domingo, 13 de setembro de 2015

ATUALIDADE GOSPEL - Malafaia comemora sucesso de Os Dez Mandamentos e fracassos da Globo: “Não podia ser melhor”


O pastor Silas Malafaia comemorou o resultado que a novela Os Dez Mandamentos, da TV Record, vem conquistando, e a consequente preocupação da TV Globo com o sucesso dos projetos com inspiração bíblica que a emissora do bispo Edir Macedo desenvolve.

Para Malafaia, a grande audiência da Record é uma prova de que a sociedade está cansada de consumir os mesmos produtos da Globo há décadas: “Novela bíblica da Record está dando banho nas novelas imorais da Globo. Que tal os autores de novelas da Globo zombarem dos evangélicos, só kkkk. Que tal os autores das novelas da Globo continuarem a fazer apologia ao homossexualismo. O povo está dando um basta em tanta imoralidade”, escreveu o pastor em seu perfil no Twitter.

A reação da Globo a esse posicionamento, de acordo com Malafaia, será em crítica à sociedade: “Grande parte dos autores de novelas da Globo, escrevem aquilo que são na vida real, estão defendendo a sua própria praia. Verdade absoluta. Não podia ser melhor, uma novela bíblica deixando a turma da Globo de cabelo em pé. Só kkkkkk muito kkkk vão dizer que a sociedade é conservadora”, apostou.

O pastor pediu ainda para que os profissionais da emissora da família Marinho sejam avisados sobre a realidade brasileira: “Avisa aos autores de novelas da Globo, que os evangélicos e católicos praticantes são maioria da população. Estão cansados do lixo moral”.

Diante da repercussão de seus comentários junto a seus seguidores na rede social, o pastor ponderou a respeito de outras áreas da Globo que são proveitosas, e pediu que não se enxergue os espaços onde a maioria não é evangélica como perdidos.

“Não sou bobinho para fazer esse jogo de dizer que a TV A ou B é de Deus o do diabo, depende do que está mostrando naquela hora. Desconhecer o jornalismo da Globo, com algumas exceções, bem como a maioria do Globo Repórter, e alguns programas educativos, é ignorância. Sou a favor dos cantores da música gospel, ou qualquer entrevista com qualquer evangélico na Globo. Luz tem que brilhar nas trevas. Eu mesmo estou em emissoras de TV que também mostram imoralidades. E agora? Não vou pregar nessas emissoras? Luz tem que brilhar nas trevas. Vamos ter discernimento, não podemos ser medíocres. Só não prego no inferno porque lá não tem salvação. Jesus e o apóstolo Paulo viviam entre pecadores. O apóstolo Paulo no areópago, no meio da idolatria, usou como estratégia um altar ao Deus desconhecido. Deixaria alguns evangélicos de cabelo em pé”, concluiu.

Fonte: Gnotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.