terça-feira, 5 de dezembro de 2017

ESCOLA DOMINICAL BETEL - Conteúdo da Lição 11


A importância da Bíblia como única regra de fé
10 de dezembro de 2017


Texto Áureo
16 Toda a Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça 2Tm 3.16

Verdade Aplicada
A Bíblia é a única fonte de tudo o que precisamos entender sobre Deus e Seu plano para a humanidade.

Textos de Referência.

Salmos 119.89, 93,105 
89 Para sempre, ó SENHOR, a tua palavra permanece no céu.
93 Nunca me esquecerei dos teus preceitos, pois por eles me tens vivificado.
105 Lâmpada para os meus pés é tua palavra e luz, para o meu caminho.
Hebreus 4.12
12 Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até à divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.

Hinos sugeridos.
57, 59, 307

Introdução
A Bíblia é a palavra de Deus, e como Ele não erra, não muda, nem tem sombra de variação, assim também é a Sua Palavra. A verdade faz a diferença, por essa razão, a doutrina da inerrância bíblica é vital para todos nós.

1. A importância da Bíblia.
A Bíblia é a fonte que documenta tanto a existência de Deus, quanto Seus atos poderosos realizados entre os homens. Ela não é somente inerrante, ela é confiável e suficiente para todas as necessidades humanas.

1.1. O livro que tem transformado o mundo.
Antes de explicar porque esse Livro é tão importante para a humanidade, deveríamos perguntar: o que seria da humanidade se ele não existisse? Desde a queda do homem, a humanidade está impregnada e influenciada pela malignidade (1Jo 5.19). Esse Livro é um baluarte contra todas as artimanhas do maligno no mundo, é a fonte da revelação divina para o bem-estar de todos os seres viventes (Sl 119.105). Sem ele, o mundo jamais seria o que é na atualidade. É inegável a tremenda influência da Bíblia na sociedade humana. Os princípios nela expostos têm sido o alicerce de muitas leis em diversas nações e impulsionado grandes reformas sociais ao longo da história.

1.2. Um Livro amado e odiado.
É surpreendente o fato da Bíblia sobreviver ao longo dos séculos, mesmo tendo sido objeto de infindável perseguição. É um Livro poderoso e transformador. Até hoje, pessoas estão sendo torturadas e mortas porque o possuem, ou porque nele creem (Mt 24.9; Ap 20.4). Em muitos países é crime ter uma Bíblia, ou pregar o Evangelho, Este Livro é amado por uns e odiado por outros (Lc 6.22). Ele é ao mesmo tempo elogiado, amaldiçoado, restrito, proibido, profanado, queimado e disputado. Alguns já tentaram eliminá-lo, mas, até agora, todos falharam.

1.3. O Livro mais exato da humanidade.
A Bíblia foi escrita ao longo de um período de 1600 anos, por aproximadamente quarenta escritores. Ela foi escrita em tempo de guerras e tempo de paz, foi escrita por reis, profetas, sacerdotes, simples pescadores, um médico (Lucas), pessoas das mais variadas classes, e dos lugares mais longínquos. O que mais impacta a humanidade é que, apesar de tudo isso, a Bíblia é um Livro exato, não contém erro algum, e ela mesmo testemunha ser o que é (2Tm 3.16-17; 2Pe 1.21).

2. A Bíblia aplicada à vida cristã.
A Bíblia é a fonte de vida de todos os salvos, é nela que buscamos orientação, conforto e direção para as nossas vidas. O estudo e a prática da Palavra sempre nos conduzirão a um melhor desempenho de nossa missão (2Tm 2.15).

2.1. A Bíblia deve ser o alimento da vida diária.
Da mesma forma que o corpo não pode subsistir sem alimento, a alma também não pode viver sem a Palavra de Deus (Jr 15.16; Mt 4.4; 1Pe 2.2). Na leitura, meditação e no estudo da Palavra de Deus encontramos as proteínas, vitaminas e a energia necessárias para nosso crescimento, amadurecimento espiritual e para a formação do caráter cristão (Hb 5.12-14).

2.2. A Bíblia e o Espírito Santo.
Como poderíamos ser lembrados de algo que não temos conhecimento? A Palavra de Deus nos adverte de que o Espírito Santo só nos lembrará o texto bíblico preciso se, de antemão, o conhecermos (Jo 14.26). Se houver em nossas vidas abundância da Palavra de Deus, o Espírito Santo terá o instrumento com que operar. Eis o porquê da necessidade de meditação na Palavra (Js 1.8; Sl 1.2). É preciso permitir que ela nos preencha e domine todas as esferas da nossa vida, pensamentos, coração e, assim, venha moldar todo o nosso viver. 

