INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio - Lição 8 - Revista Central Gospel


AULA EM___DE______DE 2012 - LIÇÃO 8
(Revista: Central Gospel)

Tema: “Moisés - Um Profeta Sem Igual”
  
Texto Áureo: Dt 34.10
  
Texto Bíblico básico: Ex 3.1-6
 _________________________________________
- Amado(a) professor(a), Paz de Cristo, veja mais um esboço.

 PALAVRA INTRODUTÓRIA
             - Comece fazendo um breve resumo da história de Moisés.
             - E comente sobre sua principal obra que foi a de libertar e conduzir
             o povo de Deus pelo deserto até a terra prometida.   
__________________________________________
1. VISÃO PANORÂMICA DA VIDA DE MOISÉS
- profeta de Deus: pelo texto áureo notamos porque ele não era
um profeta qualquer, ele falava com Deus face a face.
- servo de Deus: Moisés era um exemplo sem igual de obediência a Deus,
ainda que ele tenha errado uma vez.
- Você também pode acrescentar que Moisés constantemente intercedia
pelo povo de Deus, isso mostra que ele era um líder de verdade. 
________________________________________
2. A PRIMEIRA FASE DA VIDA DE MOISÉS

2.1. O nascimento
- "fossem mortos todos os meninos hebreus..." faraó deu essa ordem
por medo de que os hebreus se tornassem um poderoso exército no meio dos
egípcios.
- Acrescente que tudo isso foi providência de Deus para que Moisés fosse
criado no palácio de faraó, e aprendesse a escrita e a ciência dos egípcios,
pois mais tarde isso seria útil para escrever o Pentateuco e conduzir o povo
pelo deserto.

2.2. A infância
- Aqui você pode esclarecer a estratégia do Senhor, pois Moisés foi cuidado 
pela própria mãe e depois estudou com os sábios do Egito. Dessa forma ele
teve a oportunidade de aprender as duas culturas: a egípcia e a hebraica.

2.2.1. Educando nossas crianças
- Pode-se falar aqui sobre o caso da cantora Whitney Elizabeth Houston,
que nasceu em um lar evangélico cantou no coral da igreja Batista em Newark, 
New Jersey. Os pais de Whitney não souberam dar-lhe a educação cristã para
que ela ficasse firme diante das propostas de empresários e das drogas.
Se ela tivesse permanecido na fé, com certeza não teria entrado pelo caminho
das drogas, e tido esse trágico fim. 

2.3. Sua tentativa de libertar Israel
- Parece que Moisés já estava inclinado a lutar por seu povo, mas somente
tinha aprendido na escola do Egito, por isso era precipitado e violento.
- Ainda não tinha aprendido na escola de Deus. 
________________________________________ 
3. A SEGUNDA FASE DA VIDA DE MOISÉS


 3.1. Quarenta anos no deserto de Midiã
- Você pode apresentar essas etapas como sendo escolas na vida de Moisés.
- Nos primeiros quarenta anos ele aprendeu a educação, a escrita e a ciência.
- No segundo período de quarenta anos, ele aprendeu a humildade da vida 
simples de um pastor de ovelhas.
- No terceiro período de quarenta anos, ele coloca em prática tudo que aprendeu
na condução do povo de Deus.


 3.2. Lições desses quarenta anos
- Moisés aprendeu o trabalho, aprendeu a viver no deserto, por onde passaria
com o povo de Deus, aprendeu a cuidar de um rebanho. Quando ele liderou
o povo pelo deserto por algumas vezes ele intercedeu pelo povo como um
verdadeiro pastor de ovelhas.
- Às vezes é necessário para alguns líderes, aprenderem a humildade de Moisés
e de Jesus.
_________________________________________ 
4. A TERCEIRA FASE DA VIDA DE MOISÉS


 4.1. Deus se encontra com Moisés
- Depois de um período de aprendizado que Deus faz com seus filhos para
depois enviá-los a fazerem a obra, existe o ENCONTRO com Deus.
- Por mais que conhecemos a Deus sempre o Senhor nos surpreende com um
encontro melhor, até o dia em que nos encontraremos com ele nos céus.
- Assim também foi com Paulo que teve um encontro com Cristo no caminho
para Damasco At 9 e mais tarde teve um novo encontro sendo arrebatado
 ao terceiro céu 2 Co 12.2. 


 4.2. O chamado de Moisés
- Comente que diversas vezes a Bíblia nós somos orientados a fazer a obra
em dupla por diversos motivos: Mc 6.7, Is 41.6, Ec 4.10 Ec 4.12.
- Sempre o objetivo principal é a ajuda mútua. Dois sempre será melhor
do que um.


 4.3. Moisés se encontra com faraó
- Ensine que quando o Senhor está no negócio os homens de Deus não
são envergonhados, mas o ímpio tem que se dobrar.
- Foram 10 pragas contra a terra do Egito que serviram para engrandecer
o nome do Senhor e exaltar seus servos.
- Às vezes quando o Senhor permite uma perseguição e afronta, é para
engrandecer seu nome e nos exaltar no final.


4.4. Os sinais de Deus
- O Senhor não só atingiu a faraó e seu ego de semideus, também envergonhou
todo o orgulho nacional ao desmoralizar seus deuses de pedra e barro.
- E mostrou para o seu povo a grandeza do Deus que eles serviam.


4.5. Quarenta anos de peregrinação
- Na verdade o povo deveria ter passado para a terra prometida com apenas
uns três meses de saída do Egito, mas por causa da revolta no caso dos
espias Nm 14.
- Claramente viu-se que o povo não estava preparado para entrar na terra.
Por isso foram para a mesma escola de Moisés no deserto Fig 1, só que eles foram
como ovelhas, para aprender a obediência. Isso é profundo!
 _________________________________________
CONCLUSÃO
- Reveja resumidamente cada etapa da vida de Moisés.
- E apresente ele como um tipo de Cristo, veja os elementos da tipologia:
O Egito representa o mundo, a passagem no mar vermelho representa o batismo nas
águas, a caminhada no deserto representa nossa caminhada como peregrino nessa
terra, ..., a terra de Canaã representa a nossa terra prometida no céu.


 Boa aula!
                         _____________________________________________
  Lembre-se: Esse esboço comentado é somente uma sugestão, o(a) professor(a)
não deve amarrar sua aula nesse esboço, recomendo que, use-o para fazer seu
próprio esboço.
  Ministre com simplicidade, nunca transpareça que você sabe muito, isso
 pode ser mal interpretado pelos alunos e alguns podem classificá-lo como
arrogante. 

Marcos André - professor


FIGURAS

                 Fig 1 - Caminho que o povo de Deus fez desde o Egito até Hesbom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.