sábado, 9 de setembro de 2017

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 11

INCOMPLETO

AULA EM 10 DE SETEMBRO DE 2017 – LIÇÃO 11
(Revista: Editora Betel)

Tema: O processo de formação do discípulo I

Texto Áureo: Ti 2.11
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição comece a firmando que o Senhor está preparando todos para servirem em alguma área específica, todos podem e devem trabalhar para o Senhor.
“Ninguém se torna um discípulo sem a ação de Deus e uma resposta humana.”, é a lei da ação e reação, Deus age em nosso favor e nós damos uma resposta favorável ou não, a primeira ação partiu de Deus ao enviar Jesus para nos salvar. 
________________________________________
1. A IMPORTÂNCIA DOS PRIMEIROS PASSOS

1.1. É preciso nascer de novo.
- “é preciso entrar, para depois compreender, o Reino de Deus não é um lugar preparado para ser alcançado somente no final e somente pelos perfeitos, todos os que receberam a Cristo já estão no Reino e já são cidadãos do céu, conforme vai convivendo no Reino cada pessoa vai compreendendo e se tornando madura na fé. 

1.2. A grande salvação.
- “Vários sentidos são encontrados nesta palavra: libertação, segurança, cura, redenção, resgate, cada um deles pode ser trabalhado com a classe:
libertação: se refere ser livre do domínio do pecado, ainda que peque, mas o faz por acidente, não deliberadamente.
segurança: a certeza de que somos guardados pelo Senhor, assim como nossa família.
cura: é o que o Senhor promove a seus filhos, Ele livra de vícios e doenças, porém não podemos determinar o que é da vontade de Deus ou não.
redenção: é o que vai acontecer quando o Senhor arrebatar a Igreja e formos introduzidos em um novo corpo no Seu Reino.
resgate: foi a libertação das mãos do inimigo através de um preço pago em nosso favor. Pago por Jesus na cruz. 

1.3. A realidade e gravidade do pecado.
“apesar de terem e examinarem as Escrituras, não compreenderam a gravidade do pecado”, eles estavam presos a ritos religiosos, que só se mostrava no esteriótipo e não no coração. Mas o Senhor Jesus trouxe a revelação da intenção do coração de Deus para o mundo. Assim o Senhor promove mudança no coração e a pessoa passa ser transformada por dentro em primeiro lugar. 
_____________________________________________
2. Deus tomou a iniciativa
2.1. A manifestação da Graça.
- “Nós, que antes estávamos espiritualmente mortos, Deus nos salvou por Sua própria vontade e amor, nós não tinha-mos condições nenhuma de salvação, mas o Senhor não se importou com o nosso estado de pecado e nos estendeu a Sua mão. Isso é graça.

                                         INCOMPLETO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.