sábado, 9 de abril de 2016

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 2 - Revista da Editora Betel

INCOMPLETO

AULA EM 10 DE ABRIL DE 2016 – LIÇÃO 2
(Revista: Editora Betel)

Tema: Os Perigos da Febre das Redes Sociais

Texto Áureo: Isaias 55.6
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nessa lição se antecipe no estudo das redes sociais, procure conhecê-las antes de falar delas, tentamos dar uma ajuda nesse esboço.
- “as redes sociais”, são sites que promovem relacionamentos virtuais, criando redes de contatos, os principais no Brasil são: Facebook, twitter, Instagram, whatsapp e outras.
- “contato virtual”, é o contato não presencial, feito através da transmissão de informações apenas.
- “afastamento de muitos do seu convívio social”, ate o conceito de amigo foi modificado, os amigos agora são contatos e há poucos relacionamentos sólidos.
__________________________________________
1. O começo de tudo
- “chamados chats de bate papo”, eram salas virtuais, onde as pessoas entravam para conversar on line, diversas pessoas ao mesmo tempo.
- “se relacionar via Internet”, as pessoas tinha um “nick” que era um apelido para se identificarem.
- “mensageiros instantâneos, como o MSN”, era uma plataforma que abria uma janela para a conversa, o MSN era usado para a conversa privada.

1.1. As primeiras redes sociais.
- “redes sociais, como conhecemos hoje”, hoje as redes sociais hospedam uma página para a pessoa, que pode personalizá-la com fotos e mensagens.
- “precursor do Instagram”, o Instagram é uma rede social para compartilhamento de fotos, a pessoa posta as fotos que deseja tornar públicas aos seus contatos.
- “aqueles que criavam o seu perfil”, os administradores das redes sociais perceberam que as pessoas gostavam de criar suas páginas dentro das redes sociais e investiram nisso, surgiu assim os blogs.
- “exposição instantânea”, devido o uso de aparelhos móveis, a postagem e a resposta ficaram cada vez mais rápidos, fazendo as redes sociais atraírem cada vez mais pessoas, atingindo até os de idade mais avançadas.
- “smartphones”, o nome significa “telefone inteligente”, constitui num aparelho que integra periféricos como câmera, tela de toque, botões e fone a um sistema operacional, se tornando um verdadeiro computador de mão.

1.2. Adolescentes e uma opção contra timidez.
- “adolescentes tímidos”, os adolescentes eram o maior público dessas redes sociais naquela época, os tímidos encontraram essa facilidade, mas todos os que usavam viam a possibilidade de dizer no teclado aquilo que não tinham coragem de falar pessoalmente.
- “principalmente com adolescentes do sexo oposto”, o grande atrativo dessas redes sociais sempre foi a possibilidade de relacionamento íntimo sem compromisso com o sexo oposto.
- “quando perdeu a primazia para o MSN”, junto com o MSN veio o Orkut que se tornou a rede social mais popular no Brasil até perder todo espaço para o Facebook.

1.3. Influenciando comportamentos.
- “vem sendo modificado pela influência”, o comportamento humano é influenciado por fatores que atingem um grande número de pessoas na sociedade, como ocorreu na época da revolução industrial e no surgimento das transmissões televisivas.
- “o grande inovador do conceito de rede social”, o Orkut inovou pela apresentação de suas páginas, possibilitando ao usuário o uso de uma grande variedade de ferramentas inclusive jogos.
- “ofereciam melhores opções de acesso: o Twiter e o Facebook”, o Facebook e Twitter concentraram seus esforços nas ferramentas pra relacionamento o que tornava esses sites mais leves do que o popular Orkut.
_____________________________________________
2.  O bem e o mal.
- “demonizar nem a Internet, nem as redes sociais”, demonizar é a atribuir ao demônio o conteúdo, esse procedimento foi feito com a TV no seu surgimento. A internet tem muita coisa pecaminosa, mas atualmente é o maior veículo de informação do mundo.

