sábado, 10 de outubro de 2015

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 2 - Revista da Editora Betel


AULA EM 11 DE OUTUBRO DE 2015 – LIÇÃO 2
(Revista: Editora Betel)

Tema: A Gratidão é o Mais Nobre Sentimento da Alma de Um Cristão

Texto Áureo: Lamentações 3.22
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição transmita a gratidão, inicie a aula lembrando aos alunos aquilo que Deus fez e tem feito por cada um deles.
- “e condensa suas experiências em forma de adoração”, quer dizer que ele reúne suas experiências, se referindo aos livramentos e bênçãos do Senhor.
- “dá instruções à sua própria alma”, significa que ensina a si mesmo, ou como se falasse com sua própria consciência.
__________________________________________
1. Bendize, ó minha alma, ao Senhor
- “tende a se esquecer das bondades de Deus”, devido a corrupção pelo pecado de Adão, a lama humana não consegue se firmar em Deus, embora necessite Dele, não é forte para se manter fiel.
- “introspecção”, é a reflexão que cada um faz de si mesmo, do que acontece em seu íntimo.

1.1. Falando à própria alma.
- “não se dirige à posteridade”, não se dirige àqueles que viriam depois dele. Na verdade os salmistas não tinham a ideia de quantas pessoas esses Salmos alcançariam e o quanto eles seriam famosos.
- “sabe que a alma humana é vaidosa”, busca aquilo que lhe engrandece ou lhe embeleza.
- “tudo o que é, e o que possui, é mérito divino”, esse tipo de reconhecimento deixa a pessoa grata, traz felicidade e ajuda nos momentos de adversidades. A pessoa passa a viver melhor.

1.2. Alma, não se esqueça os benefícios do Senhor.
- “fala de uma graça imerecida, a qual lhe alcançou”, é redundante chamar “graça imerecida”, pois a graça já é um favor imerecido. E sabemos que Davi era um pastor de ovelhas, que morava em uma região não muito valorizada de Israel e o Senhor fez dele um rei. Ele sabia muito bem o que significa o favor imerecido.
- “Não deixe que eu me esqueça de quem eu era”, são muitos os que se esquecem das coisas que Deus fez. Alguns chegam a fazerem votos com Deus e quando são abençoados se esquecem do voto e também do Senhor.
- “a segunda, em momentos de aflição”, geralmente as pessoas se lembram de Deus nesses momentos, mas no caso em que Pedro negou a Cristo, ele considerou a possibilidade de ser morto, nesse caso entendemos que as pessoas diante da possibilidade de uma grande perda tendem a se esquecer o que Deus fez e a negar Jesus.

1.3. Alma, Ele te perdoa e te sara.
- “benefícios que recebemos do Senhor e diz que Ele perdoa”, esse com certeza é o maior benefício que Deus faz conosco, nos perdoa e nos salva da morte eterna.
- “benefício número um da lista”, se o perdão divino é o maior benefício, então a salvação é o maior bem que recebemos de Deus. Porém nesses dias trabalhosos não se tem buscado muito esse perdão, as pessoas vão a igreja para conseguir desde a porta de emprego até a exaltação sobre os demais.
- “Perdoa...nossa falta de fé e compromisso para com Ele”, é como ter uma grande dívida que nos tira o sono e de repente essa dívida é paga por alguém e saindo o peso da dívida podemos ter a tranquilidade de novo.
_____________________________________________
2. Os benefícios do Senhor

2.1. Ele é quem redime nossa alma da perdição.
- “Quando andávamos no mundo, vivíamos em trevas”, quando fazíamos parte do mundo, pois ainda andamos no mundo, mas não somos mais do mundo.
- “éramos arrastados por correntes malignas”, ou seja éramos escravos do pecado, pois não conseguíamos afastá-lo de nós. Hoje nós ainda pecamos, mas não somos mais escravos do erro, conseguimos dizer não pelo poder do sangue de Cristo.
- “que o Senhor nos resgatou...não pode jamais se esquecer”, quando nos lembramos quem nós éramos e onde estávamos passamos a reconhecer a misericórdia do Senhor. Por isso o crente ao receber Jesus deve receber a instrução da Palavra de Deus, para sempre se lembra das coisas que Deus fez e faz pala humanidade e assim se lembrará também do que Ele fez em sua própria vida.
- “poucos cristãos valorizam a salvação que receberam”, isso é porque a
salvação aponta para uma vida futura e as pessoas preferem viver o agora somente.

