sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 6 - Revista da Editora Betel


AULA EM 07 DE FEVEREIRO DE 2016 – LIÇÃO 6
(Revista: Editora Betel)

Tema: Vivendo a Felicidade no Lar

Texto Áureo: 1 Coríntios 13.1
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição busque algo novo, algum conteúdo a acrescentar sobre família, para não ficar com assuntos repetidos.
- “descreve de forma maravilhosa a felicidade da família”, se referindo ao texto do livro de Salmos usado como referência.
- “quando esta concentra-se nos princípios”, como ocorre em toda a Bíblia, para que haja sucesso deve se cumprir condições dadas por Deus. No caso do texto de referência a condição que deve ser observada está no verso 1 “aquele que teme ao Senhor”, então a condição é temer ao Senhor.
__________________________________________
1. Mulher: videira frutífera
- “símbolo da alegria”, o vinho é o símbolo da alegria, a mulher é comparada a videira que dá uvas e delas se tira o vinho. O produto inicial é a videira e o final é o vinho, então podemos dizer que numa casa onde se teme ao Senhor haverá o produto inicial, a mulher (videira) e o produto final, a alegria (vinho).   
- “frutificará e dará muitos frutos”, tanto o comentarista quanto o Salmista parecem estar se referindo a filhos, pois essa era a maior benção que um casal esperava receber de Deus.

1.1. A polivalência da mulher
- “pois consegue realizar muitas tarefas”, é fácil observar essa qualidade na mulher, ela consegue observar com facilidade diversos eventos ocorrendo a sua volta. Com certeza o Senhor a fez assim por ser ela a que cuida dos filhos e essa tarefa ela precisa gerenciar juntamente com outras mais.
- “não abre mão de ajudar no orçamento familiar”, por conta dessa característica feminina de multitarefas, a mulher consegue trabalhar e ainda cuidar dos filhos, dificilmente o homem conseguiria fazer isso.
- “olha pelo governo da sua casa”, o livro de Provérbios coloca a mulher como governanta do lar, e de fato, por mais que o homem seja o cabeça da mulher, a mulher é do lar.

1.2. Comer do trabalho das suas mãos
- “Não lhe falta serviço”, quer dizer que ele não fica desempregado.
- “palmas das suas mãos pegam na roca”, o autor dessa seção de Provérbios está enaltecendo as qualidades da mulher de sua época ao descrevê-la como excelente costureira. Hoje ele usaria outros exemplos, mas a ideia é a mesma elogiar a mulher que cuida da casa, dos filhos e do marido.
- “arriscar a sorte em jogos e loterias”, embora a Bíblia não apresente doutrina para a prática do jogo de azar como loteria, bicho, sabemos que essa não é uma postura condizente de um cristão, isso demonstra falta de confiança em Deus e uma certa ganância.

1.3. A felicidade de temer ao Senhor
- “Eles irão bem porque têm promessa”, se referindo à promessa do Salmo 128.2.
- “as provas e tribulação são passageiras”, aqueles que te essa certeza vivem melhor, pois passam a ver as lutas como obstáculos que precisam ser superados.
- “Felicidade não é a ausência de conflitos”, quer dizer que um casal feliz não é aquele que nunca briga, mas aqueles que sabem lidar com as diferenças.
- “para aplicação no nosso dia a dia”, a aplicação da Palavra de Deus é a finalidade principal pela qual ela foi escrita. Jesus chegou a dizer que aquele que pratica as Suas palavras é comparado ao homem que edificou a casa na rocha de sorte que se tornou inabalável.
_____________________________________________
2. Filhos: plantas de oliveira
- “não podem abrir mão da educação e dos ensinamentos”, a mesa no Antigo Testamento era o local onde os pais ensinavam os filhos e lhes transmitiam as suas experiências.

