quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 4 - Revista da CPAD - ADULTOS


AULA EM 24 DE JANEIRO DE 2016 – LIÇÃO 4
(Revista: CPAD)

Tema: Esteja alerta e vigilante, Jesus voltará

Texto Áureo: Lucas 17.24
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição convém recapitular o que foi ensinado até aqui acerca da vinda de Cristo.
- “natureza súbita de sua vinda”, quer dizer que será de repente, acontecerá de surpresa, essa segunda vinda será em duas fases, a primeira será de surpresa e pegará muitos desprevenidos, e a segunda fase será em glória, na qual se afirma que todo olho verá.
- “grande parte dos crentes está descuidada”, nesse caso por falta de ensino da liderança, que tem se preocupado com outras coisas como prosperidade e não admoestam o povo para a volta de Jesus.
- “não se prepara para aquele grande momento”, como num encontro, em que a pessoa se prepara para se encontrar com alguém, se arruma e procura ficar apresentável.
__________________________________________
I - A VINDA DE JESUS SERÁ REPENTINA

1. Como um relâmpago.
- “E dir-vos-ão: Ei-lo aqui! Ou: Ei-lo ali”, Jesus estava alertando sobre a diversidade de movimentos e seitas com o Seu nome, mas na verdade não são Dele.
- “para que não sejamos confundidos”, seguindo doutrinas que não são de Deus, que são usadas para enganar o povo. Isso acontece porque alguns crentes não gostam de Escola Dominical, por isso são levados por tudo que é vento de doutrina.
- “pseudo-evangelho”, significa evangelho falso ou parecido com o original.

2. Como um ladrão.
- “você mantém os portões e as portas bem fechados”, quer dizer que como não sabemos qual o momento a nossa casa poderá ser assaltada, então mantemos a segurança sempre em dia, assim como não sabemos quando será a vinda de Cristo, por isso mantemos a vigilância em Dia.
- “Muitos fazem altos investimentos”, assim como devemos investir na nossa vigilância, aprendendo como devemos esperar. Separar o domingo para ir a escola dominical é um investimento.
- “Tudo porque não sabemos a que horas”, se soubéssemos a hora, então estaríamos atentos somente naquela hora determinada. Dessa forma se Jesus tivesse dado a data exata de sua volta, então ninguém vigiaria nas outras datas, somente naquela.
- “Lendo, meditando e obedecendo..., orando, buscando”, quer dizer, se enchendo das coisas de Deus, dessa forma não haverá lugar para as coisas do mundo.
- “não descuide de sua “casa espiritual””, a casa espiritual aqui se refere ao nosso corpo que é templo do Espírito Santo.
__________________________________
II - ATITUDES ERRÔNEAS DIANTE DA VINDA DE JESUS

1. “Comiam e bebiam” (Lc 17.27).
- “que as coisas desse mundo tomem o primeiro lugar”, comer e beber no texto se refere às distrações dessa vida. Quando deixamos que as coisas mundanas assumam o primeiro lugar, nos afastamos de Deus.
- “a vida transcorrerá normalmente”, será um dia como outro qualquer em que muitos estarão nos seus afazeres e não verão chegar de surpresa o Senhor para arrebatar a Igreja.
- “quando serão surpreendidas pela volta”, os que estão esperando a vinda do Senhor também serão surpreendidos, assim como as virgens prudentes também adormeceram, mas serão arrebatados porque estão se preparando para Ele.
- “Noé, durante anos, pregou”, uns cento e vinte anos para ser mais exato. Do momento que ele recebe a ordem para construir a arca até a conclusão.
- “as pessoas ainda não conheciam a chuva”, para as pessoas Noé estava falando alguma loucura, pois eles jamais imaginariam que cairia água do céu, assim para o mundo hoje pregamos loucura, pois eles jamais imaginam que alguém virá do céu.

