INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL

sexta-feira, 13 de abril de 2018

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 3



AULA EM 15 DE ABRIL DE 2018 - LIÇÃO 3
(Revista Editora Betel)

Tema: Usando as lentes da fé e dos propósitos de Deus
Texto Áureo: Rm 8.28

INTRODUÇÃO
- Professor(a), nessa lição desperte nos alunos a entenderem a cosmovisão do Reino de Deus, em como devem se encaixar nela.
"como temos percebido o mundo ao nosso redor?", você pode perguntar da seguinte forma: Como entendemos o mundo ao redor? Como lidamos com ele?A nossa fé é demonstrada pelas nossas atitudes nesse mundo que nos rodeia.

1. Cosmovisão: significado e importância.

1.1. Significado e conceitos.
- "conjunto de ideias e crenças que funcionam como base ou lentes para vossos conceitos", a cosmovisão influencia nossas atitudes em relação ao mundo, algumas pessoas dão importância a religião, outras não, algumas dão importância à política outras não. As ideias e crenças de cada um vai definir a cosmovisão que cada um tem.
"Envolve todas as áreas da vida", cada um possui cosmovisões diferentes, um bandido dá pouco valor a vida, por isso se arrisca tanto. Um cidadão valoriza a família, por isso se submete a empregos que o desagradam, a cosmovisão define nossas atitudes, só em situações extremas uma pessoa age contrário a sua cosmovisão.

1.2. Diferentes cosmovisões.

- "vai depender do conjunto de crenças, valores e ideias adotados", esses valores a pessoa adquire no grupo familiar, no grupo social onde faz parte ou por fatores específicos.
"não considera ou valoriza a realidade espiritual e a eternidade", elas estão mais focadas no que é material, naquilo que podem adquirir de bem, que exista no plano físico.
"está em conquistar, realização pessoal, alcançar sonhos", esse é o tipo mais comum, se encaixa até mesmo no meio espiritual, buscando na igreja suas realizações pessoais. 

1.3. A importância da cosmovisão.
"Não decidir escolher, agir ou reagir somente pelo que vemos, ouvimos", seria entender o objetivo final de nossas ações, qual o propósito de tudo que realizamos.
"Qual era a visão de mundo de Caim?", veja se algum aluno sabe, a cosmovisão de Caim era a das realizações pessoais, ele não conseguiu suportar o fato de ser rejeitado e o seu irmão ter a oferta aceita. Muitos crentes tem a mesma cosmovisão de Caim, só não tomam a mesma atitude dele, mas suas ações são parecidas, o semblante cai e responde mal a autoridade, como Caim respondeu mal à Deus.

2. O exemplo de José.

2.1. José e a realidade no lar.
"A preferência de Jacó por José era notória, resultando grande descontentamento", esse tipo de atitudes é até hoje criticado por teóricos que ensinam sobre família, a conduta de Jacó não foi correta, mas tudo era pela permissão de Deus, para que conduzisse o Seu povo ao local da benção.
"nem pactuava com seus erros", ao que tudo indica os irmãos de José eram desobedientes ao seu pai, não era de se esperar boas coisas de filhos desobedientes. 

2.2. José e a realidade longe do lar.
- "Que grande mudança na realidade de José", a primeira de todas as mudanças, foi a decepção em saber que seus irmãos estavam dispostos a mata-lo e o venderam como escravo, muitas pessoas hoje demoram muito a se recuperar de decepções.
"Mesmo nas adversidades e dificuldades, na casa de Potifar e na prisão", nos novos ambientes em que José esteve inserido passou a remodelar alguns valores, mas a sua cosmovisão adquirida na casa de seus pais não foi substituída, permaneceu fiel.


2.3. José e a mudança da realidade.

"pois abrange diferentes ambientes e circunstâncias.", os ministros usam muito essas passagens para falar de sonhos, porém o tema apresentado aqui é muito interessante. Observe que devido a cosmovisão de José aprendida na casa de seus pais não permite que ele se contamine com o pecado. Não caiu com a mulher de Potifar, não buscou benefícios pela interpretação de sonhos e nem quis vingança contra seus irmãos.

3. A fé e os propósitos de Deus.

3.1. A lente da fé.
"Assim, ele usava a “lente da fé”, quer dizer que ele olhava para as situações que ocorriam em sua vida através da fé em Deus, assim ele sabia que se Deus permitiu ele ir para a prisão é porque tinha um propósito maior que estava no projeto de Deus. Quando olhamos as situações pela lente da fé ficamos mais tranquilos.

3.2. A lente dos propósitos de Deus.
...

3.3. A importância das Escrituras Sagradas.
- "Ela é a base de nossas crenças e valores", quando uma família ensina a Palavra de Deus em sua casa os filhos adotam as verdades bíblicas como fundamento de sua cosmovisão e quando crescem ficam com esses valores.
"“lentes” que estejam embaçadas, ou seja, informações e referências a partir da televisão, das redes sociais, de filmes", quando olhamos por lentes assim, distorcidas por informações seculares e não espirituais.

Conclusão
- "ambos fazem parte do processo de formação", para que o crente entenda e aceite esse processo com seus altos e baixos é preciso ter a cosmovisão certa formada pela Palavra de Deus. Por isso é recomendável aos crentes, ler Bíblia.
Corrija o questionário e faça a revisão.

Pr Marcos André


Pr Marcos André - contatos palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.