INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL

quinta-feira, 19 de julho de 2018

ESCOLA DOMINICAL BETEL CONECTAR - Conteúdo da Lição 4

O NASCIMENTO DO MESSIAS
___/ ___/ ______




Versículo do dia

“E deu a luz seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.” Lc 2.7



Para impactar
O nascimento de Jesus não foi simplesmente um fato histórico; juntamente com Ele, nasceu o projeto da redenção, a promessa da vida que venceu a morte e a esperança de alcançar o reino dos céus.

Textos de Referência.
Lucas 2.1-12

Introdução
Nesta lição trataremos sobre o nascimento do Senhor Jesus, um fato inegável e extremamente relevante, que mudou o rumo da história, ou melhor, da nossa história.

#pontochave
“O nascimento de Jesus é prova de que Deus levantou homens inspirados por Ele para anunciar que o verdadeiro e o único Messias viria sobre a terra.”

1. Uma gravidez diferente
“Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Que estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo." Mt 1.18


1.1 Diante do milagre

A ação do Espírito Santo na história do nascimento de Jesus revela que estamos diante de um milagre e não poderia ser de outra forma. Maria, uma virgem recebe a visita de um anjo que diz: “...e a virtude do altíssimo te cobrirá com a sua sombra...” Lc 1.35. José, noivo de Maria, é visitado em sonho por um anjo que ordena não rejeitar Maria. 


2.1. As profecias se cumpriram

O nascimento de Jesus é a prova de que Deus levantou homens inspirados por Ele para anunciar o verdadeiro e único Messias que viria sobre a terra.
Miquéias profetizou onde nasceria o Messias:

“E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.” Mq 5.2

E se confirmou:

“E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém,” Mt 2.1

A profecia de Isaías sobre o nascimento de Cristo se confirma em Mateus:

“Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco.” Mt 1.23


2. Um menino vos nasceu


“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.” Is 9.6


2.1. Um bebê que sempre foi Deus

O nascimento de Jesus foi marcado por eventos que naturalmente são inexplicáveis, pois apesar de vir a terra como um simples bebê, nunca deixou de ser o Deus Filho.

“Princípio do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus;” Mc 1.1. 

“Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai;” Lc 1.32.

“E eu vi, e tenho testificado que este é o Filho de Deus.” Jo 1.34.

“Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,” Gl 4.4.


2.2. Um bebê perseguido

Com o nascimento de Jesus, os magos do Oriente vieram a Jerusalém para adorar aquele que seria o rei dos judeus. Herodes se perturbou com a notícia, e pediu aos magos que o avisassem onde estava o menino, fingindo que iria adorá-lo também, mas Deus falou em sonhos com os magos para não o avisarem, e os magos obedeceram a Deus; então o rei decretou que todos os bebês meninos, até dois anos, deveriam ser mortos, e assim o fez, Mt 2.16, porém o Senhor já havia avisado a José em sonho, e eles já haviam partido dali. 

O inimigo fez de tudo, para que a obra da redenção não se concretizasse, porém Deus já havia decretado a vitória da humanidade através desse bebê que veio para mudar a história.

A alegria do Senhor estava sobre Cristo, pois em batismo o Deus todo-Poderoso disse:

“E eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.” Mt 3.17


3. Nossos olhos viram a salvação


"Agora, Senhor, despedes em paz o teu servo, Segundo a tua palavra;Pois já os meus olhos viram a tua salvação," Lc 2.29-30


3.1. Simeão

A Bíblia relata que havia um homem em Jerusalém por nome Simeão, era temente a Deus, e aguardava a consolação de Israel. O Espírito Santo lhe revelara que não morreria antes de ver o Cristo, e, quando estava no tempo de apresentar o bebê, foi conduzido pelo Espírito a ir ao templo para apresentá-lo ao Senhor. Naquele momento Simeão se sentiu em paz para morrer, pois seus olhos haviam contemplado a salvação da humanidade, Jesus. 

3.2. Ana
A profetisa Ana, de tribo de Aser, estava no templo. Era avançada em idade e temente ao Senhor, e vendo o Cristo dava graças a Deus e falava dele com todos os que aguardavam a redenção de Jerusalém. 

Jovem, nos dias de hoje não é diferente, quando os nossos olhos espirituais (Fé) enxergam que Cristo é a nossa redenção, nossa alegria é constante e nossa esperança se torna inabalável.

Conclusão.
O nascimento de Jesus foi a concretização do projeto de Deus para com a humanidade. Cristo nasceu, e deu início a obra da redenção, o que nos possibilitou e ainda nos possibilita alcançar a salvação. "...e o seu nome será Maravilhoso..."

#aprendeu

1. Sobre Cristo,  o que Miquéias profetizou?

2. O que os magos do Oriente foram procurar em Jerusalém?

3. Como Simeão se sentiu após ver o bebê Jesus?


Pr Marcos André - contatos palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.