INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 8



AULA EM 25 DE FEVEREIRO DE 2018 - LIÇÃO 8
(Revista Editora Betel)

Tema: A consagração do sacerdote
Texto Áureo: Lv 6.13

INTRODUÇÃO
"Como sacerdote está diante de Deus para interceder", essa era a função do sumo sacerdote, interceder pelo povo, sendo Jesus o nosso sumo sacerdote perfeito ele intercede por nós junto ao Pai.
"por todos que foram alcançados pelo Seu sacrifício.", sendo Ele mesmo o sacrifício por nós é perfeito por ser Quem é. Deus poderia ter destruído essa humanidade e fazer outra, mas preferiu salvar essa, se isso não for amor não sei mais o que é. 

1. O sumo sacerdote Arão.
- "Deus separou uma família para que estivesse perante Ele para interceder", essa é uma tipologia da intenção de Deus, pois assim como Ele levantou uma família de pessoas comuns para interceder pelo povo, tinha a intenção de levantar um homem para interceder por toda a humanidade. Embora Jesus sendo Deus foi levantado como homem.

1.1.  A convocação da assembleia.

"Moisés convoca toda a congregação à porta da tenda da congregação", a consagração deveria ser uma solenidade na presença de todo o povo para ficar na memória e depois ser contada aos filhos dos filhos e assim por diante.
"água, símbolo da Palavra de Deus", assim como a água purifica também a Palavra produz esse efeito, se alguém se aprofundar na Bíblia pela orientação do Espírito Santo será gradativamente limpo pela Palavra.
"são purificados pela lavagem da Palavra de Deus", todos nós fomos feitos sacerdotes de Deus na terra, somos representantes do Senhor e intercessores por isso somos necessitados de purificação pela Palavra de Deus. 

1.2. A unção de Arão.

- "que foi ungido no início do Seu Ministério", essa passagem se refere ao momento em que Jesus eu o rolo do profeta Isaías sobre a unção do Messias, há quem diga que Jesus recebeu a unção no seu batismo nas águas, outros acreditam que Ele recebeu a missão de salvar a humanidade no momento em que apareceu o Espírito Santo em forma corpórea de uma pomba.
"em Cristo todo salvo tem a ousadia para chegar diante do Senhor", Jesus é o nosso Sumo Sacerdote eterno que está sempre nos conduzindo à presença de Deus, no nome Dele podemos clamar a Deus. Em nenhum momento da história antes de Jesus isso foi possível, Jesus mudou a história para sempre
"que ele tivesse autoridade para exercer o ministério sacerdotal", a unção portanto é autoridade da parte de Deus para realizar algo, no caso de Arão para interceder pelo povo, no caso de Jesus para salvar a humanidade e em nosso caso para realizar a chamada que Deus tem para cada um.

1.3. O sacrifício por Arão.
"E para começar o seu ofício, Arão precisou ter os seus pecados expiados.", a partir daí todo sumo sacerdote precisava expiar seus pecados antes de oficiar no dia da expiação, é sabido que se o sumo sacerdote entrasse com pecado não confessado morria diante da Arca do Concerto, por conta disso alguns chegaram a afirmar que o sumo sacerdote levava uma corda amarrada na cintura, porém isso não passa de mito, como afirma os maiores estudiosos de história bíblica, como o professor Todd Bolen, mestre de Estudos Bíblicos da Califórnia, EUA.

2. A consagração dos filhos de Arão.

2.1. As vestes dos filhos de Arão.
- "precisavam estar vestidos com as indumentárias corretas", isso indicava o grau de importância que era dado ao ritual, quando não se cuida com detalhes como a roupa por exemplo, a cerimônia pode ser banalizada, a Santa Ceia por exemplo, deve ter o mesmo tratamento, começando pelos obreiros deve se ter uma boa apresentação das vestimentas.
"devem se portar adequadamente", atualmente devemos observar certas ordenanças e tratá-las com o mesmo rigor dos tempos antigos, são elas: Santa Ceia, batismo, casamento, consagração ao ministério, ordenação de ministros, etc. Devemos observar a roupa e a postura.

2.2. O sangue nos sacerdotes.
- "se identificando com os Seus após ter morrido e ressuscitado", se refere as ocasiões em que Jesus se apresenta a Seus discípulos após ressuscitado, onde mostra as marcas dos cravos nas mãos, se identificando como o Cordeiro sacrificado.
"A consagração de Arão junto com seus filhos foi com o sangue", essa consagração com sangue simboliza a consagração da Igreja com o sangue de Cristo, assim como a família de Arão se tornou apta a exercer o sacerdócio após essa consagração, nós também que estivermos debaixo do sangue do Senhor estamos aptos a exercer o sacerdócio na terra.

2.3. O azeite nos sacerdotes.
- "Antes Arão foi ungido sozinho", assim como Jesus foi ungido sozinho pelo sacrifício da cruz e pode estar com os Seus discípulos.
"conceder ao homem desfrutar do que Ele sempre gozou junto com o Pai", se refere a presença do Pai, aquilo que o homem perdeu no Éden Jesus recuperou na cruz.

3. A glória e o fogo do Senhor.

3.1. Comendo na tenda da congregação.
- "e fazer tudo o que fora ordenado, pois se assim não fizessem morreriam", pode se entender essa morte como uma morte espiritual, ou seja, para os discípulos de Cristo se não fizerem conforme a tipologia da ordenança aos filhos de Arão (consagração) podem morrer espiritualmente. Assim como Deus mandou que os filhos de Arão se consagrassem também nos é dado essa ordenança.
"porém os princípios permanecem", os princípios mencionados aqui são a consagração e a separação do mundo.

3.2. Fogo do Senhor.
"Deus acende o fogo no altar e aos Seus servos compete mantê-lo aceso", manter o fogo acesso consiste em cuidar do altar, retirar as impurezas, alimentar com lenha etc. Tudo apontando para a vida espiritual.

3.3. Fogo estranho.
- "trouxeram fogo estranho perante a face do Senhor", se refere a fogo que não foi aceso por Deus, mas acenderam fora da tenda, isso aponta para as coisas que são do mundo adentrando a Igreja de Jesus. Quando líderes trazem esse fogo estranho ao altar de Deus para dentro da Igreja correm o risco de morrer espiritualmente.

CONCLUSÃO
"a ousadia para entrar e permanecer na presença de Deus", essa foi a maior conquista de Jesus na cruz a nosso favor, por isso é uma aliança superior a todas as outras.
- Faça uma revisão breve e corrija o questionário.
- Ore com os alunos para que todos se comprometam com essa consagração. 

Pr Marcos André


Contatos palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.