INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL

quinta-feira, 10 de maio de 2018

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 7



AULA EM 13 DE MAIO DE 2018 - LIÇÃO 7
(Revista Editora Betel)

Tema: Deus espera de nós uma resposta

Texto Áureo: Hb 4.2

INTRODUÇÃO
- Professor(a), nessa lição, procure tratar de forma prática a nossa comunhão com Deus, em como está nossa resposta para com Ele.
"o senhor tomou a iniciativa para restaurar esta comunhão", já ouvimos dizer que se dermos um passo na direção de Deus Ele também vem em nossa direção, porém a verdade é que Ele já teve a iniciativa de vir em nossa direção, pois foi Ele quem tomou a atitude primeiro.

1. Por Deus e para Deus.
- "Deus o distingue de todos os demais seres criados", por isso o ser humano é chamado de "a coroa da Criação".

1.1. A revelação de Deus.
- "Só é possível conhecermos Deus porque Ele decidiu Se revelar", aqui se refere à revelação geral de Deus à humanidade, mas existe também uma revelação específica que o Senhor faz a cada um, é a revelação pessoal e até nesse caso só conhecemos de Deus o que Ele permite que conhecemos. Ninguém vai conhecer o Senhor por estudar muito, até ajuda, mas não é só isso.
"Porque os homens rejeitaram o conhecimento acerca de Deus", essa é a resposta da pergunta anterior, os homens rejeitam o conhecimento de Deus onde alguns acham que podem receber as bençãos de Deus sem conhecê-lo de verdade e profundamente.

1.2. Fomos criados para Deus.

- "o relacionamento do Criador com o ser humano permanecia por intermédio de contatos e observações divinas", Deus nos fez para Ele, para nos relacionarmos com Ele e para louvor de Sua glória, por isso Ele se preocupa tanto em se aproximar de nós.

1.3. O exemplo das diferentes gerações de Israel.
"Infelizmente, nem todos reagem ou respondem favoravelmente", essa tem sido uma preocupação constantes de líderes, a forma como as pessoas tratam as coisas de Deus, às vezes observamos até mesmo crentes fazendo pouco caso de assuntos extremamente relevantes para o Senhor.
"O que as diferenciava foi a reação ao agir de Deus.", se referindo às duas primeiras gerações mencionadas, viram maravilhas semelhantes, porém agiram diferentes, por isso uma conquistou a terra e a outra não. A geração que conquistou a terra prometida com Josué não era perfeita, mas decidiram seguir o líder que o Senhor levantou e isso fez a diferença. 

2. A importância da atitude humana.

2.1. Não é qualquer atitude que Deus aceita.
"tão somente no nosso conhecimento e criatividade que nossas atitudes ou respostas para Deus serão aceitas", por mais que a intenção seja boa e pura, devemos entender que é do jeito que agrada a Deus, por mais que não conheçamos esse jeito, é nossa responsabilidade procurar esse conhecimento.
"A reação de Caim demonstrou desinteresse em conhecer os motivos de Deus", a reação de Caim demonstrou o que ele tinha no coração todo o tempo, Deus só fez com que os sentimentos de Caim aflorassem com a rejeição, não tenhamos dúvidas Deus conhece nosso coração.

2.2. O fracasso das tentativas humanas.
"dominados pelo orgulho e pela autossuficiência", é um pecado e um perigo a pessoa achar que não precisa de Deus, os homens de Babel pensaram assim e por isso veio o desejo de fazer a torre.
"ilustra bem o pensamento de chegar ao céu pelos próprios esforços e recursos", essa ideia de chegar ao céu é figurativa aqui, pois os habitantes de Babel liderados por Ninrode não tinham a intenção de chegar ao céu eles queriam apenas não se espalhar pela terra, desobedecendo a ordem de Deus.

2.3. A importância de seguir as instruções divinas.
- "para que sacrifiquemos ao Senhor, nosso Deus, como ele nos dirá” , há sempre uma proposta mundana para fazer as coisas de Deus de uma forma mais cômoda, econômica e mais racional, mas as lições nas passagens citadas nos leva a entender que devemos seguir e buscar o que Deus manda.
" levaram-no a adorar segundo padrões das outras nações", existe a forma orientada por Deus na Sua Palavra, a forma como agrada a Deus e existe a forma que vem das tradições, às vezes fazemos algo porque determinado irmão fez e não tomamos o cuidado de ler a Palavra para descobrir qual é a forma que Deus mandou.

3. Respostas ou atitudes do ser humano.

3.1. Fé como resposta para Deus.
- "mas continuar crendo em qualquer situação", o nome disso é constância na fé, quando alguém alcança essa constância então alcançou a maturidade.
"porém não creram que o Altíssimo era poderoso para lhes dar vitória", a fé não vem de presenciar milagres, pois somos de momento, a fé vem de ler e praticar a Palavra de Deus, assim para termos fé é necessário meditarmos na Palavra do Senhor.

3.2. Obediência como resposta para Deus.
...

3.3. Frutos como resposta para Deus.
- "Estamos frutificando?", defina para os alunos que frutificar consiste em produzir algo de bom para o Reino de Deus, seja obras materiais, espirituais, assistenciais e até almas para o Senhor, se produzimos isso então estamos dado frutos na obra, se somos crentes para nós mesmos, então somos crentes infrutíferos.
"o proprietário da figueira procurava fruto e não achava.", na parábola mencionada mostra que Deus sempre esperam o melhor de nós, mas devemos saber que a paciência de Deus também cessa um dia, veja que havia o prazo de um certo tempo para que a figueira desse fruto, veja a proposta:
"E, se der fruto, ficará e, se não, depois a mandarás cortar." Lc 13.9 

Conclusão
- "Deus espera de nós uma resposta", essa é a grande máxima dessa lição, convide os alunos a responderem para si mesmo de olhos fechados, que tipo de respostas eles tem dado à Deus, com suas atitudes e ações?
- Faça a revisão e corrija o questionário.


Pr Marcos André


Pr Marcos André - contatos palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.