2. “Casavam e davam-se em casamento” (Lc 17.27).
- “o casamento contribui para isso”, o ser humano casado tem alguém que cuida dele, que o ama e se preocupa com ele, além de Deus e na sua velhice terá filhos que o ajudarão.
- “envolvidos com seus cônjuges e filhos”, alguns crentes colocam a família em primeiro plano e Deus em segundo ou terceiro. Deus deve estar em primeiro lugar, a família em segundo e a igreja em terceiro, etc.
- “realizando seus afazeres diários quando serão surpreendidas”, será um dia de surpresas, pois somente o Senhor conhece o coração dos homens, só Ele sabe quem subirá no arrebatamento.
___________________________________________
III - A CORRUPÇÃO GERAL NA TERRA

1. Toda a terra estava corrompida e violenta.
- “Nos dias atuais, como nos dias de Noé”, nos dias atuais se fazem coisas tão degradantes quanto nos dias de Noé. Professor(a), é interessante comentar alguns casos que estão na mídia.
- “o Brasil tem 10% dos homicídios no mundo”, o mundo tem pouco mais de 7 bilhões de habitantes, quer dizer que dos que morrem desses sete bilhões, dez por cento são somente do Brasil. 
- “não podemos ficar parados, esperando”, devemos estar trabalhando na obra do Senhor como foi ensinado na aula passada. Dê uma olhada na leitura bíblica em Classe daquela aula.

2. O juízo de Deus sobre a corrupção geral.
- “Deus preservou Noé, sua família”, junto com Noé Deus preservou também a promessa da redenção da humanidade que havia feito na ocasião da Queda Gn 3.15.
- “haverá terrível juízo sobre os ímpios”, o mundo está tão corrompido quanto nos dias de Noé ou nos dias de Sodoma e Gomorra. Com certeza haverá terrível juízo sobre a humanidade ímpia.
- “o principal, na vida do crente, está sendo desprezado”, se refere a comunhão com Deus, quando a pessoa não ora e nem vigia está menosprezando essa comunhão.

IV. COMO FOI NOS DIAS DE LÓ

1. Dias de intensa corrupção. 
- “o homossexualismo era uma prática comum”, por isso os que praticam o homossexualismo são chamados de “sodomitas”. Aparece no texto de 1 Re 15.12 e em diversos outros.
- “desejando abusar dos anjos”, mesmo os anjos sendo assexuados ele estavam personificados em forma humana masculina Gn 19.5 essa era a forma em que eles se personificavam normalmente.
- “estivessem fazendo parte de uma festa”, provavelmente a beleza dos anjos chamou a atenção dos perversos moradores de Sodoma e despertou neles o desejo lascivo.
- “mas Deus não destruiria os ímpios e os justos”, baseados nessa verdade defendemos o pré-tribulacionismo, pois acreditamos que assim como o Senhor retirou Ló e sua família da cidade que seria destruída, Ele também retirará o Seu povo dessa Terra antes do juízo da Grande Tribulação.
- “resolveu olhar para trás e ficou petrificada”, servindo de exemplo para mostrar o que acontece com aqueles que se apegam com as coisas dessa vida, ficam petrificados sem condições de sair desse mundo.

2. A corrupção mundial.
- “concordando com tal prática, dão total apoio”, houveram alguns casos em que cristãos não aceitaram realizar esse tipo de casamento, mas foram poucos. Diferente das parteiras do Egito que nem sequer eram do povo de Deus e se recusaram a cumprir a determinação do rei. Ex 1.17

3. A destruição da família.
- “modelo bíblico, cristão de família”, se refere ao casamento de um homem com uma mulher com a possibilidade de gerar filhos, conforme a ordem dada por Deus para povoar a Terra.
- “Eles dizem, erroneamente, ser “gênero neutro””, com isso eles tentam justificar suas práticas errôneas, afirmando que sua inclinação para o pecado é algo permitido pela natureza.
_____________________________________
CONCLUSÃO
- “mas o afrontam em rebelião aberta contra sua Lei”, o mundo jaz no maligno, por mais que o Senhor seja misericordioso e paciente, Ele destruirá esse mundo com toda a sua perversão.
- “A tendência não é melhorar, mas piorar”, por mais que lutemos por um avivamento e conversão de muitas almas, a verdade é que a cada dia a maldade está se multiplicando no coração humano.
- Elabore o resumo e apresente aos seus alunos.

Marcos André – professor

Boa Aula!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.