INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL

sexta-feira, 9 de março de 2018

ESCOLA DOMINICAL CPAD ESBOÇO - Subsídio da Lição 10

EDITANDO

AULA EM 11 DE MARÇO DE 2018 - LIÇÃO 10
(Revista CPAD)

Tema: Dádiva, Privilégios e Responsabilidades na Nova Aliança


Texto Áureo: Hb 10.22

INTRODUÇÃO
- Professor(a), nesta lição tente apresentar os assuntos acrescentando algo a mais do que já foi estudado, pois é como uma revisão e corre o risco de se tornar desinteressante.
"lembrar, reforçar e concluir", esse é um recurso comum nas Escrituras, notamos que no Pentateuco o livro de Deuteronômio é uma repetição de diversas leis, como uma revisão.
"acesso direto à presença de Deus, graças à mediação de Cristo", essa é a maior conquista de Jesus na Nova Aliança, promovendo a nossa reconciliação com o Criador. A pessoa pode orar em casa e a oração vai direto a sala do trono.

I – A DÁDIVA DA NOVA ALIANÇA

1. Uma única oferta.
"quantidade de animais mortos nessas celebrações impressionava", por esse e por outros motivos o sistema sacrificial da Antiga Aliança não servia para os dias atuais, devido a grande demanda de animais que seria necessário.
"o historiador Flávio Josefo fala em centenas de milhares desses sacrifícios", Flavio Josefo foi um historiador que viveu na época da Igreja Primitiva, assistiu a destruição de Jerusalém no ano 70 e foi considerado pelos judeus como um traidor da nação. 

2Um único ofertante.
"o autor destaca o ofício de Cristo como sacerdote e rei", geralmente nos estudos Jesus é apresentado pela tipologia do profeta Samuel, acumulando os ofícios de Sacerdote, Juiz e profeta, mas o autor aos Hebreus destaca apenas esses, o de sacerdote e rei, conforme a tipologia de Melquisedeque.
"Ele, agora como rei, assentou-se à direita de Deus", essa afirmação destaca que Jesus não fez uma grande ação e morreu entrando para a história, mas o Senhor se encontra nesse momento intercedendo por Seu povo pela Igreja.

3. Uma única vez.
"foi o caráter único do sacrifício de Cristo", por ser único tem também um aspecto econômico, pois atualmente os mais pobres teriam grande dificuldade em obter um animal para o sacrifício.
"eram imperfeitos e jamais poderiam aperfeiçoar alguém", aperfeiçoar significa conduzir à perfeição ou o mais próximo a ela, mas para que isso aconteça o condutor deve ser perfeito, o sacrifício de Cristo é perfeito e por isso podemos por ele nos aproximar da perfeição.  

II - OS PRIVILÉGIOS DA NOVA ALIANÇA

1. Regeneração.
- "os inúmeros sacrifícios e rituais jamais puderam produzir mudança interna", isso porque os rituais sempre apontam para uma apresentação do exterior e não do interior, a Nova Aliança tem a vantagem de provocar mudanças no interior da pessoa.
"está na mudança interna que ela produz", essa mudança interna se dá pelo fato de o Espírito Santo passar a habitar no interior da pessoa, e assim como alguém que se muda para uma casa faz uma limpeza e organização do interior também o Espírito faz essa limpeza. 



                                    EDITANDO

Pr Marcos André

Contatos para palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.