quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

ESCOLA DOMINICAL CPAD ESBOÇO - Subsídio da Lição 7 - Revista da CPAD - ADULTOS


AULA EM 14 DE FEVEREIRO DE 2016 – LIÇÃO 7
(Revista: CPAD)

Tema: As Bodas do Cordeiro

Texto Áureo: 2 Coríntios 5.10
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição recomendo que faça um resumo de todas as aulas até aqui, deve ser simples dessa forma: nesse trimestre estamos estudando sobre escatologia, já vimos até agora, como aguardar a volta de Jesus, o Arrebatamento e o Tribunal de Cristo.
- “galardoar seus servos fiéis, no seu Tribunal”, explique aos alunos que essa foi a aula passada, faça um resumo que pode ser assim: relembrando, Jesus virá arrebatar a Igreja, em seguida haverá o Tribunal onde serão julgadas as obras de cada um  e entregue os galardões.
- “onde será servida a grande Ceia do Senhor”, alguns acreditam que a Ceia e o Tribunal de Cristo será um só evento.
- “celebração do maior evento do universo”, será uma festa como nunca houve no céu, será a festa da consumação do plano da salvação, elaborado antes da criação do homem.
__________________________________________
I - AS BODAS DO CORDEIRO

1. O que será?
- Bodas é uma festa para comemorar um casamento ou aniversário de casamento.
- “já nos céus”, seguindo uma sequência, pois Jesus encontrará a Igreja nas nuvens no arrebatamento e em seguida ocorrerá o Tribunal de Cristo, então depois ocorre as Bodas do Cordeiro.
- “casamentos do século”, se refere aos casamentos das celebridades mais conhecidas cercado de pompas e esplendor que já ocorreram no mundo, como foi o do Príncipe William e Kate Middleton na Inglaterra e das personalidades de Hoolywood.
- “teve o privilégio de registrar o anúncio”, João foi quem fez um registro no livro de Apocalipse.
- “marcará para sempre a união”, todo casal guarda com carinho as lembranças do dia do matrimônio, ainda que seja uma assinatura diante do juiz de paz e assim será com a Igreja e o Senhor Jesus. Só os que se ajuntam em concubinato não possuem uma história assim para se lembrar (possa ser que haja exceções).

2. Quem poderá participar destas bodas?
- “composta dos cristãos verdadeiros e dos crentes de todas as épocas”, professor(a), peça para os alunos imaginarem a quantidade de crente que já passaram pelo mundo, desde a época dos apóstolos até hoje. A quantidade de mortos que ressuscitarão no Dia do Senhor será infinitamente maior que a de arrebatados.

3. Quem ficará de fora deste glorioso evento?
- “todos os que não se mantiveram fiéis”, mais difícil do que aceitar a Jesus é se manter fiel a Cristo, para isso requer muito esforço e renúncia.
- “os homicidas”, como esse texto foi escrito depois do Evangelho de Mateus, podemos acreditar que os homicidas citados aqui estão no mesmo contexto de
Mateus 5.21,22 que diz:
“Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; mas qualquer que matar será réu de juízo.
Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno” Mateus 5:21,22

Dessa forma homicida é também todo aquele que mata seu próximo espiritualmente.
- “provavelmente os maus obreiros”, além dos ímpios, há uma grande quantidade de exploradores do evangelho atualmente.
- “prostituição...qualquer tipo de relação sexual ilícita”, esse é o sentido dessa palavra na Bíblia, atualmente ela é classificada como a venda do corpo para relações sexuais, mas o sexo fora ou antes do casamento é considerado como prostituição.
__________________________________
II - A REJEIÇÃO AO CONVITE DO CORDEIRO

1. O convite ao povo de Israel.
- “acontecerá com os que não estiverem preparados”, esse alerta de Cristo é para que os crentes se esforcem em participar das Bodas do Cordeiro, porque quem não estiver ali estará em grande Tribulação aqui na Terra, e os mortos estarão aguardando o juízo.
- “Refere-se aos judeus”, conforme o plano da salvação expresso na Palavra de Deus, o céu foi preparado para todos os servos do mundo, mas inicialmente os convidados foram os judeus e como eles se recusaram a ir, então o convite foi estendido a todos os povos e nações.

2. A tragédia dos que rejeitaram a Deus.
- “os cativeiros assírio e babilônico”, foram registrados no Antigo Testamento o cativeiro assírio foi sofrido pelo povo de Israel (dez tribos do Norte) e o babilônico pelo povo judeu (as duas tribos do Sul).
- “invadida pelos romanos”, nessa ocasião o segundo Templo foi destruído e o povo foi disperso pelo mundo até 1948, ano em que a ONU concedeu a instituição do novo estado de Israel.

3. O Rei convida a todos.
- “a todos que pertencem ao seu reino”, se referindo aos judeus.
- “liberdade de rejeitarem o convite referem-se a Israel”, quer dizer que usaram seu livre arbítrio para recusarem a salvação, infelizmente muitos hoje em dia fazem esse mau uso do livre arbítrio. Deus faz o convite para nós entregarmos o comando da nossa vida nas mãos Dele.
- “excluídos eternamente”, quer dizer que não haverá mais volta, nesse caso pode haver a seguinte dúvida: e os que recusaram o convite e estarão passando pela Grande Tribulação? Alguns chegaram a afirmar que não há mais volta para esses também, mas somos de parecer que haverá salvação dentro da Grande Tribulação. Ap 7.14
___________________________________________
III - A NOIVA DO CORDEIRO

1. Assentados à mesa do Rei.
- “assentar-se-ão à mesa no Reino de Deus”, Jesus deu essa palavra para combater o pensamento judeu de que somente Israel poderia estar no Reino de Deus, esse pensamento ainda perdurou por algum tempo na igreja primitiva.
- “mantiveram-se limpos, puros”, acredita-se que atualmente seria mais difícil ser servo de Deus do que no Antigo Testamento.
- “Jesus apresentará sua Noiva”, ao que tudo indica a Igreja terá posição de destaque nas Bodas do Cordeiro, assim como a noiva tem destaque num casamento.

2. As características da Noiva do Cordeiro. 
- “temos visto a infidelidade de muitos crentes”, esses crentes não mancham a Igreja, pois a salvação é individual, eles perdem a sua salvação, mas a Igreja permanece sem mácula.
- “quem é santo...quem vive em santificação”, há uma diferença entre ser santo na essência (anjos e a trindade) e ser santo nas atitudes, somos nós. Não temos uma essência santa, mas vivemos em um processo de separação das coisas erradas que há no mundo a isso chamamos de santificação, e todos que vivem isso podem ser chamados de santos do Senhor.
- “Não podemos aceitar sua maneira de pensar”, acerca de temas como, sexo antes do casamento, aborto, perdão, etc, observamos alguns crentes pensando exatamente igual ao mundo, com as mesmas opiniões. Isso deve ser revisto na mente de cada um.
- “aguarda com ansiedade o glorioso dia”, a Igreja aguarda, mas será que individualmente os crentes aguardam? Pergunte aos alunos isso.
_____________________________________
CONCLUSÃO
- “revelação acerca do futuro glorioso da Igreja”, se refere à entrega dos galardões e as Bodas do Cordeiro.
- “de todo o mundo, de todos os tempos”, pode relembrar como parte do resumo, ressuscitarão os salvos de todas as épocas.
- “do arcanjo”, esta no singular, pois acredita-se que só exista um arcanjo que é Miguel, devido a Bíblia nunca fazer referência à mais de um arcanjo.
Elabore o resumo e apresente aos seus alunos e corrija o questionário.
Marcos André – professor

Boa Aula!

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.