2.3. A Bíblia forma o caráter humano.
Por que através dos séculos a Bíblia continua sendo tão transformadora e formadora de caráter? Ninguém produz uma máquina e depois pergunta o que ela é capaz de fazer. Deus não nos fez sem ter conhecimento do que somos capazes de realizar, e também não nos fez para que sejamos improdutivos (Jo 15.16). Por isso deixou Sua Palavra, para que através dela sejamos orientados quanto a toda forma correta de vida (Jo 8.32). Tudo que Deus tem para nós; requer de nós; e tudo quanto precisamos saber espiritualmente de Sua parte sobre a redenção; regr5as de conduta, e felicidade eterna; está revelado em Seu sagrado manual (Mt 22.29). 

3. A Bíblia é o Livro dos livros.
Através dos séculos, a Palavra de Deus permanece imponente e poderosa. A Bíblia é sempre nova e inesgotável. O tempo não a afeta. Se a Bíblia fosse de origem humana, já estaria desatualizada. Em mais de vinte séculos, o homem não conseguiu, e nem conseguirá, produzir um livro melhor, e, apesar de tanta ciência e conhecimento, ela jamais foi superada (1Tm 4.9).

3.1. A Bíblia é uma fonte inesgotável.
Por que a bíblia é tão diferente dos livros que conhecemos? Porque nunca se torna um livro antigo, apesar de ser cheio de antiguidades (1Pe 1.25). Ela é tão atual quanto aos acontecimentos de hoje, pois subsiste eternamente (Is 40.8). Acerca da Bíblia, disse Spurgeon: “Não haverá dificuldade em arranjar assuntos totalmente distintos dos já usados; a variedade é tão infinita quanto a sua plenitude. Uma longa vida mal dá para ladear as margens deste continente de luz”, A Palavra de Deus é igual ao Seu Autor: infinita, imensurável e eterna. Seu conteúdo é sempre atual, jamais se esgota. Se nossa chamada fosse eterna, teríamos em mãos material suficiente para toda a eternidade.

3.2. A Bíblia é superior a todos os demais livros.
A Bíblia só contém verdades, se há mentiras não são dela; apenas nela foram registradas. Ela pende para o lado divino. No que se refere ao lado humano, ela tanto apresenta os atos prodigiosos de alguns homens, quando revela suas fraquezas. É um Livro exato. Somente a Bíblia ensina que o homem está em condições físicas, mentais e morais decadentes e que, se deixado só, decairá cada vez mais. Se a Bíblia fosse um livro originado do homem, ela não poria descoberto suas faltas. Os homens jamais teriam produzido um livro como a Bíblia, que dá toda a glória ao único Deus e mostra a fraqueza do homem (Jó 17.1; Sl 50.21-22; 51.5; 1Co 1.19-25).

3.3. A Bíblia revela a pessoa de Cristo e a salvação do homem.
A Bíblia e Cristo são inseparáveis. Do Antigo ao Novo Testamento, Ele é o personagem central (Lc 19.10; At 4.12). cuja missão foi a salvação de toda a humanidade (Lc 19.10; At 4.12). Cristo é o tema central de toda a Bíblia. O próprio Senhor Jesus afirmou que as Escrituras testificam dEle. Filipe disse para Natanael acerca de Cristo: “aquele de quem Moisés escreveu na lei, e os profetas” (Jo 1.45). Sendo assim, podemos considerar Jesus Cristo e a Palavra de Deus como a revelação especial de Deus para a humanidade conhecer o plano divino de salvação (Jo 20.31). É importante compreender que a salvação do homem implica não apenas em livrá-lo do inferno, ela vem para descontaminá-lo de tudo o que é avesso à santidade de Deus.

Conclusão.
O estudo da Bíblia tem por finalidade precípua o conhecimento de Deus. Portanto, a causa motivante de ensinar a Bíblia aos outros deve ser a de levá-los a conhecer a Deus. Se apenas conhecermos o Livro e falharmos em conhecer a Deus, erramos no nosso propósito (Jo 20.31; 2Pe 3.18).

Questionário.
1. Qual deve ser o alimento diário da alma?

2. Por que Deus nos deixou Sua Palavra?

3. Por que a Bíblia é tão diferente dos livros que conhecemos?

4. O que a Bíblia revela?

5. Qual é o tema central de toda a Bíblia?

AJUDE ESSA OBRA, CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.