sábado, 20 de agosto de 2016

ESCOLA DOMINICAL CPAD ESBOÇO - Conteúdo da Lição 8 - Revista da CPAD - ADULTOS


AULA EM 21 DE AGOSTO DE 2016 – LIÇÃO 8
(Revista: CPAD)

Tema: A Evangelização dos Grupos Religiosos

Texto Áureo: Jo 3.5
  
INTRODUÇÃO
- Professor(a), para esta aula se apegue a parte prática e nos exemplos atuais.
- “um dos maiores desafios da Igreja”, obviamente, pois alguém que já tem uma religião já está com suas convicções em alguma coisa e além do mais, quando evangelizamos alguém que possui uma religião somos visto como arrogantes, como se disséssemos que nossa religião é a certa e a da pessoa é a errada.
- “não foi destruído pelo avanço da ciência”, o avanço da ciência aumentou o pensamento racional, ficando comum a explicação de tudo pela lógica. Porém as pessoas continuaram a manter o sentimento religioso, o sentimento de que necessita do Criador.
- “procurar refúgio na religião”, pois uma das funções da religião é acolher o oprimido e ajudar as pessoas tanto espiritualmente como materialmente.
- “Falar de Cristo aos religiosos”, consiste em falar da mensagem de Cristo e não da religião cristã evangélica.  
_______________________________________
I - OS MITOS DA RELIGIÃO

1. Mito um: todas as religiões são boas.
- “os amonitas queimavam suas criancinhas”, ao que parece o termo “moleque” do português vem desse ídolo ao qual se oferecia sacrifício de crianças.
- “desregramentos sexuais não tinham limites”, os cultos eram praticados com orgias sexuais, por isso atraía muitos judeus à suas práticas.
- “nem todas as religiões são boas”, atualmente sabemos de religiões que permitem a prática de rituais para prejudicar outras pessoas, como magia negra, vudu entre outras. 

2. Mito dois: todas as religiões levam a Deus.
- “como podemos alegar que todas as religiões levam a Deus?”, as Escrituras nos passam o Senhor com um caráter bom, que amaná a bondade e o amor. Ele não aceitaria uma religião que promove o mal de alguém.
- “declaradamente, prestam culto a Satanás”, existe atualmente a igreja satânica nos Estados Unidos com sede em Nova York.

3. Mito três: nenhuma religião é verdadeira.
- “a religião pura e imaculada é”, assim concluímos que existe uma religião pura e também existem as que não puras.
- “não podemos nivelar, por baixo”, significa julgar todas as religiões como sendo falsas.
- “não faz da pessoa um religioso”, religioso é aquele que segue o sistema doutrinário de uma religião.
_________________________________
II - COMO EVANGELIZAR OS RELIGIOSOS

1. Não discuta religião.
- “sobre o novo nascimento”, Jesus apresentou um conceito sobre nascimento que Nicodemos não conhecia. Como temos conceitos diferentes acerca de assuntos religiosos com os religiosos de nosso tempo, devemos apresentar novas ideias e perspectivas espirituais e não ficar condenando e debatendo com base nos velhos conceitos religiosos.
- “Nicodemos apresenta-se voluntariamente como discípulo”, quer dizer que ele recebeu a mensagem e mesmo que na hora ele não tenha se pronunciado, mas a semente foi lançada no coração.
- “Em vez de contender com os religiosos”, os debates acalorados não tem ajudado o evangelho, só conseguimos arranjar mais inimigos e desafetos, mas a promoção do bem às pessoas, o anúncio da mensagem da graça e o bom testemunho conduz até mesmo os religiosos a fé em Cristo, pois foram os feitos de Jesus que chamaram a atenção de Nicodemos.

2. Não deprecie religião alguma.
- “não depreciou a religião de Samaria”, Samaria cultuava ao Senhor, porém não ia ao Templo, devido ao problema com os judeus, o que invalidava a religião perante a Lei.
- “nem sublimou a de Israel”, não puxou a sardinha para a religião oficial, é um descuido muito grande ao evangelizar alguém que possui uma religião ficar debatendo conceitos religiosos.
- “ofereceu-lhe prontamente a água da vida”, a religião judaica e também a cristã transporta uma mensagem poderosa, por isso ao evangelizar um religioso devemos passar-lhe a mensagem e não os dogmas religiosos.
- “não teremos tempo para falar de Cristo”, talvez nem tenhamos mais oportunidade, pois a pessoa que tem a sua religião de origem depreciada se fecha ao diálogo.

