sábado, 16 de abril de 2016

ESCOLA DOMINICAL CENTRAL GOSPEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 3 - Revista Central Gospel

INCOMPLETO

AULA EM___DE______DE 2016 – LIÇÃO 3
(Revista: Central Gospel - nº 46)

Tema: ALIANÇA NOÉTICA

Texto Áureo: Gênesis 6.7
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), nesta lição se intere dos textos de Genesis 6, pois será usado e é bom ler comentário sobre eles.
- “história cristã e secular”, os fatos narrados na ocasião do dilúvio são os mais famosos da Bíblia, talvez perca somente para a crucificação de Jesus, mas Noé está entre os personagens da literatura bíblica mais conhecidos ao lado de Moisés, Davi e Paulo.
- “linhagem de Sete”, convém lembrar que a geração de Sete foi a que começou a adorar ao Senhor.
_______________________________________________
1. DE ENOQUE À NOÉ: REMINISCENCIAS DA DIVINA HISTÓRIA
- “andar com Deus”, se refere ao fato de ter intimidade com Deus como teve Enoque.
- “homem que não conheceu Enoque”, além de Enoque temos outros dois mistério sobre a morte de homens de Deus, um foi o caso de Moisés que o próprio Deus enterrou seu corpo em um lugar secreto e o outro foi Elias que foi transladado sem passar pela morte.
- “Harold L. Willmington”, é o fundador da Willmington School of the Bible (Escola de Bíblia Willmington) em Virginia nos Estados Unidos. É também escritor.

1.1. Enoque, Metusalém e Lameque: a primitiva tríade patriarcal
- “citado nove vezes”, o fato de ele ter andado com Deus e ter sido tomado é muito comentado por ministros no mundo inteiro. Porém veja como ficou a terra depois disso, atualmente o Senhor deixa aqueles que andam com ele no mundo para ver se conseguem apregoar o Evangelho nele. Jo 17.15
- “quando ele estiver morto, será enviado”, essa é uma tradução dos eruditos rabínicos que faz alusão ao dilúvio, pois esse ocorreu após a morte de Metusalém.
- “significa vendedor”, Lameque não foi um bom homem, os nomes do Atigo Testamento sempre fazem alusão à índole da pessoa.

1.2. Noé, o consolador
- “etimologia”, é o estudo da origem e evolução da palavra.
- “porque faria os homens descansarem”, nesse caso ele teria que ter recebido alguma promessa no seu nascimento que não foi registrada na Bíblia.
__________________________________________
2. A ALIANÇA NOÉTICA
- “a iniquidade agravou-se”, a explicação para esse agravamento está no fato de os filhos de Deus terem se misturado com as filhas dos homens, explicado em Gn 6.2, veja:
“Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram.” Gn 6.2
- “o Senhor arrependeu-se”, o texto usa uma linguagem explicada na revista do professor. É interessante entender e saber explicar aos alunos. No texto o escritor usa palavras e recursos humanos para descrever o sentimento de Deus, na tradução achou-se correto usar o verbo “arrependeu-se”.

2.1. Noé o justo
- “achou graça aos olhos de Deus”, é uma expressão idiomática para dizer que Deus o observou e gostou do que viu.
- “mostrou-se integro e honrado”, numa sociedade corrompida, quando alguém faz a sua parte, logo fica em destaque. Nos padrões de santidade Noé deixaria a desejar como todos os homens, mas Deus viu que ele cumpriria a missão imposta.
- “Noé serviria de modelo”, esse tipo de aliança impõe uma grande responsabilidade, e isso é o que o Senhor requer de todos nós.

2.2. Arca: símbolo de preservação da vida
- “como construir uma arca”, Deus não deu instruções de engenharia náutica, pois a intenção não era construir um barco ou navio, mas sim construir uma embarcação capaz apenas de flutuar sobre as águas.
- “teria as seguintes proporções”, com as proporções apresentadas a Arca não conteria todos os animais existentes, é possível que tenha entrado na Arca apenas um animal de cada espécie exceto as raças.
- “betume”, é um material derivado do petróleo, segundo os geólogos naquela época era possível encontrar jazidas de betume em certos locais. Esse betume serviria para impermeabilizar a madeira da Arca.

                                        INCOMPLETO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.