quarta-feira, 26 de outubro de 2016

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 5


AULA EM 30 DE OUTUBRO DE 2016 – LIÇÃO 5
(Revista: Editora Betel)

Tema: A pureza do louvor na adoração 

Texto Áureo: Sl 89.7
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição conduza os alunos no caminha da verdadeira adoração, tente quebrar alguns paradigmas da atualidade.
- “a Palavra de Deus é um livro de louvores”, são poesias que podem ser musicadas, claro que nas línguas originais é mais fácil fazer isso.
- “revela ângulos magistrais da natureza”, quando se fala em ângulo de algo, se refere a ponto de vista, aqui está dizendo que através do louvor passamos a ver Deus de um outro ângulo.
__________________________________________
1. Louvor: expressão da alma
- “o que ocorre nas sombras de sua intimidade”, se refere ao que acontece no mais profundo do interior da pessoa, a expressão “sombras da iniquidade” se refere à algo dentro da intimidade da pessoa que ninguém vê.
- “Sara a minha alma, porque pequei”, linguagem poética pra dizer o quanto o pecado é prejudicial ao ser humano, pois declara que a sua alma está doente.
- “como expressão da profundidade da alma”, o louvor expressa o que a pessoa tem dentro da alma.

1.1. Alegria: presença de Deus gerando festa na alma.
- “associam o louvor somente à alegria”, isso é um paradigma, uma ideia pré formada de que precisamos estar alegres para louvar ao Senhor e de que o coração contrito só faz petições a Deus.
- “é o ingrediente mais incentivador do louvor.”, quer dizer que o coração alegre louva a Deus com maior facilidade.
- “que deve distinguir a vida cristã das outras”, sabemos que o cristão possui uma alegria permanente e tristezas passageiras, por isso temos facilidade em ficar alegres, mesmo que estejamos momentaneamente tristes por motivos diversos.

1.2. Quando o louvor enfrenta a dor.
- “Frida Vingren”, enfermeira missionária e esposa do pastor Gunnar Vingren - fundador da Assembléia de Deus no Brasil.
- “do céu as lindas melodias se ouviram na escuridão”, quer dizer que as melodias que foram dadas do céu a seus autores aqui na Terra foram ouvidas na escuridão dos momentos difíceis, por estarem eles amargando provações.
- “O louvor que enfrenta a dor parece rasgar a alma”, são louvores que se opõem à dor da amargura da alma, é como se a pessoa declarasse para si mesmo, independente do que Deus faça ou deixe de fazer, continuarei adorando.
- “viciada em sucesso”, como se as pessoas sentissem uma grande necessidade de provar umas para as outras que são felizes e vitoriosas.
- “Parece ser proibido sofrer, na atualidade”, tanto dentro como fora da igreja notamos que a ideologia da felicidade a todo custo está difundida no mundo. Mas deixemos claro que até mesmo o mais fiel dos crentes sofre suas provações para que também alcance uma maturidade.

1.3. O louvor como testemunho das grandezas de Deus.
- “Quando isso acontece, o louvor se transforma”, quando o louvor alcança uma multidão, como uma igreja cantando e glorificando num só som.
- “poderoso testemunho da ação e das grandezas de Deus”, no texto de Atos mencionado nesse tópico mostra como a comunidade dos cristãos impactava a população de Jerusalém. Assim pode acontecer também nas igrejas onde o povo adora o Senhor num só coração, se torna um poderoso testemunho.
- “ter a mesma alma é quebrar padrões”, a sociedade apregoa a ideia de competição, de ser melhor que os outros, mas o Evangelho passa a ideia de união, de compartilhar e de ajudar uma ao outro.
- “louvar ao Deus em comunidade”, no tempo do Antigo Testamento, as festas eram estatutos para toda a nação e a família que se negasse a participar estava em franca rebelião contra o Senhor.
_____________________________________________
2. A atualidade e a crise do louvor
- “Deslizes teológicos”, se refere a louvores que fazem certos atos proféticos e outras atividades que são contrárias à Palavra de Deus, alguns desses supostos atos proféticos beiram a heresia e o ridículo.

2.1. O perigo da sedução da grandeza.
- “o louvor também pode acontecer no anonimato?”, a pergunta pede ser feita assim: o louvor pode ser feito por aqueles que não são conhecidos, em locais que são pouco conhecidos?
- “badalação e mídia suficiente para lotar estádios”, assim como muitos pregadores sonham em pregar nos grandes eventos, muitos cantores também sonham em fazer semelhante ou maior sucesso, são atraídos pela fama.
- “É a adoração corporativista”, é a adoração em que só se reconhece um tipo de adorador, o conhecido, o renomado, o que possui um grande aparato.
- “Essa sedução da grandeza é perigosa porque tira o foco”, para justificar a ideia de grandeza eles usam a expressão: “Deus merece o melhor”, porém fica no ar uma dúvida, será que fazem o melhor para Deus ou para se engrandecerem por terem preparado grandes eventos ou estarem a frente de grandes ministérios?

