terça-feira, 29 de setembro de 2015

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 1 - Revista da CPAD - ADULTOS


AULA EM 04 DE OUTUBRO DE 2015 – LIÇÃO 1
(Revista: CPAD)

Tema: Gênesis, o Livro da Criação Divina

Texto Áureo: Gênesis 1.1
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta aula explique o livro de Gênesis apresentando o que a lição propõe, a narrativa por si só já é muito interessante.
- “De onde viemos?”, essa é uma das três perguntas clássicas da humanidade: De onde viemos? O que somos? E para onde vamos?  Essas questões não podem ser satisfeitas pela ciência. Apenas a religião tem as respostas, que só podem ser entendidas num contexto espiritual.
- “escrito há três mil e quinhentos anos”, foi escrito na caminhada do povo pelo deserto logo após a saída do Egito. Mesmo assim ainda não é o livro mais antigo da Bíblia.
- “Estude metodicamente o Gênesis”, significa estudar seguindo um método e não lendo passagens aleatórias. Isso ser para toda a Bíblia.
__________________________________________
I - TEMA, DATA, AUTORIA E LOCAL

1. Tema.
- “No princípio, criou Deus”, o tema no hebraico é Bereshith, que significa: “no princípio”, na Septuaginta ele recebeu o nome em grego: Gênesis que significa origem.
- “portanto, é a origem divina dos céus, da terra...”, não somente essas, mas a origem de mais coisas como o pecado, os povos, o sacrifício e até o dízimo.  

2. Data.
- “15 antes do nascimento do Salvador”, quer dizer quinze séculos para trás de Cristo, dando um total de 1500 anos antes de Cristo e somando com os dois mil anos contando de Jesus até hoje daria três mil e quinhentos anos.
- “É a obra mais antiga a chegar-nos integralmente”, aceita-se que o livro de Jó seja o mais antigo da Bíblia e não o de Gênesis e ele também chegou integralmente até os nossos dias.
- “textos mesopotâmios e egípcios”, se refere a Epopeia de Gilgamesh escrito na Mesopotâmia, atual Iraque. É um poema épico escrito em tábuas de argila. E ao Livro dos Mortos escrito no Egito. É uma coletânea de orações e hinos escrito em papiros.

3. Autoria.
- “selecionou as narrativas orais”, pergunte aos alunos o que são essas narrativas orais, para aguçar mais a curiosidade deles, veja se alguém sabe. As narrativas orais se refere aos relatos passados de pai para filho. Moisés não viveu no período do Éden e nem do dilúvio, mas as histórias chegaram até ele devido a esses relatos, provavelmente o Espírito Santo o direcionou a separar as histórias verdadeiras a fim de montar o livro.
- “registros genealógicos”, seriam os registros que mostram as estruturas familiares, de alguma forma os judeus teriam mantido isso.
- “sem contaminação mitológica”, sem a ocorrência de deuses, semi deuses ou personagens misteriosos criados pelo imaginário humano com histórias complexas e mirabolantes. Os únicos personagens sobrenaturais que o Gênesis apresenta são o Senhor, Satanás e os anjos e o Espírito Santo é claro.

4. Local.
- “durante a peregrinação dos filhos de Israel”, o povo caminhou no deserto por quarenta anos e eles paravam em alguns lugares e ficavam por meses e até anos, deu pra escrever todo o Pentateuco ali.
__________________________________
II - OBJETIVOS DO GÊNESIS 

1. Fortalecer a fé da geração do êxodo.
- “não somente a doutrina do Único e Verdadeiro Deus”, no livro de Gênesis há o surgimento de diversas doutrinas, como o pecado, Queda do homem, sacrifícios e outras.
- “era poderoso o bastante para introduzi-los na Terra Prometida”, eles não conhecia o Senhor como nós o conhecemos hoje, viam a Deus como um dos muitos deuses existentes no mundo, com força para vencer os deuses de faraó, mas não tinham a certeza da grandeza de Seu poder e Gênesis explica isso.
- “várias escrituras de posse”, se refere as Palavras de Deus a Abraão nas suas peregrinações naquela terra a maio século atrás.
Leia esse texto com a classe:
“Naquele mesmo dia fez o Senhor uma aliança com Abrão, dizendo: « tua descendência tenho dado esta terra, desde o rio do Egito até ao grande rio Eufrates;” Gênesis 15:18

