domingo, 4 de outubro de 2015

ATUALIDADE GOSPEL - Beijaço gay tenta intimidar Marco Feliciano



Os ativistas pelos direitos LGBT voltaram a provocar evangélicos com o que chamam de “beijaço”. O tumulto ocorreu sexta (2) à noite, na Concha Acústica do Parque da Maternidade, no centro da capital do Acre. No local estava ocorrendo o evento “Aviva Rio Branco”.

Alegando fazer um “protesto contra a presença do pastor e deputado federal Marco Feliciano”, cerca de 50 pessoas engajaram-se na exibição de homoafetividade, além de exibir faixas e cartazes.

O pastor Maycon Gomes, um dos organizadores do encontro evangélico, afirmou: “Eles criam esses movimentos, mas diante da força desse evento gospel, eles são fracos. Não conseguem inibir o evento e o conferencista, que é o pastor Marco”. Lembrou ainda que “isso acontece em vários lugares, mas o que vai prevalecer aqui é a vontade de Deus”.

Contudo, por motivos de saúde, Feliciano não viajou para poder participar do evento. Gomes lamentou, mas ressaltou que “O importante é adorar a Deus”.

Por sua vez, Fernando dos Anjos, um dos organizadores do ‘beijaço’, tentou alegar que era uma manifestação meramente política. “Nossa intenção não é prejudicar o evento, nem ir contra qualquer tipo de religião. Mas a gente quer que as pessoas vejam que tudo aquilo que ele [Feliciano] está pregando, aquele ódio contra as mulheres, contra os negros, não é certo”.

O ato e o discurso dos ativistas é mais um capítulo na sucessão de embates entre ativistas homossexuais e políticos que se posicionam a favor dos valores cristãos. As redes sociais estão cheias de campanhas de ódio aos membros da bancada evangélica por conta da aprovação do chamado Estatuto da Família.

Por causa do beijaço fracassado, uma vez que o alvo principal não estava no local, alguns ativistas se indispuseram como pessoas que foram participar do “Aviva Rio Branco”. Um caso inclusive parou na delegacia.

A estudante Rebeca Rodrigues alega que uma fiel jogou um sapato contra ela. A jovem procurou a Delegacia de Flagrantes e registrou um boletim de ocorrência. Segundo a Polícia Militar, um casal será chamado para prestar depoimento.

Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.