2.2. Farta de bens a nossa boca e nos rejuvenesce.
- “acrescenta algo mais a nossa vida”, o resgate de nossa alma não é o objetivo final do sacrifício de Cristo, o restante de nossa vida é de muito interesse para Ele.
- “Deus nos faz nascer outra vez”, significa que passamos a ter uma nova vida, deixando a antiga para traz e vivendo em novidade.
- “declara aquilo que é abundante no coração”, isso mostra que o salmista estava falando de algo real, pois a pessoa transformada começa a falar daquilo que está vivendo e aprendendo. Há pessoas se ficam com o aspecto mais jovial e outras ficam parecendo crianças empolgadas com um presente.
- “ela renova suas garras, amola seu bico e alça um novo voo”, se refere ao período de muda pelo que passa todas as aves. A muda da águia é espetacular e a torna um predador mais eficiente, pois ela se levanta com mais experiência de saber exatamente onde encontrar a caça.

2.3. Os caminhos do Senhor são conhecidos.
- “e os filhos de Israel os “feitos do Senhor””, enquanto Deus mostrou o seus caminhos a Moisés ao filhos de Israel Ele mostrou os “feitos” se referindo a operação de maravilhas no Egito.
- “que são manifestos apenas a um círculo mais íntimo”, é a revelação da intenção do coração de Deus para aqueles que Ele chamou a fim cumprirem uma missão específica, que foi o caso de Moisés.
- “os filhos de Israel falavam com Moisés”, quem recebe o conhecimento dos caminhos do Senhor se torna um porta-voz de Deus. Assim acontece com todos os crentes que adquirem a intimidade com Deus eles passam a ser visto pelas pessoas desse mundo, como um recurso para o alívio de seus problemas.
________________________________________
3. Lições para uma alma sã.
3.1. O tratamento divino.
- “nem nos recompensou segundo as nossas iniquidades”, se Deus usasse somente a Sua justiça Ele teria nos destruído faz tempo, mas Ele nos mostra a Sua misericórdia.
- “momentos em que Deus precisa disciplinar Seus filhos”, como um pai que nem sempre pode dizer sim a seu filho, assim é Deus em relação a nós.
- “é limitado e temporário”, é limitado porque o Senhor não age com brandura por causa do preço pago na cruz e é temporário porque o Senhor não nos condena para sempre.
- “seriámos lançados fora de Sua presença para sempre”, como foi a punição dada a Adão.
- “Porque a penalidade de nossos pecados foi paga de uma vez por todas”, por esse motivo vemos pessoas que estão no erro e mesmo assim não são lançadas fora da presença do Senhor, sempre há oportunidade de arrependimento.

3.2. O Senhor se compadece dos que o temem.
- “Aqueles que possuem uma aliança com Deus”, essa aliança é a que Cristo fez com a humanidade pelo Seu sangue. Quem recebe a Jesus está debaixo da aliança de Seu sangue. Não precisam temer a condenação.
- “Encontrou um pai pronto a abraça-lo”, assim é o tratamento de um pai. Muitos ministros apresentam um Deus pronto a castigar e lançar no inferno seus servos. Precisamos aprender que Deus nos ama a ponto de entregar seu filho por nós.
- “Aquele jovem desejou voltar como um empregado”, ele queria apenas resolver parte de seu problema, mas o pai mostrou pra ele que ele poderia ter tudo de volta. Alguns crentes só querem resolver seus problemas imediatos e chegam na igreja com essa intenção, mas ficam surpreendido como são recebidos pelo Pai.  

3.3. Ele conhece a nossa estrutura.
- “ainda que não possamos entende-la”, é muito difícil entender como alguém possa entregar seu filho para a morte em favor de outro, ninguém no mundo faria isso, por isso não podemos entender a misericórdia de Deus.
- “Ele nos conhece por completo”, sabe o que podemos suportar e por quanto tempo podemos suportar.
_____________________________________
CONCLUSÃO
- “reconhecer que a vida é passageira”, e passar a investir na salvação de nossa alma, pois isso é eterno.
- “razão de nossa existência é a misericórdia do Senhor”, o conhecimento disso fará gerar nos corações a gratidão por estar salvo. Se focarmos nossa mente nas coisas dessa terra esqueceremos facilmente das coisas que Deus nos fez.


Marcos André – professor

2 comentários:

  1. A Paz do Senhor professor, quero agradecer pela grande ajuda que seus ensinos nos da, e perguntar se existe possibilidade de disponibilizar o restante da liçao 04 -
    do dia 25/10/2015. Proximo domingo. Obrigado pela atençao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, pode deixar, está quase pronto e ainda vou trabalhar na lição da Central Gospel também.

      Abraços.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.