texto:
“Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus dada às igrejas da macedônia;
Como em muita prova de tribulação houve abundância do seu gozo, e como a sua profunda pobreza abundou em riquezas da sua generosidade.
Porque, segundo o seu poder (o que eu mesmo testifico) e ainda acima do seu poder, deram voluntariamente.” 2 Coríntios 8:1-3
 
________________________________________________
3. A PRIORIDADE MÁXIMA DA IGREJA – A GENEROSIDADE COM OS CRISTÃOS

3.1. Generosidade: o caráter de Deus em nós
- “viver genuinamente cristão”, de acordo com o livro de Atos a igreja se destacava pela sua conduta, isso chamava a atenção de todo o povo. Veja:
“E era um o coração e a alma da multidão dos que criam, e ninguém dizia que coisa alguma do que possuía era sua própria, mas todas as coisas lhes eram comuns.
E os apóstolos davam, com grande poder, testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça.
Não havia, pois, entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam herdades ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, e o depositavam aos pés dos apóstolos.
E repartia-se a cada um, segundo a necessidade que cada um tinha.”
Atos 4:32-35
Esse comportamento impactou a sociedade daquela época.
Se a generosidade é o caráter de Deus em nós, então quando somos generosos estamos demonstrando ao mundo o verdadeiro poder de Deus e testemunhando que Ele é.

3.2. Generosidade, o caráter de um cristão autêntico
- “indiferenças, calúnias e difamações”, essas coisas machucam muito, principalmente aqueles que estão começando, que ainda não possuem a maturidade cristã. Por isso precisamos de uma forte base para a nossa fé.
- “perseverança em fazer o bem”, se todos os que fazem o bem pela obra de Deus desistissem diante da indiferença e calúnias, não teríamos mais pregação do Evangelho.

3.3. Generosidade: a recompensa vem do Senhor
“Ao Senhor empresta o que se compadece do pobre, ele lhe pagará o seu benefício.” Provérbios 19:17 Na verdade o ditado popular foi tirado da Palavra, assim como muitos outros.
Isso quer dizer que Deus retribui, mas não devemos esperar que essa retribuição virá imediatamente. Deus cuida de nós como filhos, e nenhum pai dá ao filho tudo que ele pede, sem antes fazer algumas avaliações. Com isso ninguém deve ser liberal esperando receber de volta todo recurso financeiro que ofertou, devemos lembrar que nosso galardão está no céu.
______________________________________
CONCLUSÃO
- “porque estamos cheios da graça”, Deus não somente nos salvou em Cristo, mas Ele também nos regenerou e nos conduz a um caráter parecido com o Seu. Mas sabemos que há crentes com um caráter parecido com o do Diabo. Na verdade não são crentes.
- “demonstremos ao mundo”, a maior e melhor pregação é aquela que fazemos com as nossas atitudes. Devemos seguir essa ordem:
“Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” Mateus 5:16   
É um convite para sermos um exemplo para o mundo.
- Corrija o questionário.

Boa aula!

Marcos André – professor

- Esse esboço é gratuito, porém se alguém desejar ofertar para essa obra, fique a vontade, é só clicar aqui!
- Se alguém quiser acrescentar algo interessante ao esboço, mande para licks1996@gmail.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.