3. Mostre a verdadeira religião.
- “a verdadeira religião”, na verdade quem salva é Cristo e a religião conduz a Sua mensagem. Dessa forma podemos entender que a verdadeira religião é a que apresenta a Jesus como salvador do mundo.
- “anunciou-lhes Cristo como o único caminho”, note que Paulo apresenta a mensagem e não a religião.
___________________________________________
III - RELIGIOSOS QUE REPRESENTAM DESAFIOS
- “temos de adotar a estratégia”, estratégia se refere ao método para se conquistar um objetivo, no nosso caso é evangelizar os religiosos.

1. Católicos romanos.
- “nominalmente cristãos”, significa “cristão apenas de nome”.
- “acham-se presos à idolatria”, devido ao culto às imagens, onde estimulam que se faça petições aos santos canonizados pela igreja Católica.
- “misticismo”, é a crença no poder sobrenatural associado à matéria.
- “não ofenda Maria”, para os católicos Maria está no mesmo patamar de Jesus, alguns afirmam que ela teria ascendido ao céu à semelhança de Cristo.
 
2. Espíritas.
- “adeptos dos cultos afros”, são o candomblé e a macumba, pois também são chamados de espírita.
- “evite toda e qualquer discussão”, as pessoas que observarem discussões entre crentes e espíritas, tem a tendência de se posicionar ao lado do espírita contra o crente.
- “ordenado morrerem uma única vez”, devido à crença espírita de que o ser humano ao morrer retorna à terra para viver uma nova vida.

3. Judeus e muçulmanos.
- “eles são tão necessitados de Cristo”, os judeus deixaram o caminho da verdade e estão ainda aguardando o Messias.
- “não ofenda Maomé”, também não deve ofender a cidade de Meca, nem a Alá e nem qualquer outro símbolo do Islã.

4. Ateus.
- “são tão religiosos quanto os demais homens”, os ateus se esforçam para a creditarem que Deus não existem.
- “Não tente provar-lhes que Deus existe”, eles sabem disso de forma inconsciente.

5. Os desviados do Evangelho.
...
____________________________________
CONCLUSÃO
- “prepare-se adequadamente”, o preparo deve ser bem pensado, pois por conta de crentes que ignoraram esse preparo já houveram escândalos dos mais variados.
- “Ninguém pode ser esquecido”, os crentes devem estar prontos a evangelizarem todo tipo de pessoas nas diversas situações possíveis.
- Faça uma revisão da aula com os alunos.
- Não deixe de corrigir o questionário.

Respostas:
   
Quais os principais mitos sobre a religião?
Todas as religiões são boas, todas as religiões levam a Deus e nenhuma religião é verdadeira.

Como falar de Deus aos católicos?
Em sua evangelização, não ofenda Maria, nem os santos venerados por eles. Evite apontar a igreja evangélica como superior à católica. Antes, exponha-lhes Jesus como o caminho, a verdade e a vida (Jo 14.6).

Como falar de Cristo aos espíritas e adeptos dos cultos afros?
Na evangelização dos espíritas e dos adeptos dos cultos afros, evite toda e qualquer discussão. Mas, com amor e sabedoria, convença-os, pela Bíblia, de que aos homens está ordenado morrerem uma única vez, e que o sacrifício de Jesus Cristo é suficiente para levar-nos ao Pai.

Como evangelizar os muçulmanos?
Na evangelização dos muçulmanos, não ofenda Maomé. Todavia, não deixe de proclamar-lhes a supremacia de Cristo na salvação de todos os que creem (Rm 1.16).

Por que é urgente falar de Cristo aos desviados?
Porque Jesus os ama e Ele pode voltar a qualquer momento.

Pr Marcos André – professor
Boa Aula!

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.