sábado, 17 de setembro de 2016

ESCOLA DOMINICAL CPAD ESBOÇO - Subsídio da Lição 12 - Revista da CPAD - ADULTOS


AULA EM 18 DE SETEMBRO DE 2016 – LIÇÃO 12
(Revista: CPAD)

Tema: A Evangelização Real na Era Digital

Texto Áureo: Hc 2.2
  
INTRODUÇÃO
- Professor(a), para esta lição recomendo que você esteja a par dos termos usados nas redes sociais e na internet.
- “no último século é superior a tudo o que foi escrito...anteriormente”, com o avanço da tecnologia o ser humano passou a pesquisar mais, inventar mais e escrever mais, produzindo dados em grande volume.
- “era da informação instantânea”, essa era recebe esse nome porque no século XIX as notícias iam de um continente ao outro em questão de horas, no século XX as notícias passaram a atravessar o oceano em questão de uma hora a quarenta minutos, mas no presente século sabemos de fatos ocorridos na Europa em menos de dez minutos.
- “viu-se às voltas com tantas concorrências e distrações”, esses meios digitais capazes de produzir e armazenar dados em grande capacidade tem produzido coisas que tiram a atenção das pessoas e as tornam escravas da modernidade.
_______________________________________
I - PECADORES DIGITAIS NAS MÃOS DE UM DEUS REAL
- “era vista, por alguns, como a porta do inferno”, esse pensamento perdurou até o início da pós-modernidade em 1989 (queda do muro de Berlim), a partir de então o conceito que os crentes tinham sobre tecnologia e informação passou a mudar.  

1. Pecados em série.
- “resolveu ficar no palácio”, assim como alguém que tendo atividade em sua congregação deixa para ficar em casa vendo TV, jogando ou acessando a internet.
- “seu adultério levou a instabilidade a todo o Israel”, o pecado de uma pessoa de liderança promove efeitos danosos a todos que estão debaixo de sua autoridade, isso tem acontecido com muitos pastores e dirigentes.
- “discretamente, a geração digital acessa sites imorais”, a palavra discretamente aqui pode ser substituída pela palavra “secretamente”. Muitos na confiança de que ninguém esteja vendo mantém o hábito de assistir erotismo e pornografia na internet e alguns crentes também fazem isso.
- “produzir conteúdos bíblicos de excelente qualidade”, para que seja também um atrativo às pessoas, pois os ímpios se esforçam em produzir entretenimentos sensuais e o povo de Deus não devem fazer coisas de qualquer maneira para Deus.

2. Rede de intrigas.
- “rede sofisticada de relacionamentos”, Jonadabe usou da estratégia e fofoca para criar uma situação e deixar Amnom a sóis com Tamar.
- “utilizando como pretexto amor e doença”, ele usou uma armadilha com base no fingimento.
- “têm multiplicado traições, adultérios e a destruição”, exatamente pela facilidade em aproximar pessoas, nunca se traiu tanto no mundo como no período atual. As redes sociais tem se tornado uma rede de armadilhas para pessoas no mundo inteiro.

3.  O e-mail fatal.
- “na qual arquitetava a morte de Urias”, agora Davi tentava esconder um pecado cometendo outro ainda maior. As pessoas tentam fazer isso para menter suas posições ou reputações.
- “correio eletrônico facilita-nos o dia a dia”, a palavra e-mail vem de duas palavras do inglês “e” abreviatura de eletronic e “mail” que significa correio ou enviar.
- “vem sendo utilizada também para arruinar reputações”, com a facilidade de comunicação, se tornou fácil também disseminar fofocas e intrigas pela internet.
- “caluniar e até matar”, assim como por uma mensagem veio a morte de Urias, também por um email, uma mensagem de whatsapp ou qualquer outra rede social.
- “para comunicar vida através do Evangelho”, o ideal é uma visita pessoal, porém o email facilita, pois podemos por ele mostrar para alguém que nos preocupamos.
_________________________________
II - CONSERTANDO A REDE PARA CRISTO
- “tem uma grande rede a consertar: a internet evangelística”, “consertar a rede” é um jogo de palavra para fazer alusão à internet, pois a palavra “network” traduzindo significa “rede” a mesma tradução para a palavra “web”.  

1. Vocação.
- “acha-se poluído com sites ruins e falsos”, navegar pela web é como caminhar no meio de terreno com lama, corre o risco de se sujar.
- “nesse ambiente que a sua página tem de fazer toda a diferença”, uma página é todo conteúdo que pode ser postado numa tela de computador, pode ser um site, um blog ou um perfil numa rede social.
- “evangelize coletivamente”, passando mensagens a grupos, com o cuidado para não se produzir “spans” que são mensagens automáticas que incomodam mais do ajudam.
- “discipular individualmente”, conseguindo contato com uma pessoa deve-se anunciar a Cristo, com o cuidado não se deixar cair em nenhuma armadilha do maligno.

2. Mensagem.
- “precisa ter uma mensagem bem definida”, é ter um foco, deve ter o cuidado de não perder tempo em discussões teológicas que não conduzem a nada. Quando se posta alguma coisa interessante referente a Bíblia, ao ministério de Jesus e à Sua mensagem, acaba atraindo os debatedores, aqueles que possuem teses bem elaboradas, mas que não acrescentam no objetivo de evangelizar as pessoas.

3. Habilidade.
- “saber como manusear um site ou um blog”, com isso ele fará um trabalho de qualidade, com textos, fotos e montagens interessantes que chamem a atenção das pessoas. Deve-se evitar textos muito longos e entediantes; usar cores nas edições; responder aos comentários; colocar sempre o nome de Jesus em evidência; postar diariamente, ainda que seja algo simples. Com essas e outras dicas pode construir uma página interessante.
- “usar a rede e consertá-la”, trabalhando a rede (internet) atualizando, acrescentando conteúdo, etc.
___________________________________________
III - EVANGELHO REAL PARA PESCADORES DIGITAIS

1. Fator Habacuque.
- “que passa correndo pelos sites...jamais será alcançado”, isso faz parte das dicas para se construir uma página que chame a atenção, nada de usar textos extensos e maçantes e nem falar coisas sem nexo.
- “prolixas”, se refere às mensagens longas.
- “cheias de parênteses”, seriam parênteses explicativos, se refere à mensagens de difícil compreensão.
- “subjetivismos”, se refere às mensagens subjetivas, que não são claras.

2. Fator Eliseu.
- “Eliseu era reconhecido, por todo o Israel”, quer dizer que as palavras dele já tinham uma pré aprovação pelo renome do homem de Deus.
- “saber que temos um compromisso real com o Evangelho”, a página deve ter um objetivo, se vai falar de Cristo que fale de Cristo então, não dando lugar a coisas mundanas.
- “sua postura será suficiente para levar almas”, a postura de um homem ou uma mulher de Deus pode ser responsável pela conversão de muitas pessoas, geralmente as pessoas, a chamada pregação sem palavras.

3. Fator Paulo. 
- “o altar dedicado ao Deus Desconhecido”, era um altar com mais de cinco séculos de história, construído para uma divindade que os atenienses não conheciam, mas que os ajudara no passado. (Livro: O Fator Melquisedeque)
- “inteirado quanto aos eventos, problemas e crises”, Paulo conhecia a história do altar e por isso soube usá-la para pregar a mensagem aos filósofos.

4. Fator Filipe.
- “preparado para interpretar a Palavra de Deus”, nesse casa a pessoa deverá ter conhecimento da Palavra, por isso não pode relaxar na leitura das Escrituras Sagradas.
- “um preparo real”, ter uma base na Bíblia, se interessar pelas teses e estudos diversos.
- “que maneja bem a palavra”, manejar bem a Palavra, não significa saber versículos de cor, mas saber argumentar dentro da Bíblia sobre diversos assuntos.
____________________________________
CONCLUSÃO
- “refugiam-se nesse universo irreal”, esse tipo de evangelização deve ter resultados reais, conduzir as pessoas evangelizadas até as igrejas ou a oração no lar para que recebam a Jesus como salvador.
- Faça uma revisão da aula com os alunos.
- Não deixe de corrigir o questionário.

Respostas:
  
O que caracteriza a era da informação?
Informação acessível e em tempo real.

Cite alguns aspectos do pecado na era digital.
Pecados em série, rede de intrigas e e-mail fatal.

Como deve ser o evangelista na era digital?
O evangelista deve ser alguém que, além da vocação, da mensagem e habilidades específicas, deve saber como manusear um site ou um blog. Em suma, ele deve saber usar a rede e  consertá-la para que seu trabalho seja frutífero.

Cite algumas das características da evangelização na Internet.
A mensagem de evangelização pela Internet há de ser clara, breve e objetiva.

O que é o fator Habacuque?
É a evangelização na internet de forma direta e incisiva.

Pr Marcos André – professor
Boa Aula!

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.