sexta-feira, 6 de maio de 2016

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 6 - Revista Editora Betel


AULA EM 8 DE MAIO DE 2016 – LIÇÃO 6
(Revista: Editora Betel)

Tema: Gozo: a Alegria do Espírito Santo

Texto Áureo: Neemias 8.10
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nessa lição você poderá iniciar falando da alegria que frui de dentro daquele que possui o fruto do Espírito, recomendo que faça uma aula bem espiritual, sem no entanto a euforia dos dons espirituais, mas com uma profunda reflexão. Convide os alunos a deixarem o Espírito Santo fazer morada e a manifestarem em suas vidas o fruto do Espírito de Deus.
- “amadurecimento do fruto do Espírito Santo”, é quando o crente adquire experiência na prática da vida espiritual, apresentando o fruto do espírito com suas características.
- “nenhum sentimento humano que possa ser comparado”, isso por ser uma alegria permanente, onde mesmo tendo alguns momentos de tristeza, o servo de Cristo tem um estado permanente de alegria. E também por ter paz com Deus.
__________________________________________
1. Um sentimento maravilhoso
- “felicidade por todas as coisas que recebemos de Deus”, geralmente não é uma alegria por coisas materiais, mas sim uma felicidade por coisas até mesmo simples como uma manhã com a família por exemplo. Passamos a observar bênçãos de Deus nas diversas áreas da vida, que não havíamos dado atenção anteriormente e isso alegra o nosso coração.

1.1. Uma alegria de dentro para fora.
* Neste tópico é mostrado que a alegria não deve ser estimulada de fora para dentro, mas ela deve surgir de dentro da pessoa, devido a ação do Espírito Santo que habita em nós.
- “atrelada as coisas passageiras”, novas teologias como a da prosperidade, por exemplo levam os crentes a buscarem coisas materiais para se alegrarem, sabemos que coisas materiais trazem junto mais responsabilidade e preocupação, além de atraírem muitos ladrões.
- “alegria constante e permanente”, uma alegria que habite na pessoa dando a ela a característica de pessoa feliz.
- “o uso da tecnologia de forma exagerada”, essa é uma denúncia de que os homens buscam alegria de alguma forma e por isso fazem uso exagerado dos meios tecnológicos.
- “dependente de estímulos externos”, se refere aos jogos, aos programas e aos entretenimentos que as pessoas usam para tentar disfarçar a tristeza constante de estar afastado de Deus.

1.2. Uma alegria permanente.
* Aqui o comentarista chama a atenção para o fato de que os servos de Deus devem ter uma comunhão constante com o Senhor, para que possam desfrutar dessa alegria permanentemente.
- “começa a se afastar da comunhão”, para que tenhamos esse fruto do Espírito em nossa vida precisamos estar em comunhão com Deus, por isso as tentações do inimigo são para nos afastar do Pai.  
- “oração e da leitura sistemática da Palavra”, essa é a base da vida devocional, que fortalece os servos de Cristo, a oração e a leitura da Palavra.
- “deve ser constante na vida daquele que busca”, infelizmente alguns crentes se contentam com momentos em presença do Espírito Santo, não querem ter Ele habitando no interior.

1.3. Quem está em Cristo vive alegre.
- “nos difere dos outros animais é o raciocínio”, o raciocínio é a capacidade de elaborar complexas resoluções através da análise de dados. A consciência é na verdade o maior fator de diferenciação entre nós e os animais.
- “adorar ao Criador de forma racional”, significa adorar sabendo o que está fazendo, sem acréscimos externos e sem se deixar levar por picos de euforia que prega muitas vezes uma falsa espiritualidade.
- “reconhecer de coração as bênçãos”, não ser ingrato, assim sempre no lembraremos que somos dependentes do Senhor e jamais sairemos da Sua presença.
_____________________________________________
2.  Alegrando-se em tempos difíceis.
- “viver alegres em meio às tribulações”, esse é um grande objetivo do Senhor para as nossas vidas. Deus espera que possamos achar alegria em mesmo estando no meio das tribulações.

2.1. Deus age produzindo alegria.
* Nesse tópico está sendo afirmado que o agir de Deus na vida do ser humano produz nele alegria e essa alegria o ajuda a enfrentar os problemas da vida sempre com o coração feliz.
- “capacidade de modificar a situação do homem”, na verdade o homem não muda nada por fora, mas tem o seu interior modificado e assim ele pode ser alegre estando com vários problemas.
- “pior que seja o momento pelo qual”, alguns pregadores chegam a pregar um evangelho falso, onde afirmam que todos os problemas serão resolvidos e todas as portas serão abertas. Mas o Senhor nos chamou para caminhar entre os problemas.
- “por vermos a queda moral da raça humana”, se olharmos para a raça humana e seus problemas, ficaremos entristecidos por acharmos que não há mais solução para esse mundo e assim ficaremos desanimados.

