terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

ESCOLA DOMINICAL CPAD ESBOÇO - Subsídio da Lição 6 - Revista da CPAD - ADULTOS


AULA EM 07 DE FEVEREIRO DE 2016 – LIÇÃO 6
(Revista: CPAD)

Tema: O Tribunal de Cristo e os Galardões
Texto Áureo: 2 Coríntios 5.10
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição esteja inteirado dos textos acerca desse tribunal, não deixa que nenhuma pergunta o pegue desprevenido.
- “Todos os crentes terão que comparecer”, professor(a), é bom deixar claro que está se referindo aos crentes que subirão no arrebatamento da Igreja.
- “obras e os atos dos crentes”, se referindo às obras dentro do Reino de Deus, qualquer trabalho para ganho de almas ou edificação dos servos de Cristo.
- “galardoados com justiça”, será avaliado se havia sinceridade no trabalho executado ou se foi realizado por motivo alheio ao Reino de Deus.
__________________________________________
I - O TRIBUNAL DE CRISTO E OS CRENTES

1. O julgamento.
- “já transformados e com um corpo incorruptível”, ou seja, após o arrebatamento, onde todos os que subirem serão transformados.
- “os que serão julgados já são salvos”, esse julgamento ocorrerá primeiro, antes do Juízo Final.
- “não mais passarão por qualquer tipo de condenação”, por isso acredita-se que os salvos não comparecerão no julgamento do Grande Trono Branco.
- “para ter sido salvo e permanecer salvo”, se refere a vida com Cristo, dessa forma: “ter sido salvo” foi no momento em que a pessoa levantou a mão para Jesus o recebendo como salvador, e “permanecer salvo”, até o dia da morte ou arrebatamento.
 - “o galardão”, uma espécie de premiação por tudo que se fez no Reino de Deus aqui na Terra.

2. Quando se dará?
- “Eurico Bergstén”, pastor e missionário finlandês que atuou no Brasil até seu falecimento em 1999, foi comentarista de revistas da Escola Dominical.
- “no dia em que Jesus voltar”, quer dizer na primeira fase da segunda vinda, acredita-se que será logo após o arrebatamento.
- “a coroa da justiça”, esse termo significa basicamente o reconhecimento por algo de bom que a pessoa tenha realizado.
- “recompensará todo o seu trabalho”, muitas obras que realizamos não são recompensadas ou reconhecidas no presente, com isso alguns irmãos tem se desanimado grandemente, mas precisamos ter fé que Jesus nos recompensará.

3. Quem será o juiz?
- “será nosso Senhor Jesus Cristo”, exatamente Aquele que nos comissionou para essa obra.
- “direito legítimo de julgar”, é o direito outorgado por lei, exatamente Eles que nunca pecaram e que possuem sentimentos como os homens, por isso legalmente só Eles podem julgar.
__________________________________
II - AS OBRAS DO CRENTE E O JULGAMENTO DE CRISTO

1. A precisão do julgamento.
- “apenas para serem vistos pelos homens”, esses recebem seus galardões aqui, são aplaudidos, aclamados e enaltecidos, tendo assim recebido seus galardões aqui.
- “todas as obras serão provadas pelo fogo”, é o fogo purificador do Senhor, em Ap 1.14 afirma que os olhos do Senhor são como chama de fogo, quando o Senhor olha para algo, não há nada que possa ficar encoberto, nem as intenções do coração.
- “e revelar qual é a verdadeira intenção do coração.”, tudo o que fizemos aqui para o Reino de Deus, vai passar pelo fogo do Senhor e ali será revelado a intenção do coração daquele que trabalhou. Se estava com o coração sincero, então a obra será aceita e a pessoa receberá galardão por isso.

2. Ouro, prata e pedras preciosas.
- “obras que os crentes fizeram para a glória de Deus”, obras que eles fizeram com o coração sincero, não obras para aparecerem ou para ficarem ricos e famosos.
- “em parceria, comunhão com o Senhor”, alguns crentes realizam obras sem a parceria com Deus, sem a ajuda do Espírito Santo, confiando em seus próprios talentos e recursos.
- “obras que glorificam não o nosso nome”, esse é um grave problema dessa geração, realizam obras no Reino de Deus para se promoverem e assim conseguirem recursos e prestígio.
- “a prata é símbolo de redenção”, a redenção significa “resgate”. Jesus é o nosso redentor porque Ele pagou o preço pelo nosso resgate.
- “simboliza a redenção feita por Cristo”, podemos dizer dentro de uma tipologia que a prata simboliza a obra realizada em prol do resgate de vidas, da conversão de almas.

