sábado, 12 de setembro de 2015

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 11 - Revista da CPAD - ADULTOS

INCOMPLETO

AULA EM 13 DE SETEMBRO DE 2015 – LIÇÃO 11
(Revista: CPAD)

Tema: O A Organização de Uma Igreja Local

Texto Áureo: Tito 1.5
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição mostre a preocupação de Paulo e as preocupações que os líderes devem ter na estruturação das igrejas, lembrando que existem vários outros líderes nas igrejas, dirigente de mesa de oração, professor na Escola Dominical, líder dos jovens, pastor das congregações etc.
- “um encargo a mais, que foi o de estabelecer presbíteros”, a missão de Tito era de estruturar e organizar a liderança das igrejas.
- “pondo “em ordem” a Igreja”, a preocupação de Paulo era deixar uma Igreja organizada para estar em condições de enfrentar os ataques inimigos dos últimos dias.
- “doutor dos gentios”, esse título foi dado a Paulo pelos crentes por se dedicar a evangelização dos gentios.
__________________________________________
I - A EPÍSTOLA ENVIADA A TITO
1. O intento da Epístola.
- “a respeito da responsabilidade”, Tito era um jovem pastor e por isso corria o perigo de deixar a sua responsabilidade e buscar outras coisas.
- “incumbência de supervisionar e organizar”, Paulo já havia percebido que um elemento fundamental para a Igreja estar firme diante das lutas é a organização, ele faz referências em suas cartas à necessidade de haver organização na Igreja.
- “as igrejas na ilha de Creta”, era a maior ilha da Grécia onde Paulo fundou várias igrejas.                

2. Data em que foi escrita.
- “foi escrita no ano de 64.d.C.”, essa é a data em que Nero reinava em Roma, nesse ano também o grande incêndio na capital, onde Nero culpou os crentes.
- “quando esteve sob a custódia dos romanos”, parece se referir as aventuras descritas no cap 27 e 28 de Atos em que Paulo foi conduzido sob escolta de um centurião romano.

3. Um viver correto.
- “que os irmãos vivam de maneira correta”, essa é a recomendação da prática do evangelho. Viver de fora correta é colocar em prática tudo que a Bíblia ensina sobre amor, fraternidade, santidade, consagração, trabalho, fé, etc e principalmente amor. Muitos hoje em dia vivem um evangelho teórico que só tem eficácia nas pregações e nos louvores, mas não refrete na vida.
- “glutonaria”, é prática gulodice, o comer sem vontade.
- “também um processo gradual e contínuo”, apesar de classificarmos como santo aquele que está em santificação, não quer dizer já tenha alcançado a perfeição, pois a santificação além de um modo de vida é um processo em que vamos nos purificando a cada dia.
- “aperfeiçoamento do caráter”, é o processo em que o caráter vai melhorando, ficando mais parecido com o caráter de Deus, o caráter da pessoa vai sendo influenciado pelo caráter do nosso Senhor.
- “Sem a santificação, jamais alguém verá a Deus”, essa realidade é anunciada em uma passagem e inferida em toda a Bíblia. Como a santificação é separar-se do mundo e como Deus por ser santo, não aceita mistura com as coisas do sistema mundano, então para a pessoa chegar a estar em condições de um dia ser arrebatado para poder se encontrar com o Mestre é necessário santificar-se.
__________________________________
II - O PASTOR PRECISA PROTEGER O REBANHO DE DEUS 

1. Qualificação dos pastores.
- “qualificações do bispo, em relação a família”, Paulo também sabia que para o líder ser bem sucedido na carreira eclesiástica ele precisa da família bem estruturada e unido.
- “fiel à sua esposa”, a fidelidade é o princípio do trabalho cristão, aquele que não é fiel à esposa não será fiel a mais ninguém. Sem contar que é um pecado que gera consequências sérias.
- “não devem ser “acusados de dissolução””, nesse caso a responsabilidade acaba ficando com os pais, pois os pais são responsáveis pela educação dos filhos.
- “como despenseiro”, é o que cuida da casa do seu Senhor, aquele que regula a despensa, um mordomo.
- “iracundo”, é o que se ira com qualquer coisa.
- “mercantilistas na atualidade que só trabalham por dinheiro”, se refere aos que cantam, pregam ou dirigem campanhas por dinheiro, não vão às igrejas pequenas porque dá pouco retorno financeiro e se fazem alguns de seus shows gospel esperam receber bem da liderança.

2. Crentes, porém problemáticos.
- “argumentar com os contradizentes”, parece ser aqueles que contradizem as verdades do evangelho com suas práticas e ensinamentos errados.
- “pois são perigosos”, esses não iam para o mundo e por isso eles eram mais perigosos do que os ímpios e perseguidores, pois ficavam nas igrejas semeando desânimo, dúvida e falsas doutrinas.
- “aos quais convém tapar a boca”, significa não dar-lhes oportunidades de falar ou tirar-lhes a posição de liderança em que estiverem. Um pastor não deve tirar ninguém do meio do povo de Deus, mas deve selecionar os que vão falar nas reuniões de adoração.
- “Elas funcionavam, em grande parte, nas residências dos convertidos”, não havia em lugar nenhum, autorização para se construir templos cristãos.

3. Não dar ouvidos a ensinos falsos.
- “palavra de edificação”, é a palavra que constrói e que dá base para a vida espiritual. O líder cristão deve estar em condições ministrar uma palavra para edificação dos membros.
- “advertência”, é a palavra que ajuda para que o crente não ponha tudo a perder dando ouvidos aos falsos cristãos.
- “repreendê-los de modo veemente”, O líder deve ser firme, ter pulso forte para lidar com os falsos cristãos.
- “depois de uma e outra admoestação, evita-o”, a recomendação é para que o líder não fique dando ouvidos aos hereges, depois de exortar, se não surtir efeito então não se deve nem mais andar junto.
__________________________________
III - A PERCEPÇÃO DA PUREZA PARA OS PUROS E PARA OS IMPUROS 

1. Tudo é puro para os puros (v.15).
- “pois seus olhos são bons”, são pessoas que olham as situações e buscam o que há de bom nelas, não ficam procurando o que há de errado ou de ruim.
- “sermos santos em todas as esferas e aspectos da nossa vida”, veja o texto da referência e convide os alunos a meditar nele:
“Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver;” 1 Pe 1.15 Devemos estar sempre em contato com o Salvador e cheios do Espírito Santo, assim estaremos sempre vendo a vida por uma ótica diferente.

2. Nada é puro para os impuros (v.15).
- “negam-no com as obras”, isso é o que mais acontece nesses dias, alguns crentes fazem más obras e outros não fazem obras nenhuma.

- “Esses são hipócritas”, o hipócrita é aquele que afirma ser algo e até cobra que outros o sejam, mas na verdade não são em seu interior. Esses se revelam quando ninguém está vendo.

                                INCOMPLETO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.