sábado, 23 de julho de 2016

ESCOLA DOMINICAL CENTRAL GOSPEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 4 - Revista Central Gospel


AULA EM___DE______DE 2016 – LIÇÃO 4
(Revista: Central Gospel - nº 47)

Tema: O CRESCIMENTO DO ISLÃ NO MUNDO

Texto Áureo: Êxodo 22.21
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), para esta lição estude o islã e seus elementos da fé. Para alguns segmentos da igreja o Islã é chamado de seita, porém para outros é reconhecido como religião.
- “mundo ocidental”, é constituído pela Europa e Américas.
- “índice de natalidade entre os mulçumanos”, os mulçumanos não aceitam perder seus filhos para o mundo ou para outras religiões. Por isso quanto mais filhos eles tiverem mais essa religião cresce.
- “intolerância”, é característica daquele que não tolera alguém pelo fato de essa pessoa pertencer a outra religião.
_______________________________________________
1. UMA BREVE HISTÓRIA DO ISLAMISMO

1.1. Relação entre fé islâmica e Abraão
- “para os mulçumanos”, sabemos que os árabes são descendência de Ismael e Islã é foi edificado na história dos Árabes, o que está sendo narrado aqui é uma crença mulçumana sobre a história de Ismael e Abraão.

1.2. Os Árabes antes de Maomé
- “politeístas”, quer dizer que acreditavam em vários deuses.
- “animistas”, que acreditavam na existência da alma humana.
- “feiticistas”, que adotavam a prática do feitiço, naquela época era comum entre tribos indígenas e hindus.
- “não apresentavam unidade política”, quer dizer que não tinham um governo, ou um clã, nem um líder.  

1.3. Maomé, o profeta do Islã
- “ter contato com outras religiões”, isso explica o caráter sincrético do Islã e seu aspecto legalista.
- “religião monoteísta de Abraão”, na época de Abraão a sua religião não possuía o nome de Judaísmo, na verdade não tinha nem um nome definido.

1.3.1. A revelação
 - “Jibril”, é o nome Gabriel em árabe, teria sido o primeiro contato de Maomé com o Senhor, que passou a chamar pelo nome árabe “Alá”, que é a tradução de “Deus”.
- “profeta de uma nova fé”, para os mulçumanos Alá é o mesmo Deus dos hebreus, mas segundo eles nem Israel e nem Jesus teriam cumprido a sua missão na terra, que era de proclamar o nome do Senhor. Seria uma nova fé por não pregar a Jesus como salvador e sim Alá como o Senhor de tudo.

1.3.2. Alcorão (ou Corão), o livro sagrado do Islã
- ...

1.4. Maomé e a tentativa de unificação da fé
- “pensava que proclamava a mesma fé”, a fé é diferente porque anunciamos a Cristo o Salvador do mundo através da obra na cruz, mas os mulçumanos não reconhecem a Jesus como o filho de Deus.
__________________________________________
2. AS CINCO COLUNAS DOUTRINÁRIAS DO ISLÃ
- “dogmas muito simples”, dogmas são costumas e doutrinas que caracterizam uma religião. Os dogmas do Islã são bem mais simples do que os do cristianismo e judaísmo. Porém poderá haver controvérsias nisso, pois os dogmas do Islã são baseados no legalismo.

2.1. A profissão de fé (Shahadah)
- “diante de uma testemunha”, para se tornar cristão também precisa de testemunhas, porém a confissão é de que aceita a Jesus como salvador e pode ser na própria língua.

2.2. A prece ritual (Salat)
- “é feita cinco vezes por dia”, essas orações são feitas nas posições de pé, curvado, de joelhos, prostrado e sentado, onde o devoto recita versículos específicos do Alcorão.

2.3. A ajuda aos necessitados (Zakat)
- “é um imposto obrigatório”, diferente do cristianismo onde não há regulação da obrigatoriedade sobre o dízimo, ficando para a consciência do dizimista e ofertante.

2.4. O jejum de Ramadam (sawm)
- “todos os dias”, quer dizer que não faz o jejum no mês inteiro, mas é feito todos os dias por espaço de trinta dias em horários específicos.

2.5. A romaria a Meca (Hajj)
______________________________________
3. O ISLAMISMO DEPOIS DE MAOMÉ
- “prontos para uma reforma política”, havia um certo descontentamento na sociedade, nas áreas política e religiosa.
- “inspirarem zelo doutrinário”, um dos motivos que fazem uma pessoa seguir uma religião é observar a seriedade e compromisso de seus líderes. Por conta da falta desse compromisso em muitas igrejas evangélicas, hoje existem  uma multidão de crentes desigrejados.

3.1. Divisões sectárias do Islamismo
- “um grande problema a resolver”, esse problema era administrativo, porque eles acreditavam que Maomé era um profeta enviado por Alá e como Alá não levantou um sucessor e nem Maomé o fez, então deveriam agora criar esse cargo.
- “os xiitas olham para o futuro”, ocorrem incidentes entre esses dois grupos, extremistas de ambos os lados às vezes se explodem.

3.2. Todos os mulçumanos são extremistas?
- “extremista”, é aquele que leva ao extremo a sua fé, são os fanáticos armados. Existem grupos de mulçumanos extremistas armados que promovem atentados suicidas e ataques das formas mais variadas possíveis. Uns lutam contra Israel e outros contra os “infiéis” do ocidente.
- “interpretações radicais”, assim como alguns fazem com a Bíblia lá eles fazem com o Alcorão. Por conta dessas interpretações esses grupos extremistas fazem atrocidades com os que eles consideram infiéis.

3.3. O que a Igreja deve considerar sobre o Islã
-...

3.3.1. Como a Igreja deve reagir à expansão islâmica?
- “evangelização de mulçumanos”, não é difícil esse tipo de evangelização pelo fato de não haver perseguição nesses países, mesmo assim deve ser feito com cautela.
- “evangelização nos países mulçumanos”, nos países mulçumanos há muita intolerância aos cristãos, por isso na maioria deles ocorrem grande perseguição.
______________________________________
CONCLUSÃO
- “sem precisar...atravessar continentes”, isso porque eles estão avançando para o nosso continente.
- “guerras urbanas deflagradas”, são os milhares de problemas que enfrentamos nas nossas cidades, matança de policiais, intolerância racista, perseguição aos homossexuais, tráfico de drogas, etc.
- “verdadeiro cristão”, aquele que de fato teve um encontro com Cristo, nada o separa do amor de Deus, nem mesmo a morte.
- Faça o seu resumo e exponha à classe.
- Corrija o questionário.

Boa aula!

Marcos André – professor

2 comentários:

  1. Está lição já passou, muito obrigado... Mas aos que ainda não tiveram ela, será de grande importância para o seu convívio...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém profeta, é porque nós iniciamos assim que termina o trimestre da CPAD e Betel, por isso que fica defasado em relação às igrejas que começaram antes.

      Paz de Jesus irmão Ricardo

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.