sábado, 2 de abril de 2016

ESCOLA DOMINICAL CPAD ESBOÇO - Subsídio da Lição 1 - Revista CPAD - ADULTOS

INCOMPLETO 

AULA EM 03 DE ABRIL DE 2016 – LIÇÃO 1
(Revista: CPAD)

Tema: A Epístola aos Romanos

Texto Áureo: Romanos 1.16
  
INTRODUÇÃO
- Professor(a), nesta lição procure apresentar a nova revista e comentar o que os alunos irão apreciar neste trimestre.
- “jamais seremos os mesmos depois de uma leitura cuidadosa”, parece um exagero, mas o comentarista se refere ao fato de essa epístola conter a essência da maturidade Cristã, que é o conhecimento da Graça de Deus, a carta aos Romanos vai a fundo nesse ensino.
- “é reconciliado com Deus mediante a sua graça”, Romanos ensina que a reconciliação não é por obras, mas pela Graça e que a única ação do homem é em aceitar essa Graça.
- “natureza adâmica, que domina o velho homem”, ou seja, a natureza corrompida pelo pecado, pois a natureza humana deveria ser pura, mas veio a se corromper pelo pecado e passou a dominar o ser humano.
- “esta Carta é um chamado à liberdade cristã”, ela mostra que somos livres não para pecar, mas influência do pecado e do seu domínio.
__________________________________________
I - AUTOR, LOCAL, DATA E DESTINATÁRIOS

1. O autor.
- “a Epístola aos Romanos é de autoria de Paulo (Rm 1.1)”, somente a referência de Rm 1.1 já comprovaria isso, mas poderia ser também de alguém que registrou como se fosse Paulo, como aconteceu com alguns evangelhos apócrifos.
- “não tem credibilidade entre os estudiosos”, quer dizer que eles não dão crédito, não há base argumentativa para negar que Paulo tenha escrito a carta aos Romanos.
- “seu amanuense, escrevente”, quer dizer que Tércio escrevia a carta para Paulo que ia ditando. Nesse caso a autoria pertence a Paulo da mesma forma.
- “taquígrafo”, é o indivíduo acompanha a fala escrevendo o que se diz usando símbolos. Na época de Paulo essa técnica não existia, por isso acredita-se que houve algumas inserções por parte de Tércio ou outro amanuense.
- “seu conteúdo reflete o estilo de Paulo”, é comum esse tipo de análise, onde os especialistas olham para o conteúdo buscando semelhanças com os escritos de Paulo.  

2. Local e data.
- “na próspera cidade de Corinto”, Corinto era uma cidade portuária onde circulava grande quantidade de produtos por seus dois portos.
- “seu centro de atividades missionárias”, local de onde ele planejava e saía para as missões, onde ele tinha também muitos colaboradores.

3. Destinatários.
- “como sendo de natureza atemporal”, quer dizer que sua interpretação não se prende à tempo, pois ela não está citando e nem focando costumes ou tradições das culturas locais, como acontece com outras cartas e até com os evangelhos. Quando um escrito usa expressões idiomáticas da época a sua interpretação requer uma análise exegética mais apurada.
- “como tal transcende as barreiras do tempo”, nesse caso todo o conteúdo bíblico é atemporal, mas nos outros livros os escritores fazem menção de costumes próprios de suas épocas. Isso não acontece em Romanos, pois Paulo trata apenas de explanação teológica da doutrina fim da Bíblia, a salvação.
- “judeus radicados em Roma”, se referem aos judeus que nasceram em Roma, ou que tinham se mudado para lá após a perseguição em Jerusalém.
- “os cristãos gentílicos como sendo esses destinatários”, esses crentes eram os Romanos que se converteram deixando sua antiga religião e passando a serem seguidores de Cristo.
__________________________________
II - FORMA LITERÁRIA, CONTEÚDO E PROPÓSITO

1. Forma literária.
- “modelo de outros documentos do primeiro século”, qualquer conteúdo escrito com a assinatura de alguém com certa relevância é hoje considerado um documento histórico.
- “O esboço obedece à ordem desse tipo”, é o mesmo esboço para todas as cartas que se escrevia para os crentes naquele período.
- “era a escrita em forma de diálogo”, é a escrita onde o escritor parece estar dialogando com o leitor, usando perguntas e respostas. Veja:
“E tu, ó homem, que julgas os que fazem tais coisas, cuidas que, fazendo-as tu, escaparás ao juízo de Deus?
Ou desprezas tu as riquezas da sua benignidade, e paciência e longanimidade, ignorando que a benignidade de Deus te leva ao arrependimento?” Rm 2.3,4

- “diatribes”, é o discurso filosófico, moralista em certo tom incisivo.

2. Conteúdo.
- “trata de alguns temas bem específicos”, esses temas são bem elaborados e aprofundados por Paulo, com certeza Paulo foi o apóstolo que melhor entendeu as doutrinas de Cristo.
- “justificação pela fé”, para o judeu a salvação pela fé é algo inaceitável, por conhecer somente a Lei e ter sua mente moldada pelas tradições judaicas.
- “necessidade espiritual que os gentios, judeus”, Paula apresenta o ser humano como pecador e nessa condição como alguém que precisa de Deus e sua salvação em Cristo, veja esses versos:
“Como está escrito:Não há um justo, nem um sequer.
Não há ninguém que entenda;Não há ninguém que busque a Deus.
Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis.Não há quem faça o bem, não há nem um só.” Rm 3.10-12
- “resultado prático do Evangelho na salvação”, aquilo que o Evangelho apresenta na vida da pessoa que adquiriu a salvação em Jesus.

3. Propósito.
- “apresentar Paulo aos romanos”, Paulo naquele momento era a representação da ortodoxia, até mesmo Pedro atestava isso em suas cartas. Era como se Paulo estivesse preparando o terreno para a sua chegada em Roma e ministério.
- “da igreja romana uma base missionária”, Paulo conhecia o alcance do império e a facilidade de deslocamento a partir de Roma, por isso o investimento.
- “propósito apologético”, propósito de defesa da fé. Paulo se empenha em defender as bases da fé em Cristo. Quer dizer que Paulo não está combatendo o judaísmo, mas está apresentando a fé em Jesus Cristo.

                                INCOMPLETO

3 comentários:

  1. A paz do Senhor Jesus meu irmão. Gosto muito de estudar as lições bíblicas acompanhando seus subsídios..... Pena que esta semana ficou incompleto.... Espero que tudo lhe vá bem como bem vai tua alma...proverbios 16.1 para vc medita
    r fica na paz do Senhor,abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A paz irmã Marcia, obrigado pelo versículo, Deus falou comigo, Deus está no controle. Estarei trabalhando para melhorar a publicação dos esboços.

      Deus abençoe a tua família.
      Paz.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.