sexta-feira, 25 de março de 2016

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 13 - Revista Editora Betel


AULA EM 27 DE MARÇO DE 2016 – LIÇÃO 13
(Revista: Editora Betel)

Tema: Os Desafios de Educar Filhos
Texto Áureo: Provérbios 22.6
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), essa é a última lição do trimestre e caiu no dia da Páscoa, é conveniente se a superintendência aceitar, fazer alguma alusão a esse feriado tão importante para o evangelho.
- “têm mais informações do que tínhamos no passado”, eles tem mais informações pela TV e internet, tem mais acessibilidade, ainda que não conheçam o poder que isso dá a quem tem tempo e disposição para processá-las.
- “devem acompanhar o desenvolvimento e o progresso”, os pais não devem estar alienados do mundo,devem estar cientes dos perigos que rodeiam seus filhos.
- “crescerem sem prejuízo”, assim como essa gama de informações podem ajudar as pessoas, o mau uso dela pode prejudicar profundamente os nossos filhos.
__________________________________________
1. Filhos Herança do Senhor

1.1. Presente de Deus aos pais.
- “São bens ativos”, são valores reais que as empresas tem, como dinheiro em caixa, terrenos, frota, etc. Os filhos são o que nós temos de valor real. Alguns pais encaram os filhos como dívidas, como gastos adicionais.
- “despenseiros na criação e educação dos filhos”, o despenseiro é o que cuida da despensa do seu senhor, é o mordomo, assim somos nós cuidamos do que é de Deus, nossos filhos.
- “Eles são privilégios dados a nós”, os filhos carregam nosso legado, através deles seremos lembrados quando formos desse mundo.

1.2. Responsabilidade dos pais.
- “responsabilidade de ensinar aos filhos “no” caminho”, essa responsabilidade pode ser boa ou ruim, depende da atitude dos pais em relação ao caminho. Alguns pais tentam ensinar os filhos a trilharem o caminho, mas eles mesmos não o trilham.
- “mandar os filhos para a igreja, devem ir juntos”, o exemplo dos pais fortalece a caminhada dos filhos.
- “se a mãe fica assistindo novela ou o pai assistindo futebol”, a nossa casa deve ser uma parte da igreja e os pais são os responsáveis por isso.

1.3. Pais, espelhos dos filhos.
- “Cuidado com os maus exemplos”, podem ser aquelas pequenas coisas do dia a dia, como as mentirinhas e a corrupção. Alguns pais desapercebidos e longe do espiritualidade que Deus requer dão maus exemplos a seus filhos, mesmo fazendo parte de uma igreja, se deixam levar pelas coisas do mundo.
- “mas o exemplo arrasta”, significa que o exemplo impulsiona a pessoa a fazer o que as palavras afirmaram ser o correto.
_____________________________________________
2. Limites: quem manda em sua casa?
- “precisa governar bem a própria casa”, significa ter o controle, ter a palavra de ordem, não deve o pai falar algo e os filhos fazerem outra coisa, logo na infância os pais devem observar e cortar esse tipo de hábito.

2.1. Limites estabelecidos por Deus.
- “além de ser extremamente agradável ao Senhor”, deve ser por isso que ele é um mandamento com promessa, por agradar ao Senhor.
- “provocar a ira dos filhos”, são pais espancadores e perseguidores, que sempre julgam mal os filhos, acreditam que estão sempre fazendo algo errado e que devem ser punidos ao menor sinal de irregularidade.
- “onde não há regras nem regulamentos vira bagunça”, numa casa sempre deve haver certas regras, como a hora dos filhos irem para a cama, o uso da TV ou da internet, distribuição de pequenas tarefas, etc. Dessa forma os filhos não estranharão quando tiverem diretamente debaixo da autoridade do patrão, do pastor ou do governo.
- “Devem elogiar quando cumprirem”, os filhos se sentem muito bem ao verem que agradaram os pais, se animam a fazerem novamente.
- “disciplinar os filhos com as emoções afloradas”, são os pais que castigam os filhos ma hora da ira, geralmente exageram e podem causar revolta ou até traumas nos filhos.

