quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

ESCOLA DOMINICAL CENTRAL GOSPEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 6


AULA EM___DE______DE 2017 – LIÇÃO 6
(Revista: Central Gospel - nº 49)

Tema: SENDO ESTRATÉGICO NAS ADVERSIDADES

Texto Áureo: Sl 34.19
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), nesta lição sugiro que demonstre a necessidade de sermos preparados para enfrentar as batalhas da vida e na obra de Deus e para isso o Senhor permite as adversidades para nos treinar.
- “é difícil ver o tempo passar sem nada acontecer”, nós julgamos que o tempo é curto e queremos tudo pra já, mas as promessas seguem nos critérios de Deus e o tempo de Deus é determinado segundo Sua sabedoria e quase sempre não é o mesmo tempo nosso.
- “até que tomasse posse”, estar ungido não o mesmo que está empossado, um presidente é eleito em novembro, mas a posse só ocorre em Janeiro, uma cristão é ungido a algo, mas a posse só ocorre no tempo determinado no céu.
- “enfrentou muitas provações”, foi sendo preparado para assumir o trono, para guerrear, para julgar e conduzir o povo com sabedoria.
_______________________________________________
1. LIDANDO COM SITUAÇÕES DIFÍCEIS
- “tomam proporções quase insuportáveis”, somos provados no nosso limite, Deus permite que cheguemos ao máximo da adversidade para aprendermos a lutar no máximo de nossa capacidade.

1.1. A situação de Davi
- “adversário contumaz”, é o adversário obstinado que não descansa enquanto não apanha a sua presa.
- “em alguma cidade que o acolhia”, Davi tinha muitos simpatizantes por isso ele consegui manter-se a salvo do rei Saul, do contrário o teriam entregue logo ao rei, pois muitos desejariam agradar o rei para obter algum benefício.
__________________________________________
2. ATITUDES TOMADAS NAS DIFICULDADES
- “é preciso não esmorecer”, não fazer corpo mole, não deixar de lutar, não baixar a guarda, quando isso acontece a pessoa se torna um passageiro da agonia.
- “nem perder o equilíbrio emocional”, quando a pessoa perde o equilíbrio emocional ela tende a tomar decisões erradas e o mal acaba aumentando.
- “tomar atitudes práticas”, tomar atitudes na prática ou colocar em prática alguma ideia.

2.1. Fugindo para não morrer
- “estaria irremediavelmente perdido”, Davi, na ocasião, já possuía um pequeno grupo de uns quatrocentos homens que o seguiam, mas era muito pouco não conseguiria sair vitorioso contra o exército real.

2.1.1. Situação incontrolável
- “passou a sentir um ciúme doentio”, note que era permissão de Deus para que Davi passasse a enfrentar uma provação que o capacitaria para as lutas.

2.2. Passando a ser o que não era
- “chegando até Gate”, foi descoberto recentemente por arqueólogos em Israel, o portão que teria sido dessa cidade, confirmando a sua existência.
- “como o grande campeão de Israel”, a luta contra o gigante Golias tornou Davi muito conhecido nos dois reinos.
- “temeu morrer nas mão daquele monarca”, qualquer rei filisteu gostaria de ser lembrado como aquele que matou o homem que humilhou seu povo.

2.3. Usando aquilo que dispunha
- “fez-se chefe daquele grupo”, aquele grupo era de homens que também tinham problemas com o reino de Israel e por isso também eram perseguidos.

2.3.1. Às vezes, é preciso esconder-se
“E Davi permaneceu no deserto, nos lugares fortes, e ficou em um monte no deserto de Zife; e Saul o buscava todos os dias, porém Deus não o entregou na sua mão.” 1 Sm 23.14 Note que na fuga de Davi Deus o guardou.
Nem sempre devemos atacar, às vezes é necessário nos esconder e nessas situações o Senhor nos guarda.

2.4. Vagando sem rumo certo
- “responsável pela vida dos seus”, Davi começa aprender a ser responsável por vidas, um dos requisitos fundamentais para reinar.


