terça-feira, 8 de setembro de 2015

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 11 - Revista da Editora Betel


AULA EM 13 DE SETEMBRO DE 2015 – LIÇÃO 11
(Revista: Editora Betel)

Tema: O Milagre da Ressurreição de Dorcas

Texto Áureo: Atos 9.39
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição você comentará sobre essa importante obra que comprova a identidade dos servos de Deus.
- O nome Tabita é grego mas traduzido para o aramaico fica Dorcas.
- “mostra que a Palavra de Deus está na vida do servo”, no contexto atual do cristianismo podemos concluir que muitos crentes não tem a Palavra de Deus dentro de seus corações.
- “prepara o solo do coração delas”, pregar a Palavra de Deus não é somente falando, as pessoas se sentem mais motivadas quando observam as boas ações dos que se dizem servos de Deus.
__________________________________________
1. Dorcas, a notável discípula
- “Para ela, tudo era fácil”, isso porque fazia a obra por amor, assim ela gostava do que fazia. Quando o crente trabalha por amor, ele vê pouca dificuldade nas coisas que faz.
- “sentia um prazer tremendo em ajudar os outros”, essas afirmações acerca de Dorcas são inferências do comentarista, extraídas das afirmações que o livro de Atos faz acerca dessa serva. Não é errado fazer isso, só não devemos exagerar.

1.1. O reflexo da vida abundante.
- “procurava sempre elevar o espírito e o ânimo”, essa qualidade é essencial em qualquer meio em que vivermos. Existem pessoas que nos colocam pra cima e outras que tem o dom de nos colocar pra baixo. Todo servo de Deus deve seguir esse exemplo que também era de Jesus, animar as pessoas para a boa obra.
- “ser cristã era uma aventura nova a cada dia”, quando o crente que trabalha na obra de Deus ele não fica na mesmice, ele adquire experiências novas que o ajudarão na caminhada. Diferente daqueles domingueiros que ficam parados, não se envolvem com nada, ficam reclamando e se desanimam com facilidade.
- “era verdadeiramente a mulher virtuosa (Pv 31.10)”, isso porque a principal qualidade da mulher virtuosa de Provérbios 31 é o trabalho, a mesma característica de Dorcas.

1.2. Uma discípula de Jesus.
- “diz que Dorcas era uma “discípula”, esse nome era dado a todos os que seguiam a Jesus, e significa aprendiz, ou aquele que aprende com o mestre.
- “teve a ideia de mandar chamar o apóstolo Pedro”, Pedro era a pessoa mais importante da Igreja naquele período e só era chamado para resolver assuntos de grande relevância, notamos o quanto Dorcas era importante para a obra.
- “discípulos são chamados de “os santos””, essa é a forma de tratamento encontrado em Atos que demonstra a importância que se dava aos servos de Cristo, com o passar do tempo o título deixou de ser usado no cotidiano da Igreja por demonstrar certo grau de pureza que muitos crentes julgam não possuir, mas não há problema nenhum em os crentes se tratarem por santos.

1.3. Um exemplo de vida.
- “exemplo na Bíblia de como devemos viver nossas vidas”, existem alguns exemplos de vida na Palavra, como Jesus, Paulo, Daniel, Elias, etc e Dorcas está nesse mesmo nível que esses homens.
- “a igreja em Jope decidiu buscar em Deus...a ressurreição”, apesar de o texto não afirmar que eles esperavam que Pedro ressuscitasse Dorcas, percebe-se que eles estavam com essa intenção, pois eles solicitaram que Pedro fosse rapidamente a Jope v38.  
- “algo até então inédito: a ressurreição”, o Senhor operou a ressurreição pela primeira vez na igreja com Dorcas, uma serva útil e essencial para a obra. Era bom para o Reino de Deus, continuar com o exemplo daquela serva. Existem alguns crentes que não se fazem útil, não colaboram com o Reino de Deus.
_____________________________________________
2. Dorcas, o exemplo de fé e obras
- “uma vida de fachada”, uma vida só na aparência, mostrando apenas o rótulo.
- “deve ser demonstrado com obras para ser genuíno”, significa que as obras demonstra a fé que temos. Nem todos as obras comprovam a fé, mas a verdadeira fé sempre terá boas obras.

2.1. A prática de boas ações.
- “Havia muitas viúvas que não tinham agasalhos”, as viúvas que não tinham nenhum parente que cuidasse delas ficavam desamparadas, porque não existia nenhum programa de assistência do governo e nem pensão.
- “recolhia os tecidos e fazia túnicas ou vestidos”, ela tinha um talento e o colocou a serviço da obra de Deus. Muitos crentes hoje tem talentos que adquiriram durante a vida e agora podem colocar a serviço do Reino.
- “deixarmos as teorias a respeito de amar”, essas teorias é o que pensamos a respeito de cada assunto. Sobre a prática do amor elaboramos teorias que nos impedem muitas vezes de ajudar. Às vezes chega um menor pedindo esmola, a teoria diz que ele poderá fazer uso do dinheiro com drogas, assim deixamos de ajudar ao menor devido à teoria. Mas ao aceitarmos essa teoria, o que estamos fazendo na prática para compensar essa teoria?  

2.2. O desafio da generosidade.
- “cuidando dos mais necessitados”, ela cuidava daqueles com quem Deus tinha cuidado, isso é estar em sintonia com Deus é cuidar das coisas de Deus.
- “devemos fazer com amor”, nem tudo que vem para nós fazermos é agradável, mas se ficarmos olhando para as dificuldades, vamos ficar cada vez mais desconfortáveis com a obra. Quando consideramos que fazemos para o Senhor e buscamos ver os benefícios passamos a gostar os que fazemos.