3. As obras que perecerão.
- “mas o tal será salvo, todavia como pelo fogo”, quer dizer que a pessoa não será salva por obras, mas pelo aceitar a Cristo. A pessoa não receberá galardão, mas também não perderá a salvação.
- “mas buscando a glória humana”, se refere aos casos em que as pessoas buscam reconhecimento, gostam de trabalhar para a liderança observar. Alguns se esforçam quando sabem que o pastor estará presente.
- “No fogo do julgamento, elas vão desaparecer”, se referindo obviamente à obra, porque a pessoa será salva.
- “Há quem trabalhe muito na igreja”, muitos para aparecerem mais do que outros se esforçam ao extremo, e algumas lideranças não se importando com a qualidade exploram ao máximo essa mão de obra, às vezes ocorrem problemas que fazem aparecer a “obra de madeira”. Alguns abandonam a obra de Deus por motivos banais, pois não tinham o coração em Deus quando estavam trabalhando.
- ““já receberam o seu galardão”, aqui mesmo”, como o galardão será um prêmio pelo serviço de Deus, um reconhecimento dado pelo Senhor ao crente que trabalhou, então a fama, os tapinhas nas costas, os aplausos e elogios, por serem também reconhecimento são considerados por Deus já o galardão da pessoa.
- “crentes que são inconstantes”, os crentes inconstantes são aqueles que começam um serviço do Reino até com bastante vigor, mas que desanimam de repente e param no meio do caminho, assim como a palha que queima vigorosamente e depois se apaga rapidamente.
___________________________________________
III - A PRESTAÇÃO DE CONTAS DO CRENTE E OS GALARDÕES

1. Os pastores darão conta dos seus rebanhos.
- “terão que prestar contas ao Sumo Pastor”, o Sumo Pastor é Jesus, mas se sabe ao certo, como será essa prestação de contas, se o pastor perderá galardão pelas vidas que se perderam ou se sofrerá alguma repreensão por isso.
- “(pastores) de Israel por cuidarem de si mesmos”, às vezes, até mesmo alguns pastores que aparentam cuidar do rebanho estão na verdade cuidando de si mesmos, fazendo número para terem sempre bastante oferta na igreja.
- “incansáveis na pregação, no ensino da Palavra”, muitos pastores estão se desgastando além da conta, com membros problemáticos. Eles passam por isso muitas vezes por serem negligentes com o ensino da Palavra de Deus. Se ensinarem ao povo de Deus a sã doutrina das Escrituras, com certeza terão bem menos problemas para enfrentarem.

2. Crentes darão conta de seus talentos. 
- “mas todos recebem”, não existe ninguém que não saiba fazer nada no Reino de Deus, cada um recebeu pelo menos uma  habilidade cada servo de Jesus possui.
- “desenvolver nossos talentos com dedicação”, cada um deve aprimorar as habilidades que recebeu de Deus, pode se aprofundar naquilo que já faz, se encher de conhecimento da Palavra e também de conhecimento específico sobre o talento, um exemplo disso são o músicos, podem e devem se encher de Deus e se aprofundar na arte da música.
- “Você é responsável, perante o Senhor, por usar bem”, a parábola dos talentos comprova que Deus irá cobrar de cada um, o que foi feito do dom ou talento recebido. Na parábola o rei cobrou por único talento.
- “empregar nosso tempo e nossos talentos”, professor(a), esse é um bom momento para questionar a classe. Será que cada um de nós tem usado seus talentos a serviço do Reino, ou a serviço de nós mesmos. Tudo será cobrado.
_____________________________________
CONCLUSÃO
- “verão que valeu a pena suportar as aflições”, essa aula irá ajudar a muitos crentes que trabalham arduamente sem ver um reconhecimento por isso. Muitas vezes não são mencionados nos agradecimentos, e todos sabem que isso afeta de alguma forma, mas o servo fiel não deve parar o seu trabalho por conta disso, deve perseverar, pois o Senhor está atento a tudo e retribuirá a cada um.
- “não são para comparar com a glória”, ninguém sabe como serão esses galardões, em que consiste, talvez sejam coroas diferenciadas umas das outras, ou algum outro tipo de premio, pois os textos que citam a palavra “coroa”, podem estar em sentido figurado, porque essas eram as premiações dos vencedores da época dos apóstolos.
Elabore o resumo e apresente aos seus alunos e corrija o questionário.
Marcos André – professor

Boa Aula!

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.