2. Responder às grandes perguntas da vida.
- “No Areópago de Atenas”, era o local onde os filósofos e intendentes da cidade se reuniam para tratar de assuntos relevantes.
- “Deus Desconhecido, tão venerado pelos gregos”, na verdade o Deus Desconhecido  não era venerado pelos gregos, o altar foi feito preservado apenas para que houvesse uma lembrança de um feito do passado, promovido por essa divindade que eles não conheciam, conforme relato do livro O Fator Melquisedeque de Dom Richardison.
- “incapaz de satisfazer-nos à sede espiritual”, é a sensação que habita a alma humana, que faz cada indivíduo ter a impressão de que há algo errado com o mundo e somente os servos de Deus tem a tranquilidade e paz interior.
- “através da semente da mulher”, foram as palavras de Deus em Gn 3.15, na ocasião da Queda.
- “O que eles veem não é obra do acaso”, se refere a teoria do Big Bang, ensinada nas escolas, que afirma que o universo surgiu de uma grande explosão e do acaso teria surgidos os planetas, estrelas e os outros corpos celestes.
- “doutrinas fúteis, como o evolucionismo”, o evolucionismo é a doutrina criada por Charles Darwin, que explica o surgimento das espécies a partir da evolução de outras espécies.
___________________________________________
III - O CONTEÚDO DO GÊNESIS

1. Criação.
- “também o que não podemos ver”, se referindo tanto a seres microscópicos como à astros celestes distantes.
- “e não uma parábola como alegam os incrédulos”, devido Moisés não ter vivido no período do Gênesis, alguns críticos acreditam que os relatos de Gênesis são histórias fantasiosas recontadas e carregadas de fábulas.

2. A Queda e a degradação humana.
- “como o pecado foi introduzido no mundo”, é a doutrina da Queda do homem. O pecado teve origem no céu, com Satanás Ez 28.15 e entrou no mundo através de Adão. É o princípio da doutrina do pecado (hamartiologia).
- “o Senhor anuncia a redenção”, é princípio da doutrina da salvação, começando com a promessa feita a humanidade.

3. O dilúvio.
- “decreta o fim da primeira civilização”, ocorre devido à corrupção da raça humana, explicada no capítulo 6 de Gênesis.
- “A descendência de Adão, porém, seria preservada”, não só a descendência, mas também o conhecimento dos fatos, do poder, da justiça e das promessas de Deus.

4. O recomeço da civilização.
- “Noé dá início a um novo ciclo civilizatório”, a partir de Noé a humanidade passaria a crescer e se multiplicar novamente, por isso muitas culturas ao redor do mundo acredita na ocorrência de uma grande inundação no começa das civilizações.
- “acaba por gerar nações, línguas e culturas diferentes”, os acontecimentos de Gênesis explicam como a humanidade chegou a ter a configuração que tem hoje. Muitas coisas são de difícil entendimento, como o surgimento de algumas raças e a existência dos dinossauros.

5. A origem da nação de Israel.
- “dedica-se à formação da nação de Israel”, começa com uma promessa, surge os patriarcas e depois um pequeno povo que se transfere para o Egito.
_____________________________________
CONCLUSÃO
- “um toque de indescritível alegria”, é uma inferência pelas palavras de abertura. Deduzindo-se que a narrativa foi feita de forma alegre.
- Prepare o resumo e corrija o questionário.
- “e o embalsamaram”, um costume egípcio.
- “Essa promessa é disponibilizada aos que creem em Jesus”, o livro de Gênesis é concluído com uma promessa e um juramento, Gn 50.24.

Marcos André – professor

Boa Aula!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.