2.2. Limites, um ato de amor.
- “ouvir e aceitar o “sim” e o “não””, alguns jovens se acostumam a ouvir somente o sim e quando chegam na fase adulta descobrem que o mundo muitas vezes diz não, então tem muita dificuldade em encarar a vida, alguns se tornam rebeldes, entram em vícios, etc.
- “Desejar tudo que quer é uma ilusão perigosa”, alguns pais ensinam errado seus filhos fazendo o impossível para dar o brinquedo ou a roupa que o filho quer, quando eles não podem dar, outros inventam uma história para dizer que não podem dar, é recomendável dizer que não vai dar e explicar a razão. O filho tem que saber quem é que tem o poder da decisão.
- “Ensinar que não precisa experimentar de tudo”, é melhor os pais ensinarem agora do que a vida ensinar depois.

2.3. Disciplina à luz da Bíblia.
- “passa a ser bastardo e não filho”, o bastardo é o que se diz do filho de outro relacionamento, fora do casamento, ilegítimo, não reconhecido. Se o Senhor tem cuidado em nos corrigir é porque somos legítimos.
- “não devemos retirar a disciplinados nossos filhos”, quando os pais não corrigem os filhos estão tratando ele como bastardo, por mais que o amam e o considerem filho. Uma coisa é amar e outra é transformar esse amor em ações.
- “ele te dará descanso”, é o mesmo que dizer que ele não te dará dor de cabeça. Os pais que disciplinam seus filhos, que são amigos dos filhos, que dão exemplo a eles, jamais terão que ir pegá-los na delegacia por algum delito, jamais verão o corpo deles alvejado de tiros, jamais irão pegá-lo do meio da turma de cracudos e nem terão que fugir da comunidade por causa de envolvimento com bandidos.
- “planta que cresce com mais força após ser podada”, essa comparação é interessante, pois a planta após a poda (cortar os galhos mais fracos) passa a ter energia para crescer, pois os ramos fracos consumiam a força da planta, assim são os filhos quando são disciplinados (podados) crescem com força no caráter para a vida.
________________________________________
3.  Educar versus treinar.
- “ás vezes até dentro das igrejas”, infelizmente alguns ministérios e lideranças cristãs estão mais comprometidas com a política interna e externa e com bens materiais, do que com as almas.

3.1. Educar a luz da Bíblia.
- “ainda quando for velho, não se desviará dele”, sabemos na prática que esse conselho não expressa uma regra, existem muitos casos de jovens desviados que um dia foram educados no evangelho, mas é certo que existe grande possibilidade de retorno por terem sido ensinados no caminho do Senhor na infância.
- “transmitir os valores cristãos (teoria e prática)”, os valores cristãos não podem ser passados convenientemente em uma pregação, nem na Escola Dominical, só podem ser transmitidos pelo ensino da teoria e observação e execução na prática. 
- “assentado em casa, andando pelo caminho”, o texto exorta que o nosso lar deve ser uma escola onde se ensine a Palavra de Deus.

3.2. Educar e treinar para a vida.
- “compete aos pais e não à igreja ou escola”, alguns pais que negligenciam a sua responsabilidade de educar tentam culpar a escola ou a igreja por não fazer aquilo que era da responsabilidade deles. A igreja e a escola servem para dar instruções específicas sobre determinados assuntos, mas certos parâmetros da educação somente na família o indivíduo vai aprender.
- “educar embasado no amor”, toda tarefa feita com amor é sempre feita da melhor forma, por isso a educação dentro da família tem tanta qualidade.
- “Invista tempo com seus filhos”, a sociedade moderna toma todo o tempo dos pais, é preciso fazer sacrifícios para conseguir o chamado tempo de qualidade com os filhos.

3.3. A família e o comportamento infantil
- “pois é um ser social”, é um ser que foi feito para viver em sociedade, com regras de convivência.
- “reproduzir o ambiente familiar onde vive”, a criança adquire da família o sotaque, tradições, concepções e até mesmo opiniões.
- “formação da personalidade”, a personalidade é a característica que identifica a pessoa. Dos elementos que compõem a personalidade destacamos o caráter e o temperamento.
- “atenta às atitudes, formas e conteúdos”, a família está formando o caráter dos filhos, uma formação ruim pode criar indivíduos de mau caráter e temperamento difícil de lidar.

CONCLUSÃO
- “criar filhos hoje como fomos criados no passado”, não podemos abrir mão da correção, com as mudanças no mundo os pais devem ajustar um pouco a aplicação da disciplina e as cobranças, mas nunca para de exigir atitudes corretas.
- Faça o resumo e corrija o questionário.

Marcos André – professor

Boa Aula!

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.