2.1. A infelicidade nas redes sociais.
- “o tempo de exposição às redes sociais”, depois que surgiu a facilidade de acessar as redes sociais pelo celular, as pessoas ficam horas conectadas. Acessam de qualquer lugar e a qualquer momento.
- “e até mesmo íntimas”, grandes escândalos surgiram com esse tipo de comportamento. Muitos ministros já caíram com isso, a vigilância deve ser total.
- “que tipo de valores têm permeado a nossa família”, aquilo que nossos filhos e cônjuges tem valorizado dedicando tempo e esforço. Muitos pais descobrem tarde o que as filhas postam no Whatsapp ou com quem os filhos conversam de madrugada nas redes.

2.2. Comunhão com Deus em risco.
- “seu crescimento individual”, se refere ao crescimento do indivíduo como pessoa, adquirindo conhecimento e experiência para a vida. Fazendo cursos, lendo e investindo em algo para construir legado.
- “muitos alegam falta de tempo”, talvez devessem alegar falta de ânimo, porque a pessoa animada consegue tempo. Podemos dizer           que a pessoa viciada nas redes sociais, se concentra nelas e deixa todo o resto, por isso não terá ânimo para mais nada.
- “afetar o crescimento espiritual”, esse é o crescimento nas coisas espirituais e no mundo espiritual, em Atos 19, veja o que o demônio responde aos filhos de Ceva: “Respondendo, porém, o espírito maligno, disse: Conheço a Jesus, e bem sei quem é Paulo; mas vós quem sois?” At 19.15 - Notamos que Paulo era conhecido no mundo espiritual, infelizmente alguns hoje em dia receberiam essa mesma mensagem caso tentassem expulsar algum demônio.

- “poderia ser utilizado com a meditação da Palavra”, se cada pessoa separasse pelo menos dez minutos por dia para ler a Bíblia, vai conseguir ler um livro por mês, dependendo do tamanho do livro. 

2.3. O risco das invasões de perfis.
- “ indivíduos a um estado de depressão”, há casos em que jovens se suicidam como o da jovem que se enforcou em Veranópolis-RS em 2013.
- “pessoas que outrora tinham com íntimas”, há uma série de casos em que adolescentes enviam fotos íntimas para amigos virtuais, alguns desses usam essas fotos como vingança diante de algum mal entendido. Outros casos ocorrem com pedófilos que seduzem jovens pelas redes sociais.
- “com medo da discriminação da sociedade”, ainda mais quando a pessoa é da igreja, algumas até abandonam a congregação com vergonha de ser apontado.
- “têm tido seus perfis invadidos”, alguém consegue a senha do perfil de alguma forma e com isso postam o que querem e respondem como se fosse a pessoa.

3.1. Um novo conceito de amizade.
- “novo conceito acerca de amizade”, nas redes sociais essas amizades são os contatos, alguns chegam a chamar de amigo alguém que nem sabe se está falando a verdade sobre si no chat da rede social. Nada se compara ao olho no olho em um diálogo. Às vezes podemos captar uma mentira pela expressão facial e corporal de nossos verdadeiros amigos.
- “relacionamentos superficiais”, são relacionamentos em que a pessoa não se aprofunda em conhecer a outra, a não ser naquilo em que interessa.
- “não oferecem nenhuma segurança”, quer dizer que nesse tipo de relacionamento não podemos saber se a pessoa é amiga de verdade ou não.

3.2. O comprometimento do casamento.
- “Amizades” entre homens casados e moças solteiras”, independente da haver troca de intimidade indevida ou não, somente o relacionamento nas redes sociais entre casados com pessoas solteiras fora do casamento já causa desconforto.
- “esfriamento do contato com o cônjuge”, nesse caso a saída para o pecado é quase uma constante, milhares de casamentos sofreram divórcio originados por problemas com contatos nas redes sociais.
- “se sentem abandonadas por seus esposos”, pode ocorrer a diminuição do libido (desejo sexual) pela esposa. Muitos casais diminuem a frequência de suas relações íntimas por conta desse problema.
- “valorizar o casamento”, o casal deve investir no casamento, principalmente no campo da atenção. Tanto para o cônjuge como para com os filhos. Proponho um Jejum das redes sociais quando estiver em presença do cônjuge. Não ler nenhuma mensagem e não falar com ninguém, deixar para depois.

                            INCOMPLETO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.