quarta-feira, 25 de julho de 2018

ESCOLA DOMINICAL BETEL CONECTAR - Conteúdo da Lição 5

TAL PAI, TAL FILHO
___/ ___/ ______




Versículo do dia

E quem me vê a mim, vê aquele que me enviou.” Jo12.45


Para impactar
Algumas religiões, de forma herética, reduzem o poder de Cristo, tratando-o como um profeta, ou até como alguém inexpressivo, porém nós sabemos que todo poder está em suas mãos.

Textos de Referência.
João 14.1-11

Introdução
Existe um maneira de conhecermos a grandeza do Deus Pai, conhecendo a vontade e a majestade do Deus Filho. Isto significa que, para conhecer a Deus, é necessário que se busque incansavelmente tudo aquilo que Cristo nos instrui a vivermos em sua palavra.

#pontochave
“As pessoas que viveram no tempo de Jesus, puderam ver suas obras, testemunha-las e reconhecer que Jesus era e é o verdadeiro Filho de Deus.”

1. VERDADEIRAMENTE DEUS
“Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai." Fp 2.10-11

1.1 Características de Deus

Como podemos afirmar que Cristo também é Deus? Como garantir que ele realmente representa Deus? Como podemos afirmar que Cristo é o Filhos de Deus?
Muitas religiões fazem essas perguntas para tentar desmerecer a Cristo, tentando inviabilizá-lo como Deus.
Muio antes de existir o exame de DNA, como as pessoas sabiam que aquela criança era verdadeiramente filha de seu pai?
Temos uma resposta simples: Por suas características, fossem elas físicas, psicológicas ou afetivas.
Para saber se Cristo é realmente o filho de Deus devemos observar, nEle, as características de seu Pai.

1.2. Totalmente iguais
Podemos analisar algumas características do Pai e ver se encontramos no Filho.
A Bíblia nos relata que Deus Pai é eterno, mas e Cristo?
"Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro." Ap 22.13
A Bíblia diz que Deus criou todas as coisas (Gn 1.1-31), mas e Cristo?
"Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele.", Cl 1.16.
Encerrando esse assunto, o próprio Deus o identifica como Seu Filho:
"E ouviu-se uma voz dos céus, que dizia: Tu és o meu Filho amado em quem me comprazo.", Mc 1.11.

#pararefletireadorar
"Não há um único centímetro quadrado, em todos os domínios de nossa existência, sobre os quais Cristo, que é soberano sobre tudo, não chame: "É meu!"
Abraham Kuyper

2. TODO PODER ESTÁ EM SUAS MÃOS
"E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.", Mt 28.18

2.1. Cristo é Onipotente

Onipotente significa aquele que tem todo o poder, e sabemos pela Palavra de Deus e por nossos testemunhos pessoais que Cristo retém todo poder em suas mãos.
Cristo tem poder sobre a vida, a morte e o inferno.
"E o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno.", Ap 1.18 
"E ouviu-se uma voz dos céus, que dizia: Tu és o meu Filho amado..."

2.2. Cristo é Onipresente

Falar da onipresença de Cristo, significa que que ele pode estar em todos os lugares de forma simultânea.
"Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.", Mt 18.20
Não importa em que parte do mundo estejamos, se nos reunirmos em nome de Cristo, ele estará conosco, ao mesmo tempo em que nos abençoa aqui no Brasil, também está abençoando em Moçambique, Japão ou em qualquer outro lugar. 

2.3. Cristo é Onisciente
A onisciência de Cristo indica que ele é sabedor de todas as coisas, incluindo a complexidade do universo, nossos pensamentos e nossos sentimentos.

"Agora conhecemos que sabes tudo, e não precisas de que alguém te interrogue. Por isso cremos que saíste de Deus.", Jo 16.30 


3. QUEM VIU TESTEMUNHOU

As pessoas que viveram no tempo de Jesus, puderam ver suas obras, testemunhá-las e reconhecer que Jesus era e é o verdadeiro Filho de Deus. 

3.1. O povo e os discípulos

As pessoas que tiveram o privilégio de ver Jesus contemplaram sua glória e o reconheceram como o Cristo.
Quando Cristo conversa com Marta a respeito de seu irmão Lázaro, ela o reconhece como Filho de Deus.
"Disse-lhe ela: Sim, Senhor, creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo.", Jo 11.27
Os discípulos da mesma forma:

"E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.", Mt 16.16


3.2. Até os demônios confessam
Paulo escreve em sua carta aos Filipenses que "E toda a língua confessará que Jesus Cristo é o Senhor", inclusive os próprios demônios.
"E também de muitos saíam demônios, clamando e dizendo: Tu és o Cristo, o Filho de Deus. E ele, repreendendo-os, não os deixava falar, pois sabiam que ele era o Cristo.", Lc 4.41

Conclusão.
É inegável que Cristo tem o mesmo poder de Deus, pois ele é Deus, A trindade é um mistério complexo e apaixonante, o Pai, o Filho e o Espírito Santo, distintos, porém único. Encerro com a frase de John Wesley:
"Diga-me como pode haver três velas e apenas uma luz e então eu lhe explicarei a Trindade".

#aprendeu

1. Para saber se Cristo é realmente o filho de Deus, devemos observar?

2. O que significa a Onipresença de Cristo?

3. Como os homens reconheciam a Jesus?


Pr Marcos André - contatos palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.