sábado, 8 de outubro de 2016

ESCOLA DOMINICAL CENTRAL GOSPEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 2


AULA EM___DE______DE 2016 – LIÇÃO 2
(Revista: Central Gospel - nº 48)

Tema: IRA, COMBUSTÍVEL PARA MÁGOAS E ÓDIOS

Texto Áureo: Tiago 1.19
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), nesta lição procure explicar situações práticas da vida diária.
- “considerada como algo pecaminoso”, a ira é uma reação natural do ser humano diante de algo que considera errado ou irregular.
- “irai-vos, mas não pequeis”, a ideia é ficar irado, mas não fazer nada, não tomar nenhuma atitude
- “se não for controlada, pode tornar-se destrutiva”, o problema é que o ser humano após a queda não consegue controlar suas emoções facilmente e muitos se excedem na ira.
_______________________________________________
1. RAIVA IRA E ÓDIO: DEFINIÇÃO DE TERMOS
- “usados como sinônimos”, quer dizer que no meio popular acreditam que os três são a mesma coisa.

1.1. Raiva
- “emoção primitiva”, é o mais simples sentimento que origina o desequilíbrio emocional, pode surgir por uma série de motivos, desde os mais fúteis aos mais pertinentes.
- “porta que se abre a evolução”, como todo sentimento humano deve ser controlado pela maturidade, pois sem esse controle a pessoa pode manifestar sentimentos perversos e atingir outras pessoas ao seu redor e ter sua vida abalada.

1.2. Ira
- “uma reação imediata”, é parecida com a raiva, porém a ira atinge mais profundamente o psicológico humano.
- “que ouve impropérios”, que ouve ofensas, como xingamentos por exemplo.
- “tenderá desenvolver a afronta”, aqui está o limite do controle, se a pessoa não souber controlar a ira ou não tiver a ajuda do Espírito Santo para isso tomará decisões impensadas.
- “poderá severos danos”, se a pessoa deixar ser dominada pela ira, terá como resultado consequências indesejáveis e irreparáveis, pode perder amizades antigas, acordos, sociedades e até rachar ministérios sólidos.  

1.3. Ódio
- “não é passageiro”, se a pessoa deixar seus sentimentos de raiva e ira se alojarem no coração, se transforma em ódio e então só o Espírito Santo poderá expulsá-lo de lá.
- “analisarem o contexto de forma isenta e prática”, quer dizer que para a pessoa que tem ódio contra alguém no seu coração, o indivíduo odiado sempre estará errado, mesmo que não tenha sido causador do problema.
__________________________________________
2. O QUE AS ESCRITURAS FALAM A RESPEITO DA IRA
- “deriva do caráter humano”, é a ira gerado pelo coração enganoso do homem, que acaba agindo causando sérios danos às outras pessoas e destruindo coisas importantes com a família e a amizade.
- “Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós” Ef 4.31 nessa passagem a palavra usada no grego foi thymos pois é um sentimento prejudicial ao ser humano.

2.1. A ira de Deus  
- “é um contradição”, para eles Deus deve ter somente um tipo de atitude em relação às ofensas, acham que o Senhor não deve jamais exercer Sua justiça.
- “um Deus de amor pode ferir a terra”, se Deus não exercer a justiça toda a sociedade perderá o senso do que é certo e errado, por isso o ser humano precisa ter a consciência de que um dia todo o pecado será punido.
- “Deus é único ser capaz de responder”, quer dizer que somente Deus pode ser irar por ser capaz de canalizar sua ira para fazer justiça. Ele dá na medida certa.
____________________________
3. A NINGUÉM TORNEIS MAL POR MAL

3.1. Possui um exagerado senso de superioridade
- “autoriza seus leitores a irarem-se”, por não haver pecado na ira, como também não há pecado na tentação.
- “sem qualquer interlúdio”, quer dizer que Paulo vai direto para a conclusão sem nenhum rodeio.

3.1. Irai-vos
- “perdemos a capacidade”, isso pode acontecer com qualquer um de nós, não é o pecado ainda. Nesse ponto devemos buscar o controle para não deixar a ira se transformar em ódio.

3.2. Mas não pequeis
- “respondermos de modo adequado”, nem sempre o que parece para nós é de fato pela Palavra de Deus ou pela lei dos homens.
- “fabricação de um tipo de compensação”, está falando de vingança.
- “ato violento de ira”, responder no momento da ira pode causar isso, pois no momento da ira ainda estamos com pouco controle sobre as nossas emoções.
A melhor coisa é deixar a ira passar, deixar a poeira abaixar um pouco e depois pensar no assunto e tomar as decisões.
- “responder o mal com o bem”, essa é a conduta que sempre fez as pessoas do mundo se admirar de nós.

3.2.1. Assumir a ira é, antes de tudo, reconhecer que ela habita nossa mente
- “atingem quais áreas do meu ser?”, aonde mexem comigo? Em qual área me influenciam?
- “desperta, em nós, a sensação de suscetibilidade”, é o que o outro faz que me deixa irado? Qual a causa da minha ira?
Essa é uma forma para se conhecer e saber onde se perde o controle.

3.3. Não se ponha o sol sobre a vossa ira
- “não irem para a cama com o suposto direito”, a recomendação é para que a ira logo dê lugar à paz e ao amor, resolver rápido não deixar para depois, o crente não pode ir dormir com ira no coração.
- “qualquer tipo de razão suicida”, esse tipo de razão pode matar a nós mesmos, por isso é chamado de razão suicida.
- “aninhar ovos de serpente na alma”, a pessoa que está irada e dorme com esse sentimento pode acordar com mais ira por não ter feito nada, ou com ódio no coração. Assim como os ovos de serpente pode chocar e nascer víboras venenosas, também a ira pode se transformar em um sentimento venenoso.

3.4. Vence o mal com o bem, vence o mal com amor.
- “apresenta-nos a solução, o amor”, para isso precisamos nos encher do amor, estando cheio conseguiremos responder em amor, pois a boca falará do estiver no coração.

3.4.1. ...
______________________________________
CONCLUSÃO
- “os ciclos de ira”, são situações que costumeiramente nos leva a ira, se tornando círculos viciosos.
- “com sinceridade, pudermos orar por ele”, nosso trabalho é nos enchermos do amor de Jesus, pois senão viveremos um falso Evangelho, tolerando com dificuldade as pessoas que nos fazem mal.
- Faça a revisão com a classe repassando os pontos mais importantes.
- Corrija o questionário.

Boa aula!


Marcos André – professor

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.