2.2. Desfrutando do gozo do Espírito.
* Aqui está sendo mencionado a alegria em viver no Espírito Santo, na presença do Senhor, mesmo se alegrando com as coisas materiais.
- “estão baseados em prazeres da carne”, é o grande apelo da mídia nesses dias, os comerciais, as vinhetas, outdoors, programas, filmes e toda série de conteúdo da internet.
- “Tais prazeres são efêmeros”, quer dizer que são passageiros, em algum momento pode causar alguma alegria, mas depois vem um vazio e às vezes depressão.
- “cessará com a desintegração deste corpo”, se referindo à morte, e podemos acrescentar que na transformação do corpo no dia do arrebatamento esses prazeres cessarão.
- “podemos nos alegrar por coisas materiais”, o texto de Isaias referenciado aqui fala de se alegrar perante o Senhor. De fato podemos nos alegrar com a compra de uma casa, com aprovação na faculdade ou a conquista de uma porta de emprego, mas isso deve ser feito diante do Senhor.

2.3. Testemunho de louvor.
* Nesse tópico você pode ensinar a respeito do testemunho que a Igreja dá a todos os homens da alegria que sentimos em servir a Deus, mesmo vivendo nas perseguições e indiferenças do mundo.
- “a Igreja do Senhor sofreu perseguição”, não somente no tempo dos apóstolos, mas em muitos outros momentos depois. Se a Igreja de Cristo não tivesse essa alegria gerada pelo Espírito, ela teria parado a sua trajetória a muito tempo e o Evangelho não chegaria a nós hoje.
- “os mesmos cantavam sem parar”, na cultura hebraica o louvor é uma expressão de alegria. Por isso o apóstolo Tiago recomenda que quem estiver alegre cante! Tg 5.13
- “O testemunho de louvor”, é chamado de testemunho por ser uma prova da nossa alegria e do nosso amor para com Deus.
________________________________________
3. Lições práticas

3.1. O Senhor garante uma alegria duradoura.
* Esse tópico fala da alegria que temos dentro de nós e que irá conosco para a eternidade.
- “é comum nos sentirmos abatidos”, embora tenhamos uma alegria constante, temos tristezas passageiras. Enquanto aqueles que não tem Deus, possuem tristeza constante e alegrias passageiras.
- “cada vez mais rápido em contato com os acontecimentos”, isso gera uma vida de correria e faz com que tenhamos a impressão de que os anos estão passando mais rápido.  
3.2. Depender de Deus nos torna forte.
* Aqui é mostrado como podemos ter força para vencer as lutas, ou seja na dependência de Deus.
- “certeza que teremos o nome escrito nos céus”, se traduz em certeza da salvação, foi isso que Davi falou no Salmo:
“Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário.” Sm 51.12
- “comunhão íntima com o Criador”, significa conhecer a Deus profundamente e como Deus é infinito em conhecimento, podemos a cada dia melhorar mais a nossa intimidade com Ele.
- “nos torna forte e tira de nós a tristeza”, Deus não quer remover barreiras da nossa frente, mas Ele se alegra em nos fazer fortes para transpô-las e vencer.  

3.3. Experimentando a perfeita alegria.
* Aqui temos o testemunho da verdadeira alegria e como ela se apresenta na vida do crente fiel e a estratégia do maligno.
- “experimentaremos a Sua alegria em nós”, quer dizer que não é uma alegria do mundo, mas uma alegria que vem do Criador e como Ele habita em nós na pessoa do Espírito Santo, essa alegria frui de dentro do nosso ser.
- “nada que nos seja apresentado possa nos tirar”, essa estratégia de Satanás é comum nos dias atuais, oferecer diversos entretenimentos aos servos de Cristo para afastar- lhes da missão.

CONCLUSÃO
- “nos garantirá mais momentos de felicidade”, devido o servo de Deus ter essa alegria dentro dele, ele passa a se alegrar com coisas muito simples da vida, porém muito especiais, como um café em família por exemplo.
- Faça o resumo e corrija o questionário.

QUESTIONÁRIO

1. Por que o homem foi dotado por Deus de entendimento?
R: Para que pudesse adorar ao Criador de forma racional (Rm 12.2).

2. Do que o servo fiel vive cercado?
R: Das misericórdias do Senhor (Sl 32.10).

3. O que Jesus prometeu converter?
R: A tristeza em alegria (Jo 16.20).

4. O que o livro de Atos nos mostra?
R: Que a Igreja sofreu perseguição sem, contudo, perder a alegria gerada pela ação do Espírito Santo.

5. O que a alegria proveniente do amadurecimento do fruto do Espírito Santo nos garante?
R: A certeza de que teremos o nome escrito nos céus (Lc 10.20).


Marcos André – professor

Boa Aula!

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.