INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL

sexta-feira, 6 de julho de 2018

ESCOLA DOMINICAL CENTRAL GOSPEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 2



AULA EM___DE______DE 2018 – LIÇÃO 2
(Revista: Central Gospel - nº 55)

Tema: Saul, “Aquele que Foi Pedido”
Texto Bíblico Básico:

1 Samuel 9.1-3; 15-17
1 - E havia um homem de Benjamim, cujo nome era Quis, fi lho de Abiel, filho de Zeror, filho de Becorate, filho de Afias, filho de um homem de Benjamim, varão alentado em força.
2 - Este tinha um fi lho, cujo nome era Saul, jovem e tão belo, que entre os filhos de Israel não havia outro homem mais belo do que ele; desde os ombros para cima, sobressaía a todo o povo.
3 - E perderam-se as jumentas de Quis, pai de Saul; pelo que disse Quis a Saul, seu fi lho: Toma agora contigo um dos moços, e levanta-te, e vai a buscar as jumentas.
15 - Porque o SENHOR o revelara aos ouvidos de Samuel, um dia antes que Saul viesse, dizendo:
16 - Amanhã, a estas horas, te enviarei um homem da terra de Benjamim, o qual ungirás por capitão sobre o meu povo de Israel, e ele livrará o meu povo da mão dos filisteus; porque tenho olhado para o meu povo, porque o clamor chegou a mim.
17 - E, quando Samuel viu a Saul, o SENHOR lhe disse: Eis aqui o homem de quem já te tenho dito. Este dominará sobre o meu povo.

Texto áureo: 1 Sm 10.1
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), nesta lição mostre de forma prática, com exemplos atuais, os erros e acertos de Saul.
"unificação das tribos em um período de crises", as tribos estavam saindo do período dos juízes, sendo Samuel o último juiz, essas tribos eram muito divididas e cada tribo tomava suas próprias decisões, não se união como povo de Deus.
"não era isso que Deus queria naquele momento", Deus proibira a nação de ter um rei, mas naquele momento o rei que Deus queria levantar talvez fosse só uma criança de colo.
_______________________________________________
1. O POVO PEDE POR UM REI
"principalmente a fabricação de espadas e lanças", eles trabalhavam o ferro também faziam carros para os cavalos o que tornava bem mais difícil a luta.
"e a fama dos seus filhos não era boa", Samuel, assim como muitos homens de Deus, também não soube preparar seus filhos para assumirem seu lugar. Todo líder deve desde cedo preparar substitutos.


1.1. Conselho divino
- "Ouve a voz do povo em tudo quanto te disser, pois não te tem rejeitado a ti; antes, a mim", é provável que o Senhor tenha visto no coração de Samuel uma raiz de decepção, mas o Senhor dá a palavra de exortação e conforto.
"o melhor do seu gado e dos seus jumentos e um décimo dos seus rebanhos", Deus mostra pra eles que não era simples e nem barato manter um reino, era preciso a contribuição de todos, com dízimos de tudo.

2. SAUL É ESCOLHIDO

- "Deus escolheu-o para livrar os israelitas da opressão dos filisteus", os filisteus estavam muito fortalecidos, tinham invadido o território e ganho algumas. Deus precisava de um guerreiro que os enfrentasse.  

2.1. As escolhas equivocadas de Saul
- "A história de Saul possui altos e baixos", era de ânimo dobre, pois no início ele estava bem e depois caiu espiritualmente, assim como alguns cristãos, que vivem de altos e baixos na obra de Deus. 

2.1.1. Ofereceu sacrifício no lugar do sacerdote
"o próprio Saul ofereceu o holocausto ao Senhor, pois teve medo de perder o exército", por medo de perder o que ele achava que lhe dava algum poder, o exército. Mas Deus nos chama a ser dependentes somente Dele, e ninguém pode olhar para o povo de Deus e se envaidecer de liderá-los, pois todo cargo de liderança vem do Senhor. Assim Deus tem reprovado a muitos hoje também que agrada o povo por vaidade.

2.1.2. Proferiu um voto precipitadamente
- "proibindo suas tropas de alimentarem-se até que os filisteus fossem derrotados", foi um voto inconsequente, a ideia de Saul era de que Deus o ajudasse na vitória, por isso apregoou um jejum, mas nesse jejum ele partiria para o combate com os soldados, porém os soldados não teriam condições de lutar.
"sua imponderada lei", quer dizer, lei indiscutida, é uma lei que o rei impôs sem que houvesse feito uma consulta com os seus conselheiros.

2.1.3. Desobedeceu à ordem do Senhor
...

3. SAUL É REJEITADO POR DEUS

3.1. O trono de Saul é destituído
- "o Senhor já estava providenciando um chefe para Seu povo que fosse segundo o Seu coração", esse foi o problema de Saul, não ser segundo o coração de Deus, não ter as mesmas intenções, por isso ele cometeu aqueles erros, no entanto Deus não o reprovou por esses erros, mas pelo seu coração, quer dizer que o Senhor sempre nos sonda o coração, nossos erros e acertos vão para o livro das obras, mas o que está em nosso coração vai alterar o Livro da Vida.

3.2. O Espírito Santo afasta-se de Saul
- "O rei, então, passa a ser perturbado por um espírito mau, da
parte do Senhor
", a expressão "da parte do Senhor" está em itálico por ser interpretativo, não deve-se pensar que Deus enviou do céu um espírito mau, mas que Ele permitiu que um espírito mau atormentasse a Saul, por isso é da parte do Senhor. 

3.3. O Senhor não responde mais a Saul
- "Muitos procuram nos lugares errados uma forma de consolo", na atualidade existem crentes que consultam até horóscopos, outros são os que consultam sábios, mestres, teólogos e eruditos ao invés de consultarem primeiro a Deus e se não obter resposta não devem tomar a atitude. Não é errado consultar a sabedoria dos homens, o erro é consultá-la ao invés de buscar o Senhor. Como Saul não foi respondido por Deus, ele deveria se consertar primeiro com o Senhor.

4. O FIM TRÁGICO DE SAUL
O texto colocado aqui é uma repetição do que está registrado na Bíblia.

CONCLUSÃO 
"Devemos lembrar-nos sempre de que o Senhor prefere que vivamos em obediência", a obediência a Deus é melhor do que os rituais religiosos, Deus se importa que o povo entenda no coração a importância de se obedecer e não somente apresente uma noa liturgia ou conhecimento profundo.
Faça a revisão e corrija a atividade proposta.


Pr Marcos André



Contatos Pr Marcos André: palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.