2.1. Os filhos são herança do Senhor
- “deixa-los em tempo integral nas creches não é o ideal”, é como se tivéssemos uma fortuna em dinheiro e deixássemos alguém que não conhecemos tomar conta pra nós, é um risco que muitos pais correm diariamente, não conhecemos a índole dos funcionários dessas creches e ainda que sejam pessoas ótimas, certas coisas só os pais ensinarão.
- “fase em que a criança mais precisa dos pais”, quando a criança chegar na escolinha, ela já deverá saber coisas que os pais ensinaram em casa, como o respeito aos mais velhos, por exemplo.
- “tentar equacionar esta alarmante situação”, tentar equilibrar o problema, verificar se vale a pena os dois trabalharem e a educação dos filhos ficar prejudicada se é compensador, às vezes não compensa ganhar um aumento da renda hoje e no futuro gastar muito com psicólogos.

2.2. A educação cristã começa dentro de casa
- “incumbência de repassar aos filhos os mandamentos”, dessa forma o primeiro campo missionário de todo crente é sua própria família. Não há lógica em pregar para o mundo e deixar os filhos de fora.
- “terem prazer na Lei do Senhor”, no mundo em que vivemos é muito difícil, mas não é impossível, para que os pais façam os filhes terem prazer nas escrituras eles devem mostrar para os filhos que eles próprios tem esse prazer, devem ler com eles, comentar os conjugues entre si acerca da Palavra de Deus, dessa forma estarão passando para os filhos a mensagem de as Escrituras são muito interessante.
- “sentir gosto pela Escola Bíblica Dominical”, a Escola Dominical já formou grandes pregadores pelo mundo afora, muitos pais que conduziram seus filhos à Escola Dominical depois tiveram o prazer de vê-los à frente de grandes obras no Reino de Deus.
- “juntos com os filhos e não apenas mostrar o caminho”, esse ensinamento os filhos aprendem vendo os pais praticando e isso segue por toda a vida, depois que os filhos já aprenderam eles passam a se animar e animar a caminhada dos pais.

2.3. O exemplo cristão dos pais faz a diferença
- “no modo de se referir à casa de Deus e aos ungidos do Senhor”, com as nossas palavras estamos passando mensagens para os nossos filhos, por isso quando, dentro da nossa casa, falamos mal de um pastor, transmitimos a seguinte mensagem para os nossos filhos, as igrejas não são verdadeiras e não se deve respeitar os pastores. Muitas vezes nós estamos reforçando mensagens que o mundo passa para as pessoas o tempo inteiro, como: o povo de Deus é preconceituoso, é caloteiro, bitolados e os pastores são endinheirados e gananciosos.
- “no modo como os pais desempenham o ministério”, o filhos estão observando e recebendo as mensagens que lhes transmitimos com nossas atitudes. Quando eles nos veem orando ou lendo a Bíblia, estão recebendo a mensagem de que é importante fazer isso. Quando o filhos nota que os pais sempre tentam chegar cedo nos cultos entendem que os cultos são muito importantes. Tem lares cristãos onde a Santa Ceia é vista como um culto especial, um cerimonial sagrado (e é mesmo), então os filhos recebem a mensagem de que não devem faltar a esse evento em hipótese nenhuma.
- “mas abrem os olhos para os exemplos”, uma frase de efeito muito utilizada no meio militar é “A palavra convence e o exemplo arrasta.”
________________________________________
3. Netos: herança do Senhor

3.1. Ver os netos, não criá-los
- “que supera o amor que temos pelos filhos”, muitos avós cuidam dos netos com bem mais cuido do que cuidaram dos filhos, por isso a expressão usada para designar os jovens despreparados e fracos é: “criado por vó”.
- “pois os avós estão criando os netos”, nas classes mais pobres isso ocorre devido as mães serem muito jovens e não terem condições de sustentar os filhos, isso é um problema social, mas nas classes menos pobres ocorre por comodismo de pais que não assumem sua responsabilidade.
- “Sabemos que existem as exceções”, essas exceções seriam filhos criados pelos avós e que se tornaram excelentes cidadãos. Ainda que os avós tenham sido excelentes pais e educadores, não se pode tirar a responsabilidade dos pais.
3.2. Viver para ver os filhos dos teus filhos
- “comprimento da promessa de honrar aos pais”, nesse caso então o cumprimento de duas promessas, o de honrar os pais e temer ao Senhor dentro do lar. O ponto comum entre as duas promessas é o lar, um lar temente e onde Deus é respeitado, tanto os pais como os filhos receberão a vitória.