2.4.1. Uma questão de sabedoria
- “poderia perecer”, Davi sabia que não bastava somente ter fé era preciso pensar, desenvolver estratégias e fugir.
- “aquela situação não permaneceria”, não encontramos Davi em nenhum momento questionando a Deus sobre a sua unção, pelo contrário ele honrava a Deus.

2.5. Mudando de estratégia
- “Saul arrependeu-se de perseguir”, isso ocorre três vezes por que era um espírito demoníaco que o tentava, racionalmente ele sabia que Davi era um homem de Deus.
- “escapar para a terra dos filisteus”, naquele momento foi uma estratégia que ele achou acertada. Passou a morar na cidade filisteia de Ziclague.

2.6. Assumindo atitudes de alto risco
- “risco de ser reconhecido”, de acordo com o texto bíblico parece que Davi não usou nenhum disfarce, o rei dos filisteus sabia quem ele era. 1 Sm 27.12
O rei dos filisteus esperava que Davi e seus homens permanecesse servindo-o.
______________________________________
3. O SEGREDO DA VITÓRIA DE DAVI
- “capacidade humana de resolução”, é a capacidade de resolver sua situação, seus problemas.
- “ele mantinha um profundo relacionamento”, esse era o segredo da vitória de Davi, seu relacionamento com o Senhor.

3.1. Davi buscava em Deus direção para sua vida
-...
3.1.1. É preciso saber fala e ouvir
- “possuir um coração quebrantado”, Deus não despreza um coração quebrantado. Quando a pessoa reconhece sua situação ruim e se achega a Deus, Ele o acolhe. Muitos falam que tem Deus no coração e postam muitas mensagens sobre Deus nas redes sociais, mas somente os de coração contritos o alcançam de verdade.

3.1.2. Deus fala de maneira clara
- “de modo que ele entenda”, se não ficou claro, é possível que não seja Deus quem falou, por isso o povo de Deus deve tomar cuidado com a multidão de revelações que tem por aí.

3.2. Davi tinha discernimento espiritual
- “seus amigos lhe davam conselhos carnais”, precisamos ter essa sensibilidade espiritual para entender quando algo vem de Deus e quando é a carne falando.
“Então disse Abisai a Davi: Deus te entregou hoje nas mãos o teu inimigo; deixa-me, pois, agora encravá-lo com a lança de uma vez na terra, e não o ferirei segunda vez.” 1 Sm 26.8 Abisai viu a possibilidade de acabar com perseguição, mas não levou em consideração a questão espiritual.
- “possuía discernimento espiritual”, é conhecer as coisas espirituais, saber quando o inimigo está preparando uma cilada e quando o Senhor está provando. Isso requer um tempo de experiência com Deus e era o que Davi possuía desde sua mocidade.

3.3. Davi esperava em Deus
- “até que Deus lhe desse uma direção”, esperava a direção de Deus, diferente de muitos irmãos que correm desesperados sem a direção de Deus, sem esperar o tempo de Deus.
- “um cântico de vitória”, veja o que ele disse:
“Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.” Sl 40.1 Davi tinha experiência e testemunho pessoal para afirmar isso.

3.3.1. Deus tem um tempo certo para agir
- “tempo determinado por Deus”, o Senhor, para determinar o tempo da nossa vitória, considera elementos como presente, passado, futuro, experiência, intenções do coração e outros que não conhecemos. São dados que nós não temos, por isso, o melhor negócio é esperar o tempo de Deus.
______________________________________
CONCLUSÃO  
- “resultado de um coração contrito”, é um coração que reconhece suas fraquezas e se apresenta a Deus com lamento e não com arrogância e nem justificativas infundadas.
- “profunda comunhão”, estamos em um tempo onde está cada vez mais difícil ter essa comunhão profunda com o Senhor, são muitos entretenimentos e o pecado cada vez mais difundido no meio do povo de Deus.
- Faça a revisão com a classe repassando os pontos mais importantes.
- Corrija o questionário.

Boa aula!

Marcos André – professor
Contatos palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO!  

3 comentários:

  1. Muito boa a aula! Que Deus continue te usando Pr.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostei dessa aula irmão Leandro, obrigado. Paz de Cristo para você meu irmão.

      Pr Marcos André - Editor

      Excluir
  2. Parabéns, aprendi muito com esta lição

    ResponderExcluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.