2.3. O progresso do Reino de Deus.
- “sempre serão lembradas”, isso porque a Bíblia é o livro mais lido no mundo inteiro e porque as obras de Dorcas estão registradas no céu. Devemos trabalhar de forma que possamos ser lembrados depois.
- “trabalhava para vestir os pobres”, trabalhava para ajudar aqueles que não podiam pagar, isso é virtude.
- “pregação somente por meio de palavras pouco vale”, como dito antes, as obras impressionam mais que palavras, paga-se caro para assistir pregações decoradas de alguns pregadores que nem sabemos como é sua vida na igreja onde congrega e na vizinhança onde mora.
- “com os domésticos da fé”, se refere aos nossos irmãos em Cristo que passam por dificuldades. Quer dizer que o crente deve ajudar a todos, mas deve atentar principalmente para os crentes necessitados.
- “saber manejá-lo bem, para o progresso do Reino”, quem tem um talento e não usa para o Reino de Deus, se assemelha ao servo que recebendo um talento resolveu enterrar. Mt 25.25
________________________________________
3.  Dorcas, a mulher ressuscitada
- “Todos querem estar onde o poder de Deus é sentido”, isso se nota pelos pontos de pregação que lotam por ter aqueles irmãos que entregam revelação ou tem o dom de curar, as pessoas buscam por acreditarem ser o poder de Deus. Muitos são de fato a manifestação do Espírito Santos, mas existem aqueles que são falsificações.

3.1. Morrer sem deixar saudades.
- “filho de Josafá, rei de Judá”, esse Josafá foi um bom rei que Judá teve é impressionante como tenha tido um filho tão ruim.
- “Ela era tão querida e estimada”, era uma pessoa que fazia falta, ela construiu um legado, a sua vida agregou outras vidas, por isso era tão especial.

3.2. O despertamento da fé.
- “pediu que todos saíssem do quarto”, não se sabe ao certo porque Jesus e depois Pedro tomaram essa atitude, mas podemos inferir que a ideia fosse afastar qualquer falta de fé que pudesse atrapalhar o agir.
- “a incredulidade impede a obra de Deus”, Deus tem o poder para agir independente da nossa fé, mas se Ele fizesse isso não haveria mais necessidade de os crentes terem fé e a fé é extremamente necessária para a obra de Deus.

3.3. Compaixão, oração e fé.
- “Se Pedro não tivesse se deixado afetar pela dor”, da mesma forma que Jesus se deixou afetar pela dor dos judeus na ressurreição de Lázaro Jo 11. A compaixão foi o primeiro elemento para a ocorrência do milagre. Para que se opere milagres na Igreja o povo de Deus precisam se deixar levar pela compaixão.
- “nossos desejos, eles não têm o poder de mudar as coisas”, diga abertamente aos alunos: os desejos e as intenções não constroem e nem mudam nada, são as atitudes que operam as transformações.
- “portanto, a luta em oração era dele”, alguns crentes não conhecem ou não querem conhecer o poder da sua própria oração, vivem pedindo oração aos líderes, mas cada um pode e deve exercitar isso.  
- “ordenando àquele corpo inerte que se levantasse”, ele orou primeiro e por isso soube a vontade de Deus, não determinou inconsequentemente ao corpo sem levar em consideração a vontade do Senhor.  
_____________________________________
CONCLUSÃO
- “na esperança da intervenção divina”, a esperança é a qualidade dos crentes que os move em direção a fé.
- “restituísse a vida de Dorcas”, para Deus qualquer milagre tem o mesmo peso, mas para o povo o milagre da ressurreição tem um peso muito maior, por isso se acerca de maior incredulidade.
- Elabore um resumo e corrija o questionário.

Marcos André – professor

Boa Aula!

8 comentários:

  1. muito bom ja vai me ajudar bastante domingo que deus lhe continue abrindo vosso entendimento ..e nos abençoando...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, recebo e agradeço por essas palavras de apoio. Continue aproveitando os conteúdos do CLUBE DA TEOLOGIA.
      paz.

      Excluir
  2. pr marcos Andre louvo Deus pela vossa vida aqui estou aqui neste esboço preparando pra manha leva alimento ao povo de DEUS PAZ ;;;;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, tenha uma boa aula e deixe Deus te usar. Ministre de coração e transmita como se fosse a primeira aula de sua vida.

      Paz de Cristo.

      Excluir
  3. Pastor André que Deus continue de abençoando o senhor todos dias da sua vida,e te de a cada dia muito mais sabedoria para nos abençoar com os seus esboços maravilhosos que enriquece os domingos para nossa aula ficar cada dia melhor para o povo de DEUS,Nunca desista de nós que te amamos em Cristo Jesus seus alunos on-line aAdilson AD vila industrial São Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beleza meu irmão, estou feliz por saber que existem irmãos que amam essa obra como eu amo. Nunca desistirei dessa obra e nem de vocês. Me ajude em oração.
      Obrigado por vocês existirem.

      Paz de Deus.

      Excluir
  4. Muito bom mesmo! Como tem me ajudado esse esboço. Deus abençoe sua vida, pastor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado irmão, continue com a gente, espero melhorar a cada dia e conto com as vossas orações.
      Paz de Cristo para ti e para os teus.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.