3.3. A bondade de Deus e a distribuição de bênçãos
- “tinham superado todas as suas expectativas”, isso porque ele não esperava ver José nunca mais, porém agora ele estava vendo José e seus filhos.
- “trasborda de gratidão a Deus por Sua infinita bondade”, até mesmo entre os ímpios há um certo nível de gratidão quando se vê os netos.
- “A graça de Deus não segue a linha da natureza humana”, quer dizer que não é porque um filho é o mais velho que será mais abençoado do que o outro, não é porque o pai gosta mais de um que esse será abençoado mais do que aquele menos querido.
- “tosas as Suas bênçãos são distribuídas conforme a Sua vontade”, uma ilustração interessante é o fato ocorrido em Gn 48.17-19, onde Jacó abençoa os filhos de José e não segue o costume de colocar a mão direita sobre o primogênito simbolizando uma melhor benção, mas faz o que o Senhor lhe direciona, pois a benção para Efraim era bem maior, de fato Efraim foi a tribo mais próspera do Norte.

CONCLUSÃO
- “atentarmos para a Palavra de Deus concernente ao casamento”, se referindo aos ensinamentos mencionados aqui e em toda a Bíblia, pois muitos casais cristãos sofrem por não segui-los. Alguns buscam nos encontros uma interpretação mais amena para verdades básicas como a submissão da esposa ao marido, etc.
- “se não colocarmos em prática”, no mundo em que vivemos é muito difícil colocar os ensinamentos da Palavra de Deus em prática, pois tudo a nossa volta nos orienta à rebeldia e pouco caso das coisas do Reino, é necessário esforço extra.
- Faça o resumo e corrija o questionário.

Marcos André – professor

Boa Aula!

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO!

2 comentários:

  1. FELICIDADE, ONDE VOCÊ ESTÁ MINHA FILHA?

    Em quem e em que podemos alcançar a tão sonhada felicidade? Muitas pessoas colocam suas esperanças em pessoas, tipo se eu me casar com este rapaz eu serei a mulher realizada. Outras colocam suas expectativas em objetos. Tipo casa mobilhada carro na garagem bom emprego e etc., mas a felicidade que podemos alcançar no nosso casamento não está nem na pessoa em si e nem em bens que esta pessoa possa nos oferecer. Toda moça sonha com um príncipe encantado, e todo rapaz sonha com uma cinderela, mas a realidade é que não existe este príncipe e muito menos esta princesa, depois do casamento existe a convivência do dia a dia e tudo passa a ser diferente, não podemos basear um casamento em contos de fadas, pois o foram felizes para sempre só acontecem neles, na vida real é outra coisa. Quando existe amor existe força suficiente para conviver harmoniosamente com a pessoa amada quer na bonança ou na escassez. LOUVADO SEJA DEUS PELA MINHA HUMILDE RESIDENCIA, MEU LAR É UMA BENÇÃO!!!
    Assuntos repetitivos

    É muito válida esta observação, pois o que observamos em muitas salas de aulas é professores patinando feito um carro com os pneus carecas na lama, mas isso não se dar pelos os assuntos proposto pela a revista, pois as lições deste trimestre tem trazido assuntos muito relevantes. Mas quando deixamos a lição de lado e passamos a falar de experiências pessoais que não trazem edificação nenhuma, atropelamos o plano de aula e ao invés de estimular as pessoas a participar da EBD fazemos é que elas percam o interesse.
    Abraço forte à todos

    Irmão Evaldo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom o comentário irmão Evaldo, muitos jovens se iludem com o casamento, mas com o tempo eles acabam se ajustando, a não ser aqueles que não conseguem e aí se separam, como seria bom se os jovens antes de se casarem se submetessem a um gabinete pastoral sério para aprenderem coisas do casamento e assim não se assustarem com os problemas.
      Toda igreja deveria atentar para essa área.
      Gostei do exemplo que você deu: "professores patinando feito um carro com os pneus carecas na lama", rsrsrs eu fiquei imaginando a cena, e é assim mesmo que alguns ficam, tentando esconder o despreparo, mas espero que possamos diminuir esse tipo de situação nas nossas congregações.

      Paz meu querido amigo.
      Deus abençoe a tua casa.

      Ev Marcos André

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.