2.2. Culto show? 
- “A ideia secularizada”, quer dizer que é uma ideia do mundo, própria do sistema mundano.
- “templos/shoppings e dos cultos/shows”, isso acontece porque as pessoas buscam lugares que façam elas se sentirem bem, porém não buscam mais o bem estar espiritual, agora querem o bem estar físico e psicológico.
- “hodierna”, significa moderna, atual.
- “em busca de entretenimento religioso”, alguma coisa que o prenda ou que chame a atenção, se não for assim classificam o culto de frio ou sem unção.
- “Ao invés de adoradores, temos consumidores”, são chamados de consumidores porque querem ser agradados, buscam igrejas que se adaptem a eles. Está arriscado a qualquer dia desses querem devolução de ofertas ou dízimos por não terem recebido o que esperavam da igreja.
- “antiga política dos romanos (pão e circo)”, essa era uma estratégia para entreter e acalmar as massas populares para que não se revoltassem contra o estado por suas mazelas.
- “mais próxima dos ideais de um certo querubim”, se referindo à Satanás, que segundo o texto sagrado era querubim no céu, o nome Lúcifer não aparece na Bíblia.

2.3. Celebridades ou servos.
- “esse crescimento dos tais “ministérios de louvor” a um avivamento”, acreditam que tal ministério ou igreja está sendo avivado e por isso vem o crescimento, porém estão confundido avivamento com sucesso.
- “quando começam a cair no esquecimento”, alguns artistas e cantores quando começam a cair no esquecimento aprontam algum escândalo, outros cantores vão para mídia gospel afirmando estarem convertidos.
- “no meio evangélico atual, há uma pobreza artística”, se referindo à falta de criatividade e profundidade nas letras e também ao plágio musical que está cada vez maior.
- “teatro sempre procurando incutir medo ao invés de amor”, se refere às músicas que apresentam a ideia de que Deus vai castigar, jogar no leito, passar a espada, etc.
________________________________________
3. A presença de Deus e o louvor 

3.1. Louvando sem palavras.
- “Ficamos numa dimensão sagrada”, podendo se dizer dimensão espiritual.
- “Em João 3.8, Jesus diz a Nicodemos:”, aí está a referência bíblica completa:
“O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito.”
Jo 3.8
Note que Jesus afirmou que aqueles nascidos do Espírito também serão assim, livres.
- “na vida dos que estão dentro e fora dos “padrões” oficiais”, significa dizer que o Espírito Santo sopra tanto na vida dos que seguem os padrões oficiais como naqueles que não seguem esses padrões. Os padrões oficiais podem ser os “brados de aleluia e glórias a Deus.”
Esse tópico fala da adoração pelo Espírito, sem palavras.

3.2. Refletindo Deus no louvor.
- “é que ela pode se manifestar através de nós”, significa as pessoas verem Deus através das nossas ações.
- “eu posso sentir os braços do Pai ao abraçar o irmão”, o costume de abraçar os irmãos em Cristo está com o povo de Deus desde a reforma protestante, em muitos casos durante o momento do louvor, sentimos o Senhor nos impulsionando pelo Seu Espírito a abraçar uma pessoa crente ou não e na maioria dos casos acontecem coisas surpreendentes.
- “refletimos Deus ao mundo, pregamos um Evangelho sem palavras”, essa é a maior pregação que uma pessoa pode fazer e é também a mais difícil, pois envolve a vida do adorador, se uma pessoa louvar a Deus com fervor no culto, mas viver uma vida de mau testemunho, as pessoas não cristãs que tomarem conhecimento usarão isso para acusar e escarnecer.

3.3. Uma presença que não abandona.
- “Outras presenças se cansam”, colegas, amigos e até mesmo família podem se enfadar e enjoar da nossa companhia.
- “Até mesmo na morte, na sepultura fria a presença que não abandona”, esse acontecimento serve para mostrar que Deus está sempre conosco, nunca nos abandona, atualmente pessoas tem crises de solidão e pânico por se sentirem sozinhas no mundo, mas os verdadeiros adoradores nunca se sentem só.

CONCLUSÃO
- “está muito além de verbalizações musicais”, quer dizer que não basta somente as letras e melodias das músicas de adoração é preciso ter um coração adorador, ter o Espírito Santo e ser sincero.
- “danças e coreografia rasas”, seriam expressões que não passam nenhuma mensagem ou não se aprofundam na mensagem do louvor.
- “intimidade com Deus, a uma espiritualidade sem máscaras”, ser intimo de Deus nos dias em que vivemos é extremamente difícil, mas não é impossível e o louvor é uma caminho seguro para isso.
- Faça o resumo para a revisão e corrija o questionário.

QUESTIONÁRIO

1. Qual é a expressão da profundidade da alma?
R: O louvor (Sl 103.1).

2. Qual é o ingrediente mais incentivador do louvor?
R: A alegria (Gl 5.22).

3. Qual é uma das mais poderosas formas de louvor a Deus?
R: A comunhão honesta, sincera, desinteressada e plena (At 4.32).

4. Qual é uma das dimensões mais tremendas da presença de Deus?
R: É que ela pode se manifestar através de nós (Rm 8.29).

5. O que Deus nos garante?
R: Uma presença fiel e constante (Mt 28.20).

Marcos André – professor

Boa Aula!

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO!

4 comentários:

  1. A paz meu mestre;
    Mais um assunto de estrema relevância.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade meu profeta, que possamos passar o que Deus quer passar para nossos alunos.

      Paz e forte abraço

      Excluir
  2. Muito bom mesmo os ensinos,estou aprendendo muito com a escola bíblica,para honra e glória do Senhor Jesus Cristo... A paz a todos!...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém irmã Fabiana, obrigado por curtir o nosso espaço, Deus vai te enriquecer com a sabedoria de Pv 8.

